Publicidade:

Greve: motoristas e patrões mantém braço-de-ferro

Sindicatos dão até sexta-feira para patrões se pronunciarem. Já os patrões dizem que não cedem a chantagem. A greve, para já, mantém-se.

Greve: motoristas e patrões mantém braço-de-ferro
O melhor mesmo é prevenir-se se antes da paralisação

Depois de se ter ter reunido com o sindicato dos motoristas, o ministro das Infraestruturas e Habitação reuniu-se, esta terça-feira, com os representantes da ANTRAM – Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias – e da FECTRANS, a Federação do setor.

Enquanto decorria a reunião entre Governo e patrões, os motoristas de matérias perigosas divulgaram que vão recusar a proposta de mediação feita esta segunda-feira pelo Governo. Ou seja, confirma-se a greve convocada para o dia 12 de agosto se a ANTRAM não aceitar as propostas que os motoristas têm em cima da mesa.

Os motoristas revelaram ainda que a greve só depende da ANTRAM e que os patrões têm até sexta-feira para decidirem se querem ou não a greve.

Já os patrões referiram que não cedem à chantagem que está a ser feita pelos motoristas.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].