Publicidade:

Segurança Social exige descontos a trabalhadores quando mudam de emprego

A Segurança Social está a exigir o pagamento de descontos aos trabalhadores com recibos verdes, com atividade aberta, mesmo quando ficam apenas alguns dias sem trabalho.

Segurança Social exige descontos a trabalhadores quando mudam de emprego
E está a aplicar juros em caso de incumprimento

A Segurança Social está a exigir contribuições de recibos verdes aos trabalhadores por conta de outrem que têm atividade aberta e ficam uns dias sem trabalhar, devido a mudanças de emprego, por exemplo.

Um dia sem entidade patronal é o que basta para que os serviços cobrem descontos no primeiro mês, aplicando juros em caso de incumprimento.

Os funcionários nos balcões dizem que não podem fazer nada porque a contribuição é gerada automaticamente pelo sistema.

Recorde-se que foi em janeiro que o regime dos trabalhadores independentes mudou, pondo fim, parcialmente, à isenção dos dependentes que também passem recibos verdes. Mas a cobrança só é devida se retirem dessa atividade um rendimento relevante superior a quatro Indexantes dos Apoios Sociais (IAS), isto é, 1.743,04 euros.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].