Marvin Tortas
Marvin Tortas
01 Jun, 2018 - 07:48
10 melhores descapotáveis de sempre

10 melhores descapotáveis de sempre

Marvin Tortas

Alguns carros descapotáveis marcaram gerações e ter um faz parte do imaginário de muitas pessoas. Conheça os 10 melhores descapotáveis de sempre.

O artigo continua após o anúncio

Qualquer pessoa que experimente vai adorar andar num carro com os “cabelos ao vento”. Não há nenhuma sensação tão libertadora como a de sentir o ar diretamente na nossa cara, ainda que seja num descapotável menos luxuoso. Mas hoje vamos mostrar-lhe quais foram os 10 melhores descapotáveis de sempre, os supra-sumo dos conversíveis, e todos eles são incríveis.

Apesar de Portugal não ser dos países da Europa onde são vendidos mais descapotáveis (a Alemanha e o Reino Unido lideram as vendas nesta categoria), o nosso clima permite que possamos ter um destes automóveis e andar com a capota aberta mais de 200 dias por ano, tornado-os assim em carros bastante apetecíveis para o nosso mercado.

É certo que os descapotáveis não são tão práticos como as versões coupé equivalentes, pois as capotas, quando recolhidas, retiram bastante capacidade à bagageira, mas quer procure um carro para ocasiões especiais, para dar um passeio ao fim de semana ou até mesmo para poder usar todos os dias, a lista de opções é variada e existem praticamente descapotáveis para todos os gostos e todas as carteiras.

Conheça agora quais são os 10 melhores descapotáveis de sempre.

10 melhores descapotáveis de sempre

1. Cadillac Eldorado

Com duas enormes “barbatanas” traseiras e luzes traseiras ao estilo de uma bala, o Cadillac Eldorado era o culminar do estilo dos anos 50. Este carro não só se distinguia dos demais pelo design da parte traseira, mas também pelo estilo da grelha frontal a simular diamantes e partes cromadas em praticamente todos os lados do carro, algo considerado bastante luxuoso para a época.

Apesar de hoje ser algo bastante comum, em 1959 não era vulgar encontrarmos um carro com bancos e vidros elétricos, direção assistida e suspensão a ar, e o Eldorado tinha todas essas características, tornando-o um dos carros mais luxuosos da época.

 

2. Alfa Romeo Spider

Projectado pelo famoso atelier de design italiano Pininfarina, que é responsável por alguns dos melhores Ferrari de sempre, o Spider é especial pois foi o último carro desenhado por Battista “Pinin” Farina, o fundador do atelier.

Este carro, quando lançado em 1966, era considerado um dos mais bonitos do mundo, e ter este Alfa na garagem representava um alto estatuto na sociedade. O motor 1.6 a gasolina de 108 cavalos, apesar de não ser extremamente rápido, era bastante ágil e tornava este carro bastante divertido de se conduzir.

O artigo continua após o anúncio

 

3. Ford Mustang

O Ford Mustang é um ícone do automobilismo e é não só um dos melhores Ford de sempre, mas é também claramente um dos melhores descapotáveis de sempre.

Considerado um dos carros mais belos de sempre, foi o primeiro carro claramente pensado na performance a um preço acessível para o norte americano de classe média, e era na verdade tão bonito e tão bem construído que triunfou em várias corridas e protagonizou alguns dos maiores clássicos de cinema. O nome desta máquina provém do Mustang P51, considerado o melhor avião da segunda guerra mundial.

Com mais de 50 anos de vida, este carro continua a conquistar corações cada vez que uma nova versão é lançada, e felizmente para nós europeus, cada vez mais vemos estes modelos por cá, graças ao novo motor 2.3L de 4 cilindros “roubado” ao Focus RS que a Ford introduziu neste modelo especificamente para Europa.

 

4. Ferrari 275 GTS

Este é o descapotável mais caro do mundo, e seguramente um dos mais exclusivos. O último Ferrari 275 GTS foi vendido por uma módica quantia de…27.500.000€! Produzido entre 1964 e 1966, foram vendidas apenas 200 unidades, e estima-se que hoje em dia apenas existam algumas dezenas de exemplares, tornando-o assim num dos Ferarri mais exclusivos que existem.

Movido por um potente motor V12 e 3.3L, este carro debitava 260 cavalos e atingia velocidades superiores a 240 km/h. Não há muitos carros no mundo que consigam rivalizar com o 275 GTS no que diz respeito a estilo.

 

5. Jaguar E-Type

Este carro também faz parte da coleção dos melhores Jaguar do mundo, e também um dos carros mais bonitos da história do automobilismo. Este carro foi lançado em 1961, e quando Enzo Ferrari, fundador da Ferrari viu este carro, imediatamente o considerou o carro mais bonito que alguma vez havia visto.

Este Jaguar era baseado no D-Type no entanto, para este carro, em vez de se preocupar com a vertente desportiva, a Jaguar teve uma abordagem mais luxuosa, não se importando tanto com o lado das corridas mas sim com o conforto e estilo. O sucesso deste modelo foi tal que a Jaguar vendeu mais de 70 000 exemplares entre 1961 e 1974, e muitos deles ainda se encontram a circular hoje em dia.

 

6. Mercedes SL300 Roadster

Este carro é um verdadeiro ícone da Mercedes e um dos carros mais representativos da marca. Baseado no famoso 300SL “Gullwing” (asas de gaivota), a Mercedes criou a versão descapotável deste modelo a pensar no mercado norte-americano, e dos 1400 exemplares construídos, mais de 800 foram vendidos nos Estados Unidos.

O artigo continua após o anúncio

Este carro conta com um motor V6 de 3.0L com 215 cavalos de potência. 60 anos depois do seu lançamento, este carro continua a ser um dos automóveis mais apetecíveis para os coleccionadores. Mas quem quiser comprar um nos dias de hoje terá que abdicar de mais de 1.000.000€.

 

7. Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse

Este é o descapotável mais rápido do mundo, e o segundo carro mais rápido do mundo, ficando apenas atrás do seu “irmão mais novo”, o Bugatti Chiron. Com uma velocidade máxima de 430km/h, este carro atinge os 100km/h em apenas 2,6 segundos, os 200 em 7,1 e os 300 em 16 segundos!

O segredo para estas prestações é o motor W16, equipado com 4 turbo compressores, que produzem 1200 cavalos de potência. Este carro não é só pensado na performance mas também no luxo, e é por isso um dos carros mais admirados na região do Golfo Pérsico. O preço de um destes exemplares novo era de 2.600.000€.

 

8. LaFerrari Aperta

O LaFerrari é a coqueluche da marca italiana, e esta versão descapotável, limitada a apenas 499 unidades, permite ouvir na perfeição o cantar deste fantástico V12 da Ferrari.

O LaFerrari é o veículo mais rápido de sempre a sair de Maranello, e para isso conta com a ajuda de tecnologia utilizada nos carros de Fórmula 1 da Scuderia, auxiliando o motor de combustão com um motor híbrido, e reaproveitando também a energia cinética das travagens para a transformar em potência, fazendo com que este carro tenha perto de 1000 cavalos de potência.

Ter 1.800.000€ para comprar este carro não era suficiente, visto que para comprar um destes raros exemplares tem que ser um cliente fiel da marca do cavalino rampante, e ter na sua coleção um Ferrari F40, F50 ou Enzo, preferencialmente.

 

9. Lamborghini Aventador SV Roadster

Se for ao Mónaco, cidade considerada a “Mecca” europeia dos super carros, um dos carros mais exóticos que por lá encontrará, e encontrará em peso, é o Lamborghini Aventador SV Roadster.

Se o Aventador só por si já é um carro muito rápido, a versão superveloce (SV) é uma autêntica bala! Este carro é o mais potente produzido pela marca italiana. Movido por um motor V12 atmosférico de 740 cavalos e tração integral, o SV Roadster acelera dos 0 aos 100 em 2.9 segundos e atinge uma velocidade máxima de 350 km/h (eletronicamente limitada). Mas o que torna este carro verdadeiramente único é o seu look inspirado num avião caça, e que fazem que qualquer cabeça se vire por onde quer que passe.

O artigo continua após o anúncio

 

10. Rolls Royce Phanton Drophead Coupe

O Rolls Royce Phantom Drophead Coupe é provavelmente o pináculo de luxo no que a descapotáveis diz respeito. Inspirado nos mais luxuosos iates do mundo, e com um preço base de mais de 500.000€, este carro não é propriamente barato, e se for o seu proprietário terá que saber de antemão que será o centro das atenções por onde quer que passe.

Apesar ter sido projectado para passear nos bulevares das grandes cidades e pesar mais de 2,6 toneladas, a verdade é que as prestações deste carro não deixam nada a desejar, e o V12 desenvolvido pela Rolls Royce debita 435 cavalos de potência, fazendo com que este carro seja capaz de andar bastante rápido quando assim for preciso.

 

Veja também: