André Freitas
André Freitas
11 Out, 2019 - 16:05
Quando fazer a revisão do carro

Quando fazer a revisão do carro

André Freitas

Quais são os riscos de não fazer a revisão do carro? Sabe quando a deve fazer e quanto o custa? Saiba tudo sobre a manutenção do seu carro.

O artigo continua após o anúncio

A saúde do nosso carro é importante para as nossas vidas e para a nossa carteira. Fazer a revisão do carro de vez em quando é o equivalente a ir ao médico ver se está tudo bem. Tal como acontece connosco, ir vendo se o carro não está a ter problemas pode evitar grandes chatices no futuro.

Revisão do carro: quando fazer, custos e riscos se não fizer

revisao carro

Para saber a periodicidade com que deve realizar a revisão do carro, deve primeiro consultar o manual do próprio automóvel. Caso não encontre essa informação no manual, para “jogar pelo seguro”, esta deverá ser realizada a cada 10.000 quilómetros, ou de seis em seis meses (deve optar por aquele que for atingido primeiro).

Independentemente de o carro estar a circular, ou não, deve sempre fazer a manutenção do carro. O facto de não utilizar o automóvel pode também fazer com que surjam problemas próprios da falta de utilização. Sempre que se aperceber de algum problema com o carro, algum barulho ou diferença no modo como o carro responde, deve deslocar-se até uma oficina, o mais rapidamente possível.

Só assim descartará a possibilidade de existência de algum problema, que pode até ser grave e colocar a sua segurança em risco.

Não deixe a revisão do seu automóvel para os dias que antecedem uma grande viagem. Primeiro, porque o mecânico pode detetar um problema complicado de resolver, ou pode não ser realizada corretamente e colocar a viagem, e todos os que nela participam, em perigo. Como referido anteriormente, esta manutenção~deve ser periódica, e não apenas porque vai necessitar do carro para uma viagem.

Se ainda não tiverem passado 6 meses ou 10.000 quilómetros desde a última revisão, não é necessário fazer uma nova revisão, só porque vai fazer uma viagem. Sendo o carro revisto com a frequência necessária, não deverá ter problemas.

Os carros mais recentes já indicam quanto tempo e/ou quilómetros faltam para a realização da próxima “inspeção”. Caso o seu automóvel ainda não tenha esta funcionalidade, deverá apontar sempre a data em que realizou a última análise ao carro, para saber quando deve ser realizada a próxima.

Quais as consequências de não fazer a revisão ao carro

São várias as consequências que podem advir da falta de manutenção do automóvel. Os principais perigos são:

O artigo continua após o anúncio
  • Maior risco de acidentes
  • Maior risco de avarias
  • Diminuição do tempo de vida do motor
  • Aumento da emissão de gases poluentes

Não sendo um perigo, também é relevante: o aumento no consumo de combustível.

Como pode ver, não realizar a revisão do carro nas alturas devidas, poderá traduzir-se em problemas graves, que podem ir desde avarias que requerem custos e tempo de reparação elevados.

Custos da revisão do carro

Relativamente aos gastos, não é possível indicar com exatidão o custo da revisão do carro. Tudo dependerá das peças que forem necessárias reparar ou substituir, do custo dessas próprias peças, e do valor cobrado pela oficina, nomeadamente pela mão de obra.

Um carro mais caro, requererá, à partida, manutenções periódicas mais caras, também. É possível, no entanto, indicar alguns aspetos a ter em conta para poupar dinheiro nesta altura.

O mais importante e básico é: estar sempre atento a qualquer aviso no painel de instrumentos, ou a qualquer barulho ou a comportamentos estranhos, por exemplo, e procurar ajuda especializada logo que um problema surgir.

Outras dicas são: cumprir as datas para as revisões; comparar preços de várias oficinas; verificar a pressão dos pneus, os níveis do óleo do motor e da água de refrigeração com frequência; analisar o estado da carroçaria; verificar todas as luzes de sinalização.

Estes pequenos gestos podem ajudá-lo a poupar elevadas quantias. Se um problema for detetado e resolvido rapidamente, a probabilidade de não evoluir para um problema sério (provocando estragos em outras peças, por exemplo), será muito maior.

Por via das dúvidas, nunca adie ou deixe de fazer a revisão periódica ao seu automóvel.

O artigo continua após o anúncio
Veja também
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp