Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luísa Santos
Luísa Santos
25 Jul, 2018 - 16:41

Xiaomi Mi Max 3: maior bateria a um menor preço

Luísa Santos

Já está confirmado o lançamento do novo Xiaomi Mi Max 3, o novo modelo da marca chinesa que promete surpreender até os mais céticos.

Xiaomi Mi Max 3: maior bateria a um menor preço

A Xiaomi continua a apostar no mercado tecnológico ao lançar cada vez mais equipamentos de excelente qualidade e a um preço muito competitivo. Prova disso é o novo Xiaomi Mi Max 3 que vem suceder ao seu irmão mais novo: o Xiaomi Mi Max 2. A elegância e eficiência são as palavras de ordem neste novo smartphone.

Review Xiaomi Mi Max 3: mais por menos

xiaomi mi max 3

Fonte da Imagem: Xiaomi/Divulgação

Contrariando os modelos e respetivas versões lançadas até ao momento, a Xiaomi apresenta o seu mais recente produto em três cores diferentes: preto, azul escuro e dourado, respondendo, assim, às necessidades dos consumidores e às atualizações constantes do mercado.

O Xiaomi Mi Max 3 alia um design sem defeitos a uma performance de alto nível. Para este telemóvel, o foco da marca é, essencialmente, o ecrã e a bateria. Como o próprio nome indica, este smartphone é maior do que os outros modelos vendidos pela marca, prova disso é o seu ecrã de 6,9′‘, de 18:9, que garante uma melhor visibilidade e exposição de imagem.

Apesar de não ter um ecrã infinito, o Xiaomi Mi Max 3 aproxima-se muito dessa forma, aproveitando todas as margens disponíveis de forma a melhorar, assim, a utilização do próprio smartphone. Quando à bateria, prepare-se: tem 5500mAh para gastar durante o dia, mais do que os 5300mAh do seu antecessor, o Xiaomi Mi Max 2.

Mas as novidades da bateria não ficam por aqui, já que o novo modelo da marca chinesa vem também equipado com uma tecnologia de carregamento rápido, o que garante, de acordo com a marca, o carregamento de 71% da bateria em apenas uma hora.

xiaomi mi max 3

Fonte da Imagem: Xiaomi/Divulgação

Em termos de processamento, o Xiaomi Mi Max 3 vem equipado com um Qualcomm Snapdragon 636, GPU Adreno 509 – operando com o MIUI 10, com base no Android 8.1.

A rapidez está, por isso, garantida, tendo também em conta a memória RAM e o armazenamento interno. Tudo indica que existam, por isso, duas versões: uma de 4GB e outra de 6GB de RAM; o mesmo acontece com a memória interna, disponível em 64GB ou 128GB.

A qualidade da fotografia também não foi deixada de parte neste novo modelo da marca chinesa, não fosse o seu ecrã maximizar essa mesma qualidade. À semelhança de outros modelos da concorrência, o Mi Max 3 traz uma dual camera traseira, em disposição vertical, de 12MP e 5MP de sensor de profundidade. À frente, a câmara dispara em 8MP.

Ainda no que diz respeito à qualidade das câmaras, a marca garante agora que o novo modelo virá equipado com uma tecnologia que permite maior qualidade e apresentação de fotografia, algo que não tem acontecido nas versões anteriores e um fator que os clientes têm apontado como negativo.

Para além das funcionalidades de Wi-Fi e Bluetooth, o Mi Max 3 estará também equipado com infravermelhos, porta USB-C e ainda outra novidade: um sensor de impressão digital que permite o desbloqueio do smartphone sem recorrer a um código de segurança.

 Especificações técnicas
Ecrã 6,9”
Processador Qualcomm Snapdragon 636 octa-core 1.8GHz,GPU: Adreno 509
Bateria 5500mAh (até 10 horas de autonomia)
Memória RAM 4GB ou 6GB
Câmara Traseira (Principal) 12MP (f/1.9, 1,4 μm) + 5MP (sensor de profundidade)
Câmara Frontal (Secundária) 8MP (f/2.0, 1,12 μm)
Preço A partir de 260€

Veja também: