ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
David Afonso
David Afonso
19 Jan, 2021 - 16:04

Conheça as diferenças entre motores a gasolina e diesel

David Afonso

Alguma vez se questionou sobre as diferenças entre motores a gasolina e diesel? Saiba como funcionada cada um e o que os distingue.

motor de um carro

É sabido que existem diferenças entre motores a gasolina e diesel, mas quais? São significativas? Que fatores devemos ter em conta ao escolher um carro?

Quando vamos comprar um carro, um dos fatores que temos em conta é precisamente o tipo de combustível que este consome. Se, por um lado, uns dizem que um carro a gasolina é mais barato e tem menos custos de manutenção, por outro, são da opinião que os carros diesel apresentam uma performance mais equilibrada e são melhores a longo prazo.

Na verdade, as diferenças entre motores a gasolina e diesel vão mais além do que estas questões e existem outros fatores que devemos sempre ter em conta. 

Conheça todos, em detalhe, ao longo deste artigo.

As origens dos motores a gasolina e diesel

Para entender as diferenças entre os motores, importa também conhecer um pouco da sua história e evolução.

O motor a gasolina foi inventado, praticamente em paralelo, por duas pessoas diferentes. O primeiro inventor foi o francês Alphonse Beau De Rochas, por volta de 1862. O segundo, em 1875, pelo alemão Nikolaus August Otto.

Na época, ambos desconheciam a patente um do outro, o que levou De Rochas a agir judicialmente contra Otto. Contudo, a troca de dinheiro, Otto acabou por ficar com a fama e o nome da invenção: Motor Otto (motor a gasolina).

Já no que diz respeito ao motor a diesel, o seu inventor foi só um, Rudolf Diesel, um engenheiro alemão. O motivo que levou Rudolf a procurar uma alternativa ao Motor Otto, foi a ineficiência e comportamento deste nos diferentes modelos da época.

O projeto do motor a diesel foi patenteado em 1892. Foi apresentado numa feira internacional em 1900, em Paris, como o primeiro motor de “biocombustíveis”.

O que são, então, os motores a gasolina e a diesel?

Ambos os motores têm como ponto em comum o facto de converterem a energia química do combustível em energia mecânica através de explosão.

A forma como essa explosão acontece é que faz com que existam diferenças entre eles. Assim, em primeiro lugar, façamos uma distinção destes motores:

Motor a gasolina

De uma forma genérica, o motor a gasolina é um tipo de motor de combustão interna. A ignição do combustível acontece por uma faísca gerada por vela de ignição.

Motor a Diesel

A principal característica do motor a diesel é a ignição do combustível. Isto é conseguido pela alta temperatura produzida pela compressão do ar dentro do cilindro.

Por sua vez, estes dois tipos de motores são endotérmicos. Isto porque funcionam através de reações termodinâmicas, que convertem a energia interna do combustível em trabalho mecânico.

Diferenças entre motores a gasolina e diesel

motor de um carro para ilustrar as diferenças entre motores a gasolina e gasóleo

As diferenças fundamentais entre os dois tipos de motores são precisamente no seu processo de explosão, ou no seu ciclo, se preferir. Assim, explicamos como funcionam ambos os motores:

Motor a gasolina

  • Fase de Admissão: O combustível mistura-se com ar. Ou seja, quando o pistão se movimenta do topo à base do cilindro, permite a entrada de ar e dá-se a mistura;
  • Fase de Compressão: O pistão faz agora o movimento inverso dentro do cilindro. O pistão começa a aumentar a compressão sobre a mistura do ar e do combustível;
  • Fase de Combustão: A mistura de combustível/ar explode através da faísca gerada na vela de ignição. Esta explosão depende a maior parte das vezes da temperatura do motor e do próprio combustível;
  • Fase de Escape: O pistão volta a subir e pressiona os gases, que se libertam através da válvula de escape.

Motor a Diesel

  • Fase de Admissão: A válvula de admissão abre-se, o ar entra e o pistão desce. Neste tipo de motor é importante ter em conta que a pressão dentro do cilindro é maior que no motor a gasolina. Uma das funções do injetor é imprimir pressão suficiente no combustível para que o pistão possa entrar;
  • Fase de Compressão: O pistão sobe e o ar é comprimido. Esta fase de compressão é determinada, acima de tudo, pelo peso da estrutura do motor;
  • Fase de Combustão: O combustível é injetado, ocorre a ignição e o pistão desce. Por outras palavras, o combustível e o ar com alta pressão (compressão) inflamam-se na câmara de combustão;
  • Fase de Escape: O pistão sobe e pressiona os gases, que se libertam através da válvula de escape, tal como no motor a gasolina.

É, igualmente, importante referir que a questão do peso do motor, que referimos na fase de compressão do motor a diesel, também faz com que haja diferenças entre motor a gasolina e diesel.

O facto de o momento de combustão precisar de uma pressão muito maior, significa que necessita também de uma estrutura mais robusta do que o motor a gasolina, na hora de explosão.

Assim, as principais diferenças entre o motores a gasolina e diesel estão nos seus ciclos de explosão:

  • nos motores a gasolina, através da faísca na vela de ignição, fazendo com que a mistura se acenda;
  • nos motores a diesel, o combustível e o ar com compressão inflamam-se.

Por outro lado, enquanto nos motores a gasolina a explosão necessita da mistura ar/combustível, nos motores a diesel basta “apenas” ar para a explosão.

Outra diferença: poupança de combustível

Se juntarmos o fator peso, com o momento do processo de explosão, temos ainda outra grande diferença entre motor a gasolina e motor a diesel: a poupança de combustível.

Nos motores a gasolina o consumo de combustível é maior, enquanto motores a diesel, o ar é o principal catalisador da explosão, pelo que não consome tanto combustível.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].