Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
22 Ago, 2018 - 17:52

Os 5 melhores sítios para surfar em Portugal, segundo The Guardian

Márcio Matos

Viaje de norte a sul e confira quais os melhores sítios para surfar em Portugal, segundo The Guardian. Será que concorda com este top 5 do jornal britânico?

Os 5 melhores sítios para surfar em Portugal, segundo The Guardian

Não somos nós que dizemos, mas sim um dos jornais britânicos mais bem cotados. Estes são mesmo os melhores sítios para surfar em Portugal, segundo The Guardian e, se o periódico o diz, nós não temos por que duvidar. Há escolas em destaque de norte a sul do país e os elogios são rasgados e mais que muitos, o que só nos pode deixar orgulhosos. Instrutores competentes e ondas à altura fazem do nosso país um verdadeiro paraíso para os amantes do surf.

Top 5 dos melhores sítios para surfar em Portugal, segundo The Guardian

surf

1. Chicks on Waves surf school, Burgau

Katrien Kegels é natural da Bélgica, mas está em Portugal onde organiza semanas exclusivamente dedicadas ao surf no feminino – as chamadas Chicks on Waves. A escola conta ainda com um alojamento, onde se pode ficar instalado, não precisando para isso nem de ser mulher, nem surfista, naturalmente. Um quarto duplo pode rondar os 100€ por noite e é bom saber que o espaço fica bem perto da Praia do Burgau. Para Kegels, o surf é um desporto para todos, embora confesse que as mulheres tratam as ondas com outra delicadeza e fluidez.

2. Surfmilfontes, Vila Nova de Milfontes

Embora com menos escolas do que o Algarve, o Alentejo também apresenta bons sítios para surfar. Os instrutores da Surfmilfontes têm uma notória paixão por este desporto e pelo mar e no seu website disponibilizam um guia explicativo de todas as áreas e locais indicas para surfar.

3. Oscar Schenk, Ericeira

Oscar Schenk é, certamente, um dos melhores professores de surf da Ericeira e arredores. Identificá-lo é muito fácil. Se vir por aquelas praias um homem acompanhado por um cão – Meneer Janssen, que também pratica surf e tem página de facebook (espreite aqui), então provavelmente encontrou o Oscar. Um dia de aulas custa, pelo menos, 85€, mas vale cada cêntimo!

4. Surfer’s Camp, Esmoriz

O proprietário do espaço é o Rui Enes que desde que se lembra vive junto à praia. Antes de abrir este “campo do surfista”, trabalhou em várias escolas em Portugal, no Brasil e no México. O Rui e a sua equipa vão recebê-lo de forma calorosa e acolhedora e fazê-lo sentir-se à vontade e confiante, independentemente da sua idade e experiência nas ondas.

5. Salty Waters, Viana do Castelo

Neste espaço, irá encontrar instrutores capazes de o fazer evoluir e aperfeiçoar aspetos técnicos de forma notória e visível. As aulas em grupo começam nos 20 €, já as privadas rondam os 50€. Ambas duram cerca de 1h30. Pedro Santos, um dos responsáveis pelo espaço, pretende ainda trazer para Portugal em 2019 uma novidade já utilizada em Espanha, por exemplo. Trata-se do Wavegarden, um sistema de ondas artificiais, usado nomeadamente no Surf Snowdonia.

Já lhe demos a conhecer os melhores sítios para surfar em Portugal, segundo The Guardian. E para si? Quais são os locais mais indicados para a prática desta atividade? Sejam quais forem, certamente deixamos-lhe boas sugestões que vai gostar de experimentar. E olhe que nunca é tarde para aprender. Portanto, desloque-se até uma destas escolas e comece hoje mesmo a “fazer o que ainda não foi feito”, como diz a canção.

Veja também: