Margarida Ferreira
Margarida Ferreira
06 Mai, 2014 - 13:59
Quer comprar casa? O crédito habitação está outra vez mais acessível

Quer comprar casa? O crédito habitação está outra vez mais acessível

Margarida Ferreira

A economia portuguesa começa lentamente a dar sinais de retoma. Notícias recentes indicam que já é mais fácil conseguir créditos, algo que nos últimos anos se tem verificado muito difícil.

O artigo continua após o anúncio

Diz o ditado que depois da tempestade vem a bonança e a história existe precisamente para provar que é verdade. Depois de uma grande depressão, vem sempre um período áureo e segundo as notícias avançadas esta semana sobre os créditos, os portugueses já vão tendo alguns indicadores de que a economia começa a dar sinais de melhoria. 

Spreads a baixar

Apesar das notícias ainda surgirem tímidas, é avançado que alguns bancos portugueses já começaram a baixar os spreads aos seus clientes. Numa altura em que o mercado imobiliário começa a dar lentos sinais de retoma, quem quiser agora comprar casa já vai encontrar taxas de juro mais baixas do que, por exemplo, há um ano. 

Com a crise económica, uma das principais causas do endividamento dos portugueses foi sem dúvida o aumento dos juros nos créditos já contraídos e a grande dificuldade no concebimento de créditos. 

A Caixa Geral de Depósitos

Apesar de já vários bancos apresentarem melhorias em relação às condições dos créditos, nomeadamente do crédito à habitação, a Caixa Geral de Depósitos, sendo o Banco Público português, é um excelente barómetro para perceber de que forma está o mercado. Assim sendo, importa referir que a CGD baixou o spread mínimo em 1 ponto percentual, sendo que a partir de agora a taxa passou a variar entre 2,5% e 6,45%, dependendo de vários factores como o risco, a vinculação do cliente, entre outros.

Veja também: