Catarina Reis
Catarina Reis
23 Jan, 2023 - 14:00

Os piores empregos do mundo que talvez não queira ter…

Catarina Reis

Se alguma vez teve curiosidade em conhecer quais são os piores empregos do mundo, eis a oportunidade de a satisfazer.

colaborador cansado

Há empregos e empregos, para todos os desígnios e mais alguns, e nem sempre estar ativo no mundo do trabalho é significado de estar a desempenhar o emprego que mais ambicionamos.

A verdade é que há certo tipo de trabalhos que muita gente diria à partida que nunca seria capaz de os desempenhar – alguns deles serão por certo alguns dos piores empregos do mundo, que iremos conhecer neste artigo. 

Também há que ter em conta que estas coisas podem ser relativas – um bom emprego (na teoria) pode facilmente transformar-se num completo agoiro, e vice versa. São muitos os fatores que contribuem para que possamos atingir a felicidade plena no trabalho. 

Mas há certo tipo de trabalhos que podem ser considerados de forma mais ou menos unânime como sendo realmente os piores empregos do mundo para a generalidade das pessoas.

Possivelmente muita gente nunca terá ouvido falar deles. Vamos conhecer alguns deles e perceber o que é que os torna indesejados pela maioria dos trabalhadores.

Classificar os piores empregos do mundo pode ser sempre algo relativo – varia de pessoa para pessoa

Pode-se considerar que será o convergir de vários fatores que concorrem para que estes sejam considerados como os piores empregos. O que têm em comum? 

Serão extremamente aborrecidos ou extremamente stressantes? São empregos cuja índole choca de frente com as crenças dos trabalhadores? Serão empregos que provocam nojo ou repulsa? Serão trabalhos muito mal pagos? Ou serão aqueles mais prejudiciais para a saúde? 

Para muita gente, uns fatores pesam mais do que outros. Descubra quais os seus.

mulher em burnout e teletrabalho

Operador de telemarketing

Nem toda a gente tem o dom da comunicação, mas dificilmente até os mais extrovertidos gostarão de passar o dia inteiro a falar ao telefone com (potenciais) clientes, a maior parte do tempo a tentarem vender produtos em serviços. 

Masturbador de animais

A inseminação artificial em animais é uma realidade, e alguém tem que coletar o esperma dos animais. Normalmente o trabalhador tem que pegar no pénis do animal com a sua mão, inserindo-o depois numa vagina artificial ou através da inserção de uma uma sonda elétrica no animal.

Se a perspetiva de passar os dias a masturbar animais não parece o trabalho ideal, tudo pode piorar quando estivermos perante animais de grande porte, que trazem riscos acrescidos a nível físico para o trabalhador.

Camionista

Embora seja relativamente fácil pensar que esta profissão poderá agradar de alguma forma aos trabalhadores com perfil mais aventureiro, solitário e independente, a realidade é que passar o dia na estrada muitas vezes pode ser realmente penoso.

Além do fator tédio, ser camionista pode ser extremamente perigoso. Mas as desvantagens não se ficam por aqui – esta profissão é olhada muitas vezes como um beco sem saída, não dando margem para progressão de carreira

Soldado/ profissional do exército 

Embora possa ser considerada uma profissão gratificante para quem tem aspirações e talento para ser soldado, esta profissão pode ser realmente dura, com longas jornadas de tempo fora de casa, sujeitando-se a perigos diversos, mesmo não estando a falar necessariamente de contextos de guerra/ conflitos. 

Observador de tinta fresca

A não ser que seja um entusiasta do marasmo total, este emprego pode ser peculiarmente aborrecido. Estes trabalhadores passam horas a fio a olhar para paredes pintadas de fresco de modo a testarem determinadas características da tinta quando aplicados a uma certa superfície.

Testadores de cheiros

Há pessoas cuja atividade é simplesmente cheirar, como é o caso de quem tem que testar a aplicação de perfumes nas pessoas.

Por exemplo, há trabalhadores cujo ofício t é testar o cheiro de desodorizantes – antes da aplicação e … depois. Pois, poderá não ser a profissão mais agradável do mundo ter que passar os dias a cheirar partes corporais de todo o tipo de pessoas. 

Seguranças noturnos

Não é difícil perceber porque razão é que as profissões que estão entre as mais prejudiciais para a saúde são as que implicam fazer turnos que desestabilizam o sono. A longo prazo as consequências de se dormir durante o dia e trabalhar durante a noite são uma realidade. A adicionar a esses fatores está o da perigosidade – os seguranças estão mais sujeitos a terem que enfrentar assaltos ou outros crimes.

Mineiros de carvão

Aqui está outra profissão que pode afetar grandemente a saúde dos trabalhadores. Além de estarem constantemente sujeitos a riscos iminentes, como explosões, colapsos de túneis, ou outros, os mineiros de carvão podem ter uma esperança de vida mais curta do que a maior parte das pessoas devido ao facto de estarem muito tempo em contacto com ambientes tóxicos.

Fiscais de estacionamento

Embora muitas vezes possa parecer uma atividade tranquila, apenas a verificar se os carros estão a cumprir o estacionamento, estes são talvez os profissionais mais odiados dos condutores. Afinal de contas ninguém gosta de receber uma multa de estacionamento, e não serão poucas as vezes em que estejam sujeitos aos condutores que o expressem de forma veemente, verbal ou até fisicamente.

Veja também