Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Isabel Barbosa
Isabel Barbosa
23 Fev, 2018 - 12:50

Postura e comportamento profissional: 10 dicas

Isabel Barbosa

Relembre 10 dicas para ter uma postura e comportamento profissional. Lembre-se de que a sua imagem conta muito para uma boa gestão da sua carreira!

Postura e comportamento profissional: 10 dicas

Independentemente do tipo de trabalho que desempenhamos, mais ou menos formal, em escritório, loja ou indústria, há realmente algumas situações que exigem atenção e dicas muito úteis a ter em conta. Sabe como postura e comportamento profissional podem contar a seu favor, ou contra? A verdade é que podemos colocar em causa o nosso emprego se não estivermos bem atentos à forma como nos apresentamos e agimos.

A nossa imagem, enquanto profissionais, é determinante para a continuidade ou progressão no emprego. Não podemos esquecer que não só nos representamos como somos a cara, muitas vezes, de uma empresa, uma marca, uma instituição ou uma pessoa – e o seu empregador vai lembrar de cobrar uma boa postura da sua parte.

Conheça ou relembre algumas dicas relativas a postura e comportamento profissional que deve passar a seguir desde já.

Postura e comportamento profissional: 10 dicas a reter

1. Controle as emoções

Em contexto de trabalho é conveniente que consiga fazer uma boa gestão emocional. Não quer isto dizer que deve deixar de ser quem é ou que deve deixar de se exprimir, mas convém, por exemplo, que saiba receber uma crítica, uma sugestão ou ajuda. Mostrar-se zangado, frustrado ou responder de forma agressiva não vai, com certeza, ser uma mais-valia em termos de progressão na carreira.

2. Atenção às redes sociais!

placeholder-1x1

Alguém disse que “uma vez na internet, para sempre na internet”, por isso, cuide da sua imagem e da imagem da entidade empregadora, tendo cuidado com o que exibe e publica nas redes sociais.

Falar mal da empresa, do chefe ou de colegas pode minar a sua credibilidade e colocar em causa a sua imagem – e a da empresa.

3. Cumpra prazos

Uma vez mais, aquilo que faz pode refletir-se na imagem que têm de si e na que têm da empresa. Atrasar a realização de tarefas, atrasar entregas ou atrasar as respostas, por exemplo, são atitudes que vão, com certeza, comprometer a sua credibilidade e a da empresa.

4. Cumpra horários

Evite chegar atrasado a reuniões e eventos, uma vez que isso denota uma atitude pouco profissional e, por vezes, pode mesmo ser encarada como desrespeitosa. Seja pontual.

5. Procure ter uma imagem de acordo com a cultura da empresa

placeholder-1x1

Há empregos que exigem uma maior formalidade, outros são mais descontraídos, outros há que, por questões de higiene e segurança, obrigam a certos requisitos.

Mostrar que “veste a camisola” da empresa é, também, mostrar que quer fazer parte e integrar-se.

6. Escreva, adapte e reveja

Escrever com correção e de forma adequada revela profissionalismo. Os emails, documentos da empresa e relatórios (principalmente os que saem do âmbito da empresa) são, também, a sua imagem.

O que é aceitável entre amigos, ou via mensagens de telemóvel e chats, não é apropriado para o contacto com clientes. Discursos desorganizados, incoerentes, com erros ortográficos e de sintaxe transmitirão uma má imagem de si enquanto profissional e, consequentemente, da empresa.

7. Preste atenção

Se alguém se dirige a si, em contexto de trabalho –  independentemente de se tratar de um colega, um superior ou um cliente -, preste-lhe atenção. Evite estar as fazer outras coisas, como a olhar para o telemóvel, mostrando desinteresse.

Pratique a escuta: saiba ouvir e permita que as pessoas com quem trabalha possam expressar as suas opiniões. A linguagem não-verbal também é importante na comunicação – por isso, olhe nos olhos e demonstre atenção ao estabelecer um diálogo.

8. Trate com cuidado os recursos e espaços que tem ao seu dispor

placeholder-1x1

Se lhe cedem um espaço e recursos como computadores, impressoras entre outros equipamentos, use-os com cuidado, evitando danificá-los. Não ter cuidado com os ativos da empresa mostrará falta de profissionalismo e de atenção para os custos que a empresa tem com esses espaços e equipamentos.

9. Respeite a cultura da empresa

Informe-se sobre a cultura, os valores e as regras da empresa para melhor se adaptar. Questionar tudo e todos, pelo menos numa fase inicial e sem conhecimento, não abonará a seu favor. A seu tempo, se tiver propostas úteis para mudar algo, essa poderá ser uma boa altura para se diferenciar e propor mudanças.

10. Seja educado

A educação realmente não ocupa lugar e ajuda a criar uma imagem profissional e empática. Dizer bom dia ou pedir licença para entrar numa sala, por exemplo, são detalhes que fazem parte da boa educação e ajudam a promover uma convivência mais salutar.

Ter boa postura e comportamento profissional ajuda a conservar o seu emprego ou a deixá-lo com uma boa imagem, sendo alvo de boas referências – algo que é essencial para a progressão na carreira ou durante uma mudança de local de trabalho.

Veja também: