Nuno Margarido
Nuno Margarido
27 Jan, 2018 - 12:13
Reconhecimento facial do Facebook: saiba como funciona

Reconhecimento facial do Facebook: saiba como funciona

Nuno Margarido

A ferramenta de reconhecimento facial do Facebook está cada vez melhor e o objetivo é ajudar os utilizadores. Saiba como usar esta funcionalidade.

O artigo continua após o anúncio

Os utilizadores da maior rede social do mundo vão ser avisados sempre que alguém adicionar uma fotografia em que apareçam – mesmo sem serem identificados. Isto porque as funções da ferramenta de reconhecimento facial do Facebook foram ampliadas para que os utilizadores possam manter-se atentos sempre que alguém utiliza uma fotografia indevidamente.

Reconhecimento facial do Facebook: saiba quem publicou fotos suas

Menos tempo no Facebook: rede social em declínio

A ferramenta de reconhecimento facial do Facebook não é uma novidade, mesmo que alguns utilizadores não saibam o que isso é. Ao adicionar uma fotografia, os utilizadores têm sempre a possibilidade de identificar amigos e a própria rede social já fazia sugestões para que isso acontecesse.

Agora, as opções desta ferramenta foram melhoradas e permitem que o utilizador seja avisado mesmo quando alguém não o identifica. Assim, o utilizador não só tem a possibilidade de se marcar na fotografia, como também pode pedir para que esta seja retirada, contactando quem a publicou.

Mas há mais: a notificação também pode chegar ao utilizador sempre que uma fotografia com a cara desse mesmo utilizador seja utilizada como fotografia de perfil de outrem. Assim, o Facebook arranja maneira de acabar com os perfis falsos.

Outra das funcionalidades importantes que o melhorado reconhecimento facial do Facebook permite é que, agora, pessoas com deficiência visual podem saber quem é que aparece nas fotografias que surgem no feed de notícias.

Limitações da ferramenta

Existem, contudo, dois requisitos para que tudo isto funcione. Em primeiro lugar, é necessário lembrar que a privacidade definida pela pessoa que publicou a fotografia pode fazer toda a diferença. A notificação só é entregue caso o utilizador faça parte da audiência selecionada pela pessoa que publicou a fotografia.

O outro requisito prende-se com a própria funcionalidade, com o Facebook a prometer adicionar um recurso bastante simples de “on/off” para estas situações.

Veja também