ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Afonso Aguiar
Afonso Aguiar
20 Mai, 2021 - 11:56

Os melhores carros do Rali de Portugal

Afonso Aguiar

A principal prova de rali em território luso é sempre um evento emocionante. Recordamos, assim, os melhores carros do Rali de Portugal.

lancia 037 num rali

Com o regresso a terras lusas de uma das mais vibrantes provas de automobilismo, fazemos uma viagem pela História e recordamos os melhores carros do Rali de Portugal.

A primeira edição do Rali de Portugal ocorreu em 1967, patrocinado pela TAP, sendo apelidado de Rali Internacional da TAP. Na altura, era um evento isolado, sem pertencer a uma grande competição.

No entanto, com o passar dos anos, esta prova começou a ganhar importância e acabou por integrar, numa primeira fase, o Campeonato Europeu e Nacional de Ralis, a partir de 1970 e até 1973.

Após esta data e, com exceção do período entre 2002 e 2006, período durante o qual só pertenceu ao Campeonato de Portugal, passou a ser uma etapa do Campeonato Mundial de Ralis.

Originalmente disputada no Norte, nos primeiros anos após o regresso ao Campeonato Mundial de Ralis, entre 2007 e 2014, a prova deslocou-se para o Algarve, patrocinada pela Vodafone. No entanto, depois de 2015, a mesma regressou ao Norte.

Obviamente, enumerar uma lista dos melhores carros do Rali de Portugal seria sempre algo muito subjetivo. Afinal, o que define a qualidade de um automóvel de rali? A sua potência? A tração? A velocidade máxima que atinge?

De forma a poder estabelecer a lista com o maior rigor, dentro dos possíveis, optámos por definir os melhores do Rali de Portugal com base num facto totalmente objetivo: o número de vitórias na prova.

Os melhores carros de sempre do Rally de Portugal

Lancia Delta Integrale

Lancia Delta Integrale, um dos melhores carros do rali de Portugal
Stellantis

Este carro de rali é o sonho de qualquer apaixonado por automóveis. A simplicidade deste carro, bem como o motor de quatro cilindros, turbocompressor, uma cabeça de oito válvulas e a tração às quatro rodas, fazem deste italiano o rei, ocupando o primeiro lugar na lista dos melhores carros do Rali de Portugal.

Quanto ao número de vitórias, reinou em durante três anos consecutivos, em 1988, 1989 e 1990, sendo que voltou a vencer, também, em 1992.

Com quatro títulos no total, é o carro com mais vitórias na prova portuguesa, dividindo a taça de melhor carro do Rali de Portugal apenas com um outro.

Fiat 131 Abarth

Fiat 131 Abarth
Stellantis

O outro carro é este. Sucessor de 124, que também venceu o Rali de Portugal em duas ocasiões, o Fiat 131 Abarth destaca-se por uma curiosidade “além-fronteiras”.

Apesar de italiano, foi em Espanha que foi comercializado para o comum dos mortais. Numa época em a Seat estava associada à Fiat, este modelo foi vendido como Seat 131.

O motor era um 2.0 a gasolina e, enquanto as versões comerciais limitavam-se aos 140 cv, este modelo de competição atingia mesmo 230 cv a mais 7000 rpm.

Em Portugal, o Fiat 131 Abarth venceu o Rali de Portugal em 1977, 1978, 1980 e 1981, sendo que nas primeiras três venceu, também, o Campeonato do Mundo.

Audi Quattro

audi quattro
Audi Media Center

Introduzido primeiro em 1980, este carro, um dos melhores modelos da Audi de sempre, veio revolucionar o mundo dos ralis, ao introduzir a tração integral, numa altura em que a tração às quatro rodas era vista como extremamente falível.

Inovador, o Audi Quattro roubou todas as atenções e conseguiu também levar para terras germânicas muitos troféus. Em Portugal foram três e seguidos, nomeadamente em 1982, 1983 e 1984.

Começou por ter 420 cavalos de potência. Contudo, passado pouco tempo, decidiram aumentar a potência, colocando um turbocompressor ficando, consequentemente, com 509 cavalos.

Muitos consideram este modelo o melhor carro de rali de sempre.

Citroën C4 WRC

Citroën C4 WRC
Citroën Media Center

O mais recente da lista dos melhores carros do Rali de Portugal. O seu sucesso tem uma justificação muito forte: era conduzido por Sébastien Loeb, nove vezes campeão do mundo, quatro das vezes ao volante deste modelo, sendo que também venceu o Rali de Portugal em duas ocasiões: 2007 e 2009.

No entanto, apesar de ser difícil desassociar-se o Citroën C4 WRC àquele que é considerado o melhor piloto de Rali de sempre, o modelo em si também provou a sua qualidade, sem necessitar do francês.

Prova disso ocorreu em 2010, quando o seu colega de equipa e compatriota Sébastien Ogier venceu em Portugal, conseguindo a terceira vitória deste modelo no Rali de Portugal.

Como se não bastasse, este pequeno monstro, possivelmente o melhor carro de Rali do Séc. XXI, tinha um motor 2.0 com 4 cilindros com turbo integrado.

Lancia Delta Integrale 16 v

Lancia Delta Integrale 16v, um dos melhores carros do rali de Portugal
Stellantis

Este é mais um modelo que reinou em Portugal durante três anos consecutivos. Em 1988, 1989 e 1990 venceu o Rali de Portugal, sendo que nos últimos dois anos conquistou, inclusive, a proeza de garantir todo o pódio só para si.

Nos anos seguintes, com a evolução da Industria automóvel, acabou por seguir o rumo natural e desaparecer. No entanto, o seu motor 2.0 com 16 válvulas e mais de 200 cv nunca será esquecido.

Outros carros míticos

Obviamente, caso a lista fosse mais subjetiva, poder-se-ia incluir outros modelos. O Mitsubishi Lancer EVO(lution) venceu várias vezes o Rali de Portugal e é, sem dúvida, um automóvel icónico.

No entanto, também foi um modelo que sofreu várias alterações e venceu em Portugal com várias versões diferentes.

Já o Toyota Corolla WRC só venceu em território luso uma vez, mas também ele faz parte da História.

Finalmente, não se pode esquecer daquele que é talvez o maior sonho de qualquer jovem que cresceu na década 2000. Falamos do Subaru Impreza WRC com motor 2.0 e tração às quatro rodas.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].