Viviane Soares
Viviane Soares
21 Mai, 2019 - 00:00
Juntar os créditos ajudou-me a investir no meu hobby de cervejas artesanais

Juntar os créditos ajudou-me a investir no meu hobby de cervejas artesanais

Viviane Soares
Patrocinado por:

Um dos projetos do João era o de produzir a sua própria cerveja e, quem sabe um dia, começar a ganhar um extra com o seu hobby. Recorreu ao crédito consolidado e está prestes a realizar o seu sonho.

O João tem 40 anos, é casado com Teresa, ainda não tem filhos e trabalha numa PME em Lisboa como gestor comercial. Tem um espírito empreendedor e, como um genuíno apreciador de cerveja artesanal, é apaixonado por craft beer. Aliás, um dos seus sonhos é o de produzir a sua própria cerveja e, quem sabe um dia, começar a ganhar algum dinheiro extra com o seu hobby.

Uma das suas maiores frustrações é a de não ter uma almofada financeira para investir no seu hobby e de não conseguir financiamento para este seu projeto pessoal. Isto porque, apesar de ter um rendimento mensal familiar de 3.000€, tem alguns créditos acumulados e a sua taxa de esforço já não lhe permite solicitar um financiamento adicional.

Como acontece com a maioria das famílias portuguesas, quando o orçamento está muito ajustado às despesas, é preciso adiar alguns planos para cumprir com os compromissos financeiros. Porém, e como o João é resiliente, na tentativa de reorganizar as suas finanças pessoais (para perceber quais as despesas que teria de cortar para começar a poupar), encontrou a solução financeira adequada ao seu caso: o crédito consolidado.

No seu plano orçamental, o João começou por distribuir os ganhos e os gastos e, além das despesas domésticas, percebeu que uma fatia considerável do seu orçamento familiar era destinada aos quatro créditos que possui. Assim sendo, a situação financeira do João é a seguinte.

Os créditos do João antes da consolidação

juntar os creditos ajudou-me a investir no meu hobby de cervejas artesanais

O João tem um crédito habitação há 4 anos, mas, entretanto, acumulou outros créditos ao consumo – nomeadamente cartão de crédito, um crédito automóvel e um crédito pessoal para comprar eletrodomésticos.

Traduzido em números, o João tem, além do crédito habitação, as seguintes despesas mensais com créditos:

  • Crédito pessoal: 200€
  • Crédito automóvel: 400€
  • Cartão de crédito: 150€

Total das mensalidades: 750€.
Montante total em dívida: 20.000€.

Simule também o seu crédito consolidado na Cofidis

Os créditos do João após consolidação

juntar os creditos ajudou-me a investir no meu hobby de cervejas artesanais

Ao recorrer ao crédito consolidado na Cofidis, o João passou a pagar uma única mensalidade de 314,99€, com um prazo de pagamento de 96 meses, TAEG 12,4% e TAN 10,65%*.

Face aos 750€ iniciais, foi uma redução de 435,01€ por mês. Ou seja, ao agregar os 3 créditos que possuía num só, o João conseguiu reduzir em 58% o valor mensal destinado às prestações de crédito.

*Montante Total Imputado ao Consumidor: 30.719,04€.

Como é que o crédito consolidado mudou a vida do João?

Feitas as contas, antes de consolidar os créditos, o João tinha:

  • 3 mensalidades: crédito pessoal + crédito automóvel +cartão de crédito= 750€;
  • Mensalidades com datas de pagamento diferentes;
  • Cada mensalidade com uma taxa de juro distinta;
  • Taxa de esforço alta;
  • Pouca liquidez mensal.

Depois de consolidar os créditos, o João passou a ter:

  • Uma só mensalidade no valor total de 314,99€.
  • Uma só data de pagamento;
  • Menos juros;
  • Mais simplicidade na gestão das contas;
  • Taxa de esforço mais baixa;
  • Maior liquidez mensal.

Ou seja, o João agora tem uma almofada financeira de 435,01€ por mês para investir no seu projeto de cerveja artesanal e, eventualmente, constituir uma margem de poupança para outros projetos.

Faça uma simulação de crédito consolidado e saiba quanto pode ficar a poupar por mês

As vantagens que o João usufruiu ao recorrer ao crédito consolidado Cofidis

1. Uma única prestação mensal mais baixa

A consolidação possibilitou ao João o alargamento do prazo de pagamento do empréstimo e o pagamento de uma menor taxa de juro sobre o crédito. No final do mês, o valor que o João vai pagar de prestação do crédito consolidado é consideravelmente menor do que a soma das mensalidades que pagava pelos vários créditos que tinha. Com uma única mensalidade mais baixa, o João tem, assim, mais liquidez durante o mês.

2. Pagamento da prestação num dia fixo do mês

O João deixou de ter falta de controlo da sua conta bancária, por ter várias prestações dispersas por diversos dias do mês. Ao recorrer ao crédito consolidado, passou a pagar uma única prestação num dia fixo.

Simule o seu crédito consolidado e saiba quanto pode ficar a pagar mensalmente

3. Taxas de juro  inferiores às dos vários créditos que possuía

As taxas de juro do crédito consolidado são geralmente mais baixas do que as taxas de juro dos créditos de crédito e dos créditos ao consumo antigos. Este é um dos fatores que permite uma poupança ao final do mês.

4. Uma entidade financeira e poupança em comissões

Ao recorrer ao crédito consolidado em vez de ter várias entidades, o João passou a ter apenas uma.

Além disso, os custos avultados com comissões foram outros dos encargos dos quais o João se livrou quando consolidou os créditos. Isto porque, com a dispersão de créditos, estava a pagar, todos os meses, várias comissões por manter créditos separados nas várias entidades.

5. Processo simples e cómodo

Sem sair da comodidade da sua casa, o João pôde tratar de todo o processo online e por telefone sem complicações.

Crédito consolidado Cofidis

precisa de novo credito

O crédito consolidado da Cofidis permite consolidar desde os 5 mil até aos 50 mil euros, até um prazo de 120 meses. Além disso, há alguns fatores que diferenciam a Cofidis, a saber:

a) Não há comissão de análise do processo nem de abertura: se quiser realizar um crédito na Cofidis, contrariamente ao que acontece com muitas instituições, não necessita de pagar um montante adicional para abertura de crédito, tal como não precisa de pagar para ver o seu processo analisado (quer seja aceite ou recusado).

b) Não há comissões de amortização antecipada, total ou parcial: imagine que tem a possibilidade de liquidar o seu crédito antes do prazo final do pagamento. Neste caso, não precisa de pagar aquela percentagem adicional que costumam solicitar nestas situações.

c) As taxas de juro são fixas: não há mudanças inesperadas no prazo e a respetiva taxa de juro do empréstimo, o que consequentemente não fará a mensalidade oscilar.

d) A Cofidis liquida os seus créditos atuais: ao recorrer ao crédito consolidado Cofidis, poderá ficar descansado com esta fase do processo. A Cofidis liquida os créditos que tem nas várias instituições financeiras e trata de tudo por si.

e) O processo de contratação é feito online ou por telefone: trata-se de um processo simples que poderá tratar sem sair da comodidade da sua casa.

f) Redução de custos significativa: como não há lugar para cobrança de comissões e as taxas são fixas, as despesas associadas ao crédito são mais baixas.

g) Possibilidade de novo financiamento: pode solicitar um crédito consolidado para os empréstimos que já possui e ainda um financiamento adicional para um novo projeto.

Simule também o seu crédito consolidado na Cofidis

Veja também