Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Clara Henriques
Clara Henriques
08 Nov, 2013 - 10:22

Números do desemprego em queda ao fim de cinco anos

Clara Henriques

O desemprego é um dos maiores flagelos a nível nacional e uma das principais preocupações deste governo. Ao fim de cinco anos, regista-se a primeira queda na taxa de desemprego.

Números do desemprego em queda ao fim de cinco anos

Sabemos que o desemprego é uma das maiores preocupações de todos os governos e a verdade é que os números referentes à taxa de desemprego em Portugal tiveram um aumento exponencial nos últimos anos. 

No entanto, as notícias que nos chegam hoje pelo Instituto Nacional de Estatística, são positivas. A taxa de desemprego fixou-se em 15,6% no terceiro trimestre de 2013. É por isso a primeira vez em cinco anos que se assiste a uma descida homóloga do desemprego. Se recuarmos ao terceiro trimestre de 2008, verificamos que foi a última vez que assistimos a uma queda anual da taxa de desemprego. 

É possível afirmar também que esta é a segunda vez este ano que a taxa de desemprego regista um recuo trimestral. Entre o primeiro e o segundo trimestre, houve uma queda de 17,7% para 16,4%. Este trimestre a queda já é menos acentuada, mas ainda assim regista um recuo de 16,4% para 15,6%.

Estes números podem ser justificados por alguns factores, como por exemplo a dminuição do desemprego entre as camadas mais jovens – dos 15 aos 24 anos. Também entre os homens se verificou uma diminuição do desemprego.

O Orçamento do Estado para 2014 prevê que a taxa de desemprego no próximo ano se situe nos 17,7%. À luz dos dados hoje divulgados pelo INE, é possível que se mantenham as boas notícias do recuo gradual do número de desempregados.