Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Márcio Matos
Márcio Matos
24 Jul, 2020 - 17:47

Conheça o caminho até à piscina natural da Serra da Freita

Márcio Matos

Vá até à piscina natural da Serra da Freita, seguindo o trilho da Aldeia de Drave. O percurso é fácil e as vistas absolutamente deslumbrantes.

Piscina fluvial da Serra da Freita

Se adora aventurar-se e ficar a conhecer um pouco mais do nosso maravilhoso país, o trilho secreto até à piscina natural da Serra da Freita que estamos prestes a mostrar-lhe é, sem dúvida, o programa ideal para si.

Para quem é fã e praticante (mesmo que iniciante) de trekking, este é um percurso fácil e cujo esforço é amplamente recompensado pelas magníficas vistas quer da piscina, quer da cascata.

Vá até à piscina natural da Serra da Freita através deste trilho

Aldeia da Serra da Freita

Trilho da Aldeia de Drave

Este trilho está integrado nos percursos do Geoparque de Arouca, em Aveiro, e é indicado para quem quer explorar a Serra da Freita. O ponto de partida da viagem é a aldeia de Regoufe e este caminho é sinalizado, tendo uma extensão de 8km (já a contar com o regresso). Está calculado que possa ser feito em cerca de 3 horas e está classificado como sendo de fácil execução (pese embora a sua altitude máxima de 720m).

Início do trilho | Regoufe (junto à capela): nesta zona, aproveite para ver as casas de pedra desta aldeia predominantemente rural. Esteja tranquilo, pois o caminho até a ponte que atravessa a ribeira de Regoufe faz-se bem rapidinho. Aproveite ainda para espreitar as Minas da Poça da Cadela, de onde foram exportadas toneladas de volfrâmio, durante o período da Segunda Guerra Mundial.

Travessia da ponte: nesta fase, irá encontrar uma subida ligeiramente acentuada, rodeada pela flora típica local como silvados, carvalhos, eucaliptos ou pinheiros. Aproveite para admirá-la enquanto chega ao topo, onde vai poder usufruir de uma vista incrível sobre Regoufe e a Serra da Freita.

Ponte pedonal suspensa em Arouca
Não perca Maior ponte pedonal suspensa do mundo nos Passadiços do Paiva

Descida aos montes de xisto: a partir daqui o caminho é sempre a descer – o que é sempre uma excelente notícia! Observe os montes ondulados de xisto até chegar a Drave, também conhecida como “aldeia mágica”. Os seus muros de pedra pintam uma zona desabitada, mas que está em processo de requalificação por escuteiros.

Fim do trilho | Percurso do rio e descida até à Ribeira de Palhais: aí vai, finalmente, encontrar a maravilhosa piscina natural da Serra da Freita, além de uma cascata deslumbrante.

Para regressar é simples: só tem de fazer o mesmo trilho, só que no sentido inverso.

Estrada na Serra da Freita

Informações gerais

  • Localidade: Drave, Arouca, Aveiro
  • Distância: 8 km (ida e volta)
  • Dificuldade: Fácil
  • Treino: Trekking    

Dedique um tempinho das suas férias ou faça uma escapadinha de fim de semana até à aldeia de Drave – remota e desabitada -, mas que guarda algumas das maiores belezas do nosso país.

Desafie um grupo de amigos e façam este trilho até à piscina natural da Serra da Freita e deixem-se deslumbrar pelos simples mas sempre magníficos encantos da Natureza. Pratique desporto, ao mesmo tempo que fica a conhecer um pedacinho de paraíso na terra.

Veja também