Márcio Matos
Márcio Matos
16 Ago, 2018 - 00:00

10 pratos internacionais que tem mesmo de provar

Márcio Matos

Reunimos pratos internacionais de que talvez nunca tenha ouvido falar, mas que proporcionam experiências gastronómicas únicas e inesquecíveis.

10 pratos internacionais que tem mesmo de provar
O artigo continua após o anúncio

Decidimos fugir do óbvio e listar pratos internacionais pouco conhecidos por cá, mas muito famosos nos seus países de origem. Sabores mais ou menos exóticos, sempre bem temperados e condimentados e que dão a conhecer muita da cultura gastronómica das suas terras natal.

Venha connosco fazer uma viagem pelo mundo, seguindo os aromas únicos destes magníficos pratos internacionais.

10 pratos internacionais que tem de experimentar (pelo menos uma vez na vida)

1. Poutine, Canadá

poutine

O Poutine é um prato típico do Canadá, especialmente da região de Québec. É composto por batata frita, queijo e molho. A batata é cortada em tiras médias e frita em óleo vegetal; o queijo normalmente usado é o coalho; e é utilizado o gravy, um molho de carne feito com carne de gado, que pode incluir bacon e até foies gras. Este prato pode ser encontrado em todos os restaurantes, até nas cadeias de fast-food.

2. Mole Poblano, México

mole poblano

O Mole Poblano é uma das receitas mexicanas mais antigas, tradicionais e complexas de se fazer. Leva bastantes ingredientes e já lhe são conhecidas muitas versões. Uma das suas caraterísticas é o molho especial, feito com especiarias e chocolate, o qual cobre os pedaços de frango, perú ou carne de porco. No fundo, este prato é uma espécie de guisado, onde a carne é temperada com pimenta, amêndoas, passas, cravo, salsa, alho, canela e chocolate amargo. Claro que já existem molhos pré-prontos para o Mole Poblano, mas de qualquer forma este é um petisco sempre único e super saboroso.

3. Pot-au-feu, França

pot au feu

Esta “panela no fogo” é também um guisado, feito com carne bovina, a qual é  temperada com ervas aromáticas e acompanhada por vegetais como alho francês, cenoura, nabo e cebolas. É um prato simples, mas pleno de sabores e tido por muitos como o melhor da culinária francesa.

4. Tom Yum, Tailândia

tom yum

Esta é uma sopa de peixe, ácida e bastante picante, cujo caldo é feito com um animal conhecido como “cabeça-de-cobra”. A este preparado acrescenta-se pasta de tamarindo, folhas de lima, pimenta malagueta e citronela que dão a esta receita um sabor único e intenso.

5. Nasi Lemak, Malásia

nasi lemak

Esta especialidade da Malásia pode ser provada ao pequeno-almoço, ao almoço ou mesmo ao jantar. É um prato feito com arroz branco, cozido em leite de coco, e acompanhado por um molho especial de pimenta, anchovas, camarões ou carne bovina, amendoim e ovos cozidos. Estes últimos ingredientes podem variar um pouco de local para local, mas prepare-se sempre para um petisco delicioso e que sabe bem a qualquer hora do dia!

6. Bobotie, África do Sul

bobotie

Este é um dos pratos mais conhecidos e consumidos na África do Sul. A receita é simples: carne picada de vaca ou porco, cozinhada no forno, com uma cobertura de ovos e leite.  Os temperos são adocicados e tipicamente asiáticos, sendo o pó de caril um dos principais. Pode ser acompanhado por um chutney de maçã e passas.

O artigo continua após o anúncio

7. Moussaka, Grécia

moussaka

Este não é um petisco assim tão estranho para nós. Afinal, a moussaka é uma espécie de lasanha feita com carne picada e beringela e que inclui ainda cebola, ervas e muito azeite. Por cima, ela é regada com molho bechamel. No Egito, Croácia e Turquia já se podem encontrar algumas versões deste prato, originalmente grego.

8. Solyanka, Rússia

solyanka

Esta é uma sopa feita com vegetais, carne ou peixe e ainda pepinos cozidos, que lhe confere um sabor único. A receita inclui também a smetana, um creme de leite azedo, azeitonas, cogumelos e muitos outros temperos que dão a esta receita um toque muito especial.

9. Kottu roti, Sri Lanka

kottu roti

O kottu roti é vendido em todas as ruas do Sri Lanka. O roti – um pão de farinha de trigo integral e água – é cortado em tiras e levado a uma frigideira ou chapa, juntamente com vegetais, cebolas, ovos e alguns temperos picantes. Em alguns lugares, podem ainda incluir pedaços de carne de vaca ou frango. Uma delícia!

10. Dim Sum, China

dim sum

O Dim Sum não é um prato, mas antes uma combinação de petiscos e iguarias chinesas, incluindo vegetais, frango frito, spring rolls (rolinhos primavera) e outros pasteizinhos. Não há melhor maneira de ficar a conhecer um pouco de tudo, no que à gastronomia chinesa diz respeito.

Para quem gosta de comer e experimentar novos aromas e paladares, nada como provar alguns pratos internacionais para conseguir fazer uma verdadeira viagem pelo mundo dos sabores, dos mais suaves aos mais intensos. Abra horizontes e atreva-se a provar estes pratos internacionais, de preferência visitando os seus países de origem. Não se esqueça que as receitas são um dos primeiros cartões de visita de qualquer região e dizem muito sobre a história, cultura e hábitos de vida de cada país.

Veja também: