Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Sofia Ramos
Sofia Ramos
21 Jul, 2017 - 11:18

7 razões pelas quais as Ilhas Canárias não saem de moda

Sofia Ramos

Procura um local de férias com muito sol, próximo e económico? Escolha as Ilhas Canárias, um destino de praia que nunca sai de moda.

7 razões pelas quais as Ilhas Canárias não saem de moda

O arquipélago espanhol das Canárias, situado no Atlântico, junto a Marrocos, é um reconhecido destino turístico. As suas ilhas mais famosas são Tenerife, Lanzarote, Fuerteventura e Gran Canaria. Se anda à procura de um destino cheio de sol e com uma excelente relação qualidade-preço, leia este artigo e descubra 7 razões pelas quais as ilhas Canárias não saem de moda.

7 motivos que levam anualmente milhares de turistas às Canárias

Variedade e qualidade das praias

placeholder-1x1

Nas Canárias há praias para todos os gostos. E mesmo numa só ilha, locais e turistas conseguem usufruir de praias muito diferentes: desde as de areia branca e fina como a de el Reduto, em Lanzarote, às de solo vulcânico escuro como a de las Américas, em Tenerife, ou às de seixos como Guayedra, em Gran Canaria. Aliás, só em Gran Canaria poderá escolher entre mais de 80 praias!

placeholder-1x1

Há praias amplas com quilómetros de extensão, que oferecem imensas atividades e serviços de apoio, e há pequenas praias escondidas e quase desertas, onde é possível praticar nudismo. Há praias onde o Atlântico parece caribenho e outras onde a rudeza do oceano se faz sentir. No total, as Canárias exibem por estes dias 54 bandeiras azuis, que atestam a sua qualidade.

Bom tempo todo o ano

placeholder-1x1

A localização deste arquipélago espanhol, ao largo de Marrocos, permite-lhe usufruir da influência meteorológica do Norte de África. O seu clima subtropical caracteriza-se pelo tempo seco, suavizado pelos ventos alísios, bastante convidativo ao longo de todo o ano, não se sentindo oscilações acentuadas entre as temperaturas do dia e da noite.

Faz quase sempre sol e a água do mar convida a banhos e mergulhos. E não receie ondas de calor, mesmo no verão: as Ilhas Canárias são conhecidas pela sua “eterna primavera”.

Fonte do vídeo: Islas Canarias Oficial

Ótima gastronomia

placeholder-1x1
Fonte da imagem: GomeraToday

Componente fundamental da identidade cultural dos habitantes das Canárias, a cozinha do arquipélago caracteriza-se pela simplicidade e variedade. A conjugação da abundância entre os produtos da terra e do mar deu origem a muitos pratos saborosos. Milho, tomate, batata, banana, queijo de cabra e ovelha, mel de cana e amêndoa fazem parte da lista de ingredientes mais utilizados.

placeholder-1x1
Fonte da imagem: Gran Canaria Virtual

É notória a influência da cozinha sul-americana, nomeadamente a venezuelana, e dos sabores do Norte de África. As “papas arrugadas com mojo” (batatas cozidas com casca e servidas com molho), o “gofio” (farinha obtida a partir de cevada torrada, milho ou outros cereais e preparada de diversas formas) e o “puchero canario” (grão-de-bico guisado com chouriço, legumes e açafrão), são alguns dos pratos típicos.

Muita animação

placeholder-1x1

Animação turística é algo que as pessoas das Canárias tratam por tu. Seja qual for a ilha da sua eleição, não vão faltar locais onde se divertir à noite, com restaurantes, bares e discotecas de todos os tipos. Ruas com ambiente festivo, música e outras atrações ao virar da esquina: não falta nada.

placeholder-1x1
Fonte da imagem: maspalomas.comenenjoy.com

Mas não pense que a diversão só acontece quando o sol se põe: durante o dia há muitas atividades com que se entreter, desde logo as incontáveis opções de desportos e experiências náuticas ao seu dispor na praia. Passeios de camelo, percursos de trekking, atividades radicais e rotas para quem gosta de pedalar, são outras das ofertas de entretenimento das ilhas.

Natureza em estado puro

placeholder-1x1
Fonte da imagem: Below Master

Sabia que a montanha mais alta de Espanha está nas Ilhas Canárias? Pois é, trata-se do vulcão Teide, com 3718 metros de altura, situado na ilha de Tenerife. O parque natural em redor do vulcão oferece uma paisagem surpreendente e merece ser visitado. Se as suas férias forem em Gran Canaria, não se preocupe: a ilha oferece tesouros naturais dos mais variados tipos e uma fauna e flora impressionantes.

placeholder-1x1

O Parque Natural de Pilancones e o Parque Natural de Tamadaba são o nosso destaque, mas a grande rocha Roque Nublo e o Pico de las Nieves são igualmente importantes atrativos naturais da segunda maior ilha do arquipélago. Para além das praias e das dunas, claro. Curiosidade: parte da ilha de La Palma é considerada Reserva da Biosfera pela Unesco.

Riqueza histórico-cultural

placeholder-1x1

Praia, natureza, animação, gastronomia. Soa bem e parece suficiente para que as Canárias nunca saiam de moda, mas… e se lhe juntássemos ainda doses generosas de história e cultura? Aqui há cidades e povoados com mais de cinco séculos, tradições centenárias, edifícios emblemáticos e muitos museus onde aprender mais sobre a sua história e as suas gentes.

placeholder-1x1

Em Gran Canaria, por exemplo, não deixe de visitar Vegueta, o centro histórico de Las Palmas, a capital da Ilha. Um bairro pitoresco e encantador, com muitos monumentos de elevado interesse histórico e artístico, desde a Catedral das Canárias à Casa de Colón ou ao colorido e aromático mercado.

Festas populares de arromba

placeholder-1x1
Fonte da imagem: Turiscom CIT

É verdade que já falámos de animação nesta lista de razões pelas quais as Ilhas Canárias não saem de moda. Mas se em cima nos referíamos a animação e às atividades típicas de férias, a fechar este rol trazemos as romarias tradicionais e datas festivas do arquipélago.

placeholder-1x1
Fonte da imagem: indianos.info

Um exemplo de como o povo das Canárias gosta de sair à rua e celebrar com pompa, circunstância e muita alegria? O Carnaval de Tenerife! Sabia que este é um dos mais populares do mundo a seguir ao do Rio de Janeiro? Mas há muitas outras festas que atraem locais e forasteiros como, por exemplo a festa de Los Indianos, na ilha de La Palma, que enche as ruas de branco.

Veja também: