Publicidade:

3 em cada 4 portugueses recorrem aos telemóveis para evitar pessoas

Um estudo recente descobriu que 75% dos utilizadores portugueses recorre a dispositivos móveis para se fingir ocupado e evitar outras pessoas.

3 em cada 4 portugueses recorrem aos telemóveis para evitar pessoas
Muitas pessoas evitam o contacto com outras usando o telemóvel

Num estudo recente levado a cabo pela Kaspersky Lab, conhecida empresa de desenvolvimento de softwares antivírus, concluiu-se que 75% dos utilizadores portugueses procura um dispositivo (principalmente o telemóvel) quando quer evitar socializar com outra pessoa.

75% das pessoas evita socializar recorrendo a dispositivos móveis


smartphones

A Kaspersky Lab baseou-se numa série de diferentes contextos para concluir que a maioria dos portugueses inquiridos prefere utilizar dispositivos móveis e evitar uma conversa de circunstância ou socializar com alguém que não conhece, por exemplo.

O estudo chegou à conclusão que os portugueses procuram, na maior parte das vezes, fingir-se de ocupados, ou até mesmo evitar alguém, do que iniciar uma conversa. Do total de inquiridos, 46% admite recorrer aos seus smartphones para “passar o tempo”, enquanto 44% os usam como distração.

O estudo da Kaspersky Lab também concluiu que 31% das pessoas prefere pedir um táxi ou procurar a direção de um destino através de um website/aplicação em vez de perguntar a alguém. 34% recorre a um smartphone para não se aborrecer e 12% só sabe fingir-se de ocupado se tiver um telemóvel por perto.

Veja também: