Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Tatiana Carvalho
Tatiana Carvalho
10 Out, 2018 - 00:00

Películas nos faróis: afinal, elas são permitidas?

Tatiana Carvalho

Apreciadas por muitos, as películas nos faróis são um assunto controverso: são permitidas ou não? Saiba o que diz a lei.

Películas nos faróis: afinal, elas são permitidas?

Quando o objetivo é aumentar a potência e capacidade de luz há umas lâmpadas que vão um pouco mais além. Quando vê perfeitamente o caminho que segue, de dia e de noite, e quer dar um toque estético ao seu carro, pode pensar em colocar películas nos faróis. Mas fique-se pelo pensar já que pode meter-se em problemas.
Vamos conhecer o que dizem as regras e perceber se as películas nos faróis são uma opção.

Posso utilizar películas nos faróis?

carros

O que não faltam são fóruns online a discutir a aplicação e o uso das películas. Muitos contém relatos de condutores que ficaram sujeitos à multas por possuírem o artefacto aplicado no veículo, assim como também existem milhares de relatos de proprietários que afirmam nunca terem tido problemas com os representantes das leis.

A lei, de facto, não é clara e deixa margem para interpretações, por isso, se decidir utilizar películas nos faróis, opte por aquelas que não irão conferir opacidade à luz projetada.

O que diz o código

O IMTT apenas faz referência clara no quesito “Transformações” às películas coloridas nos vidros dos veículos. E para estes casos existe regulamento próprio com a lista de películas homologadas pelo IMTT.

No que concerne as películas nos faróis, o código não é de todo assertivo.

Existe menção direta acerca da cor e, neste caso a regra é clara: os mínimos e as luzes de nevoeiro da frente devem ser brancas, as luzes de nevoeiro de trás devem ser vermelhas e os médios podem ser brancos ou amarelos.

As cores

As regras dizem que os mínimos devem ser brancos – apesar de no filme serem amarelos -, os médios brancos ou amarelos e as luzes de nevoeiro da frente brancas e as de trás vermelhas. Os piscas devem ser laranjas ou vermelhos e os de travão vermelhos ou laranjas também.
Desta forma, há apenas menção à cor e não ao grau de opacidade, podendo haver mais do que uma interpretação.

As películas

A película, aplicada nos faróis, se utilizar as corretas não vão tirar a capacidade de alcance do feixe de luz, contudo tenha cuidado pois pode haver películas que impeçam os limites legais.

Regras para a distância

Há também referência direta a capacidade do alcance do feixe de luz das luzes do veículo: os mínimos e os médios devem permitir que o veículo seja visível a 100 metros de distância, sendo que os médios devem ainda ter a capacidade de projetar a luz no solo por uma distância de 30 metros. Os máximos devem atingir, com tempo limpo e claro, 100 metros, e o ideal é que com nevoeiro esta distância seja ainda maior.

Como aplicar?

  • Limpar o farol de forma a deixá-lo sem gorduras, sendo que no final deve estar seco.
  • De seguida comece por cortar um pedaço de película que cubra todo o farol, este deve ser retirado antes de o limpar.
  • Aplique a película, de forma a não deixar bolhas de ar.
  • Corte o excesso com uma lâmina, mas tenha cuidado para não riscar a ótica.

Pode tentar fazer em casa, contudo, sendo que pode estragar as óticas ao colocar películas nos faróis, será mais vantajoso recorrer aos serviços de uma empresa especializada. Poderá pagar mais inicialmente, mas não vai correr riscos, já que o trabalho é feito por especialistas.

Veja também: