Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
João Abreu
João Abreu
19 Dez, 2018 - 00:00

10 motores a diesel mais fiáveis no mercado: conheça-os

João Abreu

Se pondera comprar um carro a diesel e sente-se com dúvidas, tenha em conta a nossa lista dos 10 motores a diesel mais fiáveis, atualmente no mercado.

10 motores a diesel mais fiáveis no mercado: conheça-os

Se procura saber quais os motores a diesel mais fiáveis, hoje ficará esclarecido. Cada motor é um motor e nem todos podem entrar na nossa lista, por isso fomos descortinar os melhores e mais recentes estudos de fiabilidade automóvel e perceber quais os motores a diesel que têm surpreendido os consumidores pela positiva.

Motores a diesel mais fiáveis: alguns aspetos a ter em conta

A fiabilidade da marca é uma das questões essenciais quando se vai adquirir um automóvel novo e, no que toca a motores a diesel, toda e qualquer recomendação positiva é mais do que bem vinda. Porém, existe a necessidade de repartir esta fidelização na escolha de motores através de variados aspetos fundamentais. A conceção de um motor é elaborada através de um estudo contínuo sempre presente pelos construtores, utilizando a melhor tecnologia disponível e em reflexo das exigências das legislações aplicadas neste sentido. Todo o ensaio laboratorial permite avaliar a fiabilidade dos componentes e peças essenciais que garantem a performance, a longevidade e as emissões do motor.

Claro está que, no mundo real, a aquisição de novos modelos por parte dos utilizadores reflete que existe um elo de ligação na confiança que estes colocam nas marcas dos seus futuros carros, mas cabe igualmente aos proprietários entender que por muito que um motor esteja bem elaborado do ponto de vista da engenharia mecânica, a preservação, ou melhor dizendo, a utilização que lhe damos no dia a dia, pode influenciar a sua longevidade. Uma manutenção regular na oficina, a substituição de componentes originais, o check-up periódico e uma utilização nobre e cuidada com o regime de utilização do motor poderão fortalecer uma garantia saudável no percurso de vida, desde o momento que adquire o seu novo automóvel.

A “saúde” dos motores pode, desta forma, passar também pelos combustíveis que utilizamos. Tal como quase todos os produtos consumíveis existentes no mercado, existem aqueles que asseguram efetivamente a sua aplicabilidade e garantia para o seu efeito e outros que acabam por percorrer uma curvatura de generalidades. O aumento dos combustíveis nos últimos anos encorajou os condutores a atestarem os seus carros em postos de abastecimento de marca branca, em supermercados. Este é um tema de debate intenso que divide opiniões, mas que não passa despercebido na questão da fiabilidade.

Os motores a diesel nos dias de hoje

motores a diesel

Como vivemos em tempos de mudanças e com uma consciencialização mais assídua nas questões ambientais, sabemos que nem os filtros de partículas ajudaram a que, efetivamente, os motores a diesel mais fiáveis poluíssem menos. Por sinal, este elemento de cariz ecológico prejudicava essencialmente a distribuição de gases no turbo de alguns motores. Ao mesmo tempo, sabe-se que a aquisição de um carro a diesel traz bastantes vantagens. O preço dos combustíveis é “ainda” mais acessível do que o dos modelos a gasolina, estabelece melhores consumos e, consequentemente, aumenta a capacidade de quilómetros feitos por cada abastecimento.

Por outro lado, percebe-se que o estado de arte das tendências atuais governamentais seja em criar um espectro ecológico para dentro das cidades e grandes capitais do mundo, com a inclusão de apenas carros híbridos e elétricos. Apesar desta onda crescente ser o reflexo do nosso futuro automóvel, personalidades como o diretor executivo do Grupo PSA – Carlos Tavares – acredita que ainda existe um compromisso sólido em continuar a desenvolver motores a diesel que consumam e poluam tanto ou menos do que os motores a gasolina.

Assim sendo, e ainda que a transição seja lenta em alguns casos, os motores a diesel mais fiáveis do mercado vão continuar a existir, ainda que com configurações diferentes, quer pela redução do número de cilindros, quer pela otimização do motor para um regime mais económico na condução e, ainda, pela possibilidade de integrar a motorização elétrica em modelos diesel.

Desta forma, conheça alguns dos motores a diesel mais fiáveis do mercado, alguns deles já comercializados há mais de uma década com estatuto de autênticos “veteranos”.

Top 10 motores a diesel mais fiáveis no mercado, atualmente

1. BMW Série 5 (motorização 530d e 535d)

A nível de fiabilidade, a BMW, tal como a generalidade das marcas alemãs, tem perdido popularidade. Contudo, há dois motores que se têm vindo a destacar pela positiva e são eles o motor 30d e 35d, que equipam tanto os carros da série 5, como da série 3 de 2018.

Estes 2 motores têm-se mostrado extremamente fiáveis, sendo que, no que toca aos veículos a diesel, estes são possivelmente dos motores mais resistentes e robustos.

A título de curiosidade, o BMW Série 5 apresenta resultados dignos de um carro desportivo, sendo que atinge os 100 km/h em 6,8 segundos. Um misto de sensações patenteada pela marca de Baviera que sempre impressionou com carros familiares que conseguiram traduzir a eficácia desportiva.

2. Volvo V60 2.0 D3

Da Volvo fomos descobrir o motor de 163 cv do modelo V60. Um motor diesel 2.0 D3 de 163 CV de potência que dá alguns pontinhos extra à Volvo, uma marca que embora se tenha instalado por cá há pouco tempo, consegue garantir uma boa reputação no que toca à sua fiabilidade.

Esta carrinha com motor a diesel , com 5 cilindros, liberta 400 nm a partir das 1400 rotações, o que lhe acresce um grau de condução desportiva em baixos regimes de rotação, sempre aliada à segurança e ao conforto do condutor e dos seus passageiros.

3. Volkswagen Golf IV 1.9 TDI

Embora tenham, infelizmente, lançado para o mercado alguns modelos mais problemáticos, a Audi e a Volkswagen têm sido sempre referidas, após variados estudos, como sendo das marcas de automóveis preferidas dos portugueses.

No cômputo geral, o modelo Gold IV 1.9 TDI da Volkswagen tem somado pontos positivos. Este motor a diesel foi lançado com diversas potências: quando começou a ser comercializado, em finais de 1997, havia já duas potências: o 1.9 TDI de 90 cv e o de 110 cv. Dois anos mais tarde, já com uma caixa de 6 velocidades, surge o 1.9 TDI de 115 cv e, mais tarde, no mesmo ano, sai a versão de 130 cv, também com a caixa de 6 velocidades.

4. Audi A6 1.9 TDI

Se procura os motores a diesel mais fiáveis da Audi, então fuja a sete pés dos motores 1.4 TSI, mas foque-se noutros. Nomeadamente neste Audi A6, quer nas versões carrinha ou limousine.

Este modelo é da segunda geração do A6 (tipo 4B) e começou a ser comercializado no início de 1997, tendo sido posteriormente lançadas outras versões.

Tal como no Golf IV, esta geração do Audi A6 tinha variadas opções a diesel. As motorizações a diesel de 1,9 litros de capacidade disponibilizavam potências de 100, 115 ou 130 cv. Este foi considerado por muitos um dos motores a diesel mais fiáveis da década de 90.

5. Mercedes-Benz  C 220 D

A marca de Estugarda é considerada uma das “mães” no que toca à criação de motores a diesel. A fiabilidade dos seus motores inscreve-a nas páginas da história automóvel como sendo exemplar quer na sua fiabilidade, quer na sua performance.

Com esta motorização 220D e com o motor de 2100 de cilindrada com 143 cv de potência, a Mercedes equipou tanto o classe C, como outros modelos da marca, fazendo justiça ao seu estatuto. É um motor que foi comercializado nas gerações C, entre os anos 2000 e 2007, e que, ainda hoje, se destaca no número de unidades vendidas, bastante visíveis nas nossas estradas.

6. Citroën C3 Picasso 1.6 HDI

Mesmo que a marca Citroën nunca tenha atingido o topo das tabelas no que toca à fiabilidade automóvel no contexto da eletrónica, a verdade é que problemas relacionados com a parte mecânica são quase insignificantes, aparecendo com pouca regularidade, não levando nenhum proprietário a abrir banca rota porque, no fim de contas, a mecânica Citroën é muito simples e muito equilibrada.

Os consumidores vêm o modelo Citroën C3 Picasso 1.6 como um bom carro e dos motores a diesel mais fiáveis destacam-se os C3 Picasso 1.6 HDi de 90 cv e o 1.6 HDi de 110 cv FAP.  Importa ainda referir que a conceção deste bloco de motor foi fruto de uma parceria entre o Grupo PSA e a BMW, com o compromisso de poder equipar variados modelos, tanto das duas construtoras como de outras, nomeadamente a Mini e a Volvo.

7. Citroën C4 1.6 HDi diesel

A título de curiosidade, este modelo alcançou o prémio de “Carro Mundial do Ano em Design 2006″, superando o BMW Série 3 e a versão europeia do Honda Civic/Civic Híbrido.

O C4 apresenta motores híbridos de duas potências: 1.6HDi diesel de 92cv e 1.6HDi diesel de 110cv que, definitivamente, merecem destaque na nossa lista dos motores a diesel mais fiáveis e amigos do ambiente.

8. Seat Toledo 1.9 TDI

Nos últimos anos, a confiança dos consumidores portugueses anda de mãos dadas com o grupo VAG, que inclui as marcas Skoda e Seat.

A salva de palmas e o mérito vai para o modelo Seat Toledo (modelo de 2001) e os seus motores Turbodiesel TDI de 1,9 litros, que, nessa época, começaram a conquistar o interesse dos consumidores para um registo exemplar de fiabilidade e uma aproximação à qualidade e robustez associados a modelos de marcas alemãs.

9. Honda Civic 1.6 i-DTEC

As marcas nipónicas adquiriram um estatuto de fiabilidade já nos anos 60 com variadíssimos modelos. A Honda representou muito bem esse mérito com a série de motores Vtec nos anos 90 e continua ainda a representá-lo com os novos 1.6 i-DTEC, consolidando-se como um dos melhores motores a diesel do momento, o que faz deste compacto um carro dinâmico e, agora, otimizado para reduzir consumos.

A sua qualidade e fiabilidade é proporcional ao seu preço, superando o valor de alguns compactos mais vendidos, como o Seat Léon, o Renault Mégane e o Volkswagen Golf.

Veja também: