Miguel Pinto
Miguel Pinto
30 Ago, 2022 - 15:49

Nápoles: roteiro de 3 dias na cidade vigiada pelo Vesúvio

Miguel Pinto

História, mar e gastronomia: tudo isto numa cidade apenas. Siga o nosso roteiro para 3 dias em Nápoles e deixe-se enfeitiçar pela sua beleza.

Vista aérea de Nápoles

Ao visitar Nápoles, vai ficar espantado com tudo o que esta cidade italiana tem para oferecer. Museus, castelos, palácios, uma longa extensão de costa e uma gastronomia de comer e chorar por mais fazem de Nápoles um autêntico tesouro para os viajantes.

Com as sugestões que lhe deixamos neste roteiro de 3 dias em Nápoles, vai poder partir à aventura na maior cidade do sul de Itália e terceira com mais população, a seguir a Milão e Roma. A cidade está voltada para a extensa e magnífica baía de Nápoles, ocupando terrenos elevados e concavidades formadas por antigas crateras vulcânicas.

Dada a sua localização próxima da Grécia, no oceano mediterrâneo, há uma larga influência grega por toda a cidade. Graças à forte influência da poderosa cidade grega de Siracusa, Nápoles cresceu de forma rápida. Mesmo depois de ter sido tomada pelos Romanos, Nápoles manteve a língua e os costumes gregos.

Esta cidade italiana contém uma riqueza de tesouros artísticos, muitos dos quais são datados do século XVIII, quando a família espanhola Bourbon governou e a cidade floresceu economicamente.

Prepare a sua visita a Nápoles

Nápoles, devido à influência do mar, tem um clima ameno e tipicamente mediterrânico. Nos meses de outono e inverno é uma cidade bastante chuvosa, sendo que ainda assim o clima é ameno. Durante os meses de primavera e verão, Nápoles oferece um clima quente e seco, mas refrescado pela brisa do mar.

E por falar em mar, se quer aproveitar para nadar no Mediterrâneo, então a melhor altura para visitar a cidade é durante o verão, onde a temperatura da água do mar chega a atingir os 27º. Para que possa visitar a cidade de forma mais confortável, os melhores meses são entre março e setembro, para evitar a chuva.

Onde vou aterrar em Nápoles?

Aeroporto Internacional de Nápoles

O Aeroporto Internacional, com código NAP, está localizado a 7 km do centro da cidade. É o maior aeroporto da Campânia e um dos maiores de Itália e conta com dois terminais.

Onde ficar em Nápoles?

Santa Chiara Boutique Hotel 

Mesmo no centro histórico de Nápoles, o Santa Chiara Boutique Hotel está a poucos passos dos principais marcos da cidade e suas atrações. Localizado em Spaccanapoli, a artéria social da cidade, este hotel oferece um ambiente calmo e harmonioso, sendo a escolha ideal a quem pretende criar as suas próprias experiências em Nápoles.

La Ciliegina, Lifestyle Hotel

O La Ciliegina, Lifestyle Hotel situado no centro da cidade de Nápoles, tem uma vista privilegiada para a Piazza Municipio. Seja para desfrutar de uma espetacular vista da cidade no terraço do hotel ou para relaxar depois de um dia de visitas pelos monumentos da cidade, o primeiro e original hotel boutique de Nápoles oferece um ambiente calmo numa decoração elegante e luxuosa.

Grand Hotel Oriente

O Grand Hotel Oriente, situado no coração de Nápoles, é um espaço com uma decoração elegante que oferece em alguns dos seus quartos vista panorâmica sobre o Monte Vesúvio e sobre o Castelo Sant’Elmo. Tem também um terraço.

Roteiro de 3 dias pela cidade de Nápoles

Agora que tem todas as informações necessárias ao planeamento e marcação da sua viagem por esta cidade do sul de Itália, vamos deixar-lhe as nossas sugestões para os três dias de visita a Nápoles.

Dia 1

Costa mediterrânica

Costa marítima de Nápoles
A costa napolitana é banhada pelas suaves águas do Mediterrâneo

Para começar a visitar a incrível cidade de Nápoles, que lhe oferece séculos de história, pode ir para a costa.

Comece por visitar o Porto de Mergellina com vistas magníficas e pare no Chalet Ciro para um café ou um doce. Quem sabe até um saboroso babà, típico de Nápoles?

De seguida, percorra a Lungomare até à Villa Comunale. Se levar crianças consigo, é um bom local para uma pausa. A Villa Comunale foi construída no século XVIII por ordem da dinastia de Bourbon. Este é o único parque público perto do centro histórico da cidade e, por isso, muito procurado pelas crianças e o lugar ideal para brincarem.

Depois de uma breve pausa, siga para visitar a Stazione Zoologica Anton Dohrn Napoli, onde pode ver o aquário mais antigo da Europa, o centro de tartarugas marinhas e o museu. Aqui vai encontrar uma enorme variedade de espécies locais.

Enquanto passeia ao longo da orla marítima, faça uma pausa para admirar o agradável cenário. Esta área oferece vistas panorâmicas do outro lado da Baía de Nápoles. Pare para almoçar conhecido restaurante Crudore.

Depois do almoço, é tempo para visitar o castelo mais antigo de Nápoles, o Castel dell’Ovo. Quando terminar a sua visita ao Castel dell’Ovo, siga até à Piazza del Plebiscito, onde poderá visitar o magnífico Palazzo Reale. Termine um dia com um chocolate quente ou faça um lanche mais reforçado no histórico Gran Caffé Gambrinus.

Para jantar, poderá optar por um restaurante, como o Il Pomodorino ou então por parar no Antica Pizza Frita para provar a deliciosa pizza frita. Compre para comer no regresso ao hotel.

Porto de Mergellina

Mergellina é protegida a sul por um longo quebra-mar e ao norte por um quebra-mar; dentro da bacia do porto, a oeste do quebra-mar, há a doca de barcos, enquanto na parte interna tem várias docas flutuantes.

Chalet Ciro

Este icónico chalé à beira-mar vende tudo, desde café e doces até crepes, mas a razão para o visitar é para experimentar o famoso baba napolitano, um brioche com gelado. Um pão adocicado recheado com delicioso sorvete e coberto com uma dose de creme.

Villa Comunale

O Villa Comunale é um dos principais jardins históricos de Nápoles. O grande jardim, plantado com carvalhos, pinheiros, palmeiras e eucalipto abrange mais de 1 km da Praça da Vitória e da Praça da República, ladeada pela Riviera di Chiaia e Via Caracciolo.

Stazione Zoologica Anton Dohrn Napoli

Fundada em março de 1872 por Anton Dohm, que foi também o seu primeiro diretor, a Stazione Zoologica Anton Dohm Napoli é um marco na investigação e manutenção de espécies marinas.

Deslocações – A pé e de metro

  • Santa Chiara Boutique Hotel > Stazione Napoli Montesano: a pé 13 min, 1 km pela Via Domenico Capitelli > Stazione di Napoli Mergellina: de metro 7 minutos
  • La Ciliegina Lifestyle Hotel > Stazione Napoli Montesano: a pé 17 min, 1,3 km pela Via Paolo Emilio Imbriani, direita na Via Toledo > Stazione di Napoli Mergellina: de metro 7 minutos
  • Grand Hotel Oriente > Stazione Napoli Montesano: a pé 12 min, 950 m pela Via Armando Diaz, direita na Via Guglielmo Oberdan > Stazione di Napoli Mergellina: de metro 7 minutos
  • Mergellina > Villa Comunale: a pé 24 min, 1,9 km > Stazione Zoologica Anton Dohrn: 6 min, 450 m
  • Stazione Zoologica Anton Dohrn > Castel dell’Ovo: 17 min a pé, 1,3 km
  • Castel dell’Ovo > Palazzo Reale: 15 min a pé, 1,1 km
Dia 2

Igrejas e compras

Duomo di San Gennaro
O Duomo di San Gennaro guarda autênticos tesouros de arte sacra

Para o segundo dia, sugerimos uma visita às igrejas e uma pausa para algumas compras. Comece sua visita na Via Duomo à Catedral de Nápoles para visitar a Duomo di San Gennaro, uma obra prima da arquitetura barroca napolitana. Entre na catedral e examine seu interior decorativo, que incorpora um batistério fascinante do século V. Se a sua visita a Nápoles for em maio ou setembro pode ter a oportunidade de assistir à liquefação do sangue de San Gennaro.

Da Duomo di San Gennaro siga até à Pio Monte della Misericordia. Nesta igreja vai encontrar a pintura em tamanho natural de Caravaggio, As sete obras de misericórdia. Terminada a visita à Pio Monte della Misericordia, siga para o centro histórico de Nápoles onde poderá fazer algumas compras.

Conhecida por Spaccanapoli, esta rua estreita e movimentada atravessa a meio a área romana original e está repleta de igrejas, palazzi históricos, lojas e cafés. Nas oficinas de artesãos na Via San Gregorio Armeno, pode comprar desde amuletos, a objetos em terracota, presépios e estatuetas de Pulcinella. Pare para almoçar numa das pizzarias da área. Sugerimos a famosa Pizzeria Da Attilio.

Depois do almoço, continue ao longo da Spaccanapoli até à igreja San Domenico Maggiore. Aqui perca-se a admirar as belas obras de arte, incluindo os frescos de Pietro Cavallini na capela Brancaccio. Faça depois uma pausa para uma café e um babà na Pasticceria Giovanni Scaturchio antes de seguir para a Piazza del Gesù com a sua elaborada agulha de mármore, a Guglia dell’Immacolata.

Ainda na Piazza del Gesú, encontra a igreja Gesù Nuovo que se destaca pela sua fachada de pedra com relevos em ponta de diamante. Mesmo em frente à Gesù Nuovo, encontra a igreja de Santa Chiara, com bonitos claustros e o Museo di Santa Chiara, que alberga parte do interior original da igreja.

Dirija-se depois à Piazza Bellini para ver as escavações das antigas muralhas gregas e termine o dia com um relaxante aperitivo num dos cafés e bares da zona ou, então, rume ao restaurante Al Bellini para um delicioso jantar.

Deslocações: a pé ou de metro

  • Santa Chiara Boutique Hotel > Catedral de Nápoles: a pé 11 min, 850 m, pela Piazza S. Domenico Maggiore, Piazzeta Nilo, Via San Biagio Dei Librai, esquerda na Via Duomo
  • La Ciliegina Lifestyle Hotel > Catedral de Nápoles: a pé 26 min, 2,1 km, pela Via Toledo, Via Domenico Capitelli, Piazzeta Casanova, Via dei Tribunali, esquerda na Via Duomo.
  • Grand Hotel Oriente > Catedral de Nápoles: a pé 23 min, 1,7 km, pela Via Armando Diaz, Piazza Giovanni Bovio, Corso Umberto I, Piazza Nicola Amore, Via Duomo
  • Catedral de Nápoles > Pio Monte della Misericordia: a pé 2 min, 180 m, pela Via Duomo, esquerda na Via dei Tribunali
  • Pio Monte della Misericordia > Spaccanapoli: a pé 19 min, 1,4 km ou a pé até à estação de metro Piazza Cavour (9 min, 650 m) de metro até à estação Stazione Napoli Montesanto (2 min sem paragens) e novamente a pé até Spaccanapoli (5 min, 450 m)
  • Spaccanapoli > San Domenico Maggiore: a pé 9 min, 750 m
  • San Domenico Maggiore > Piazza del Gesù: a pé 4 min, 350 m
  • Piazza del Gesù > Santa Chiara: a pé 5 min, 400 m
  • Santa Chiara > Piazza Bellini: a pé 7 min, 550 m
Dia 3

Museus e teatros

Castel Nuovo
A construção do Castel Nuovo remonta ao século XIII

Comece o dia em direção à Piazza Museo, para visitar o Museu Aqueológico de Nápoles, destaque para os tesouros das escavações de Pompeia e Herculano, como mosaicos, frescos e esculturas, que mostram como era a vida no século I. Não deixe de apreciar também a coleção de esculturas de mármore, em grande parte cópias romanas de originais clássicos.

Em seguida, dirija-se ao Teatro di San Carlo, onde estará perante o segundo mais belo teatro de Itália, depois do famoso Scala em Milão. Aquando da sua inauguração, em 1737, este era o maior e mais imponente teatro do mundo. Depois da visita ao teatro, saia, atravesse a rua e digija-se à Pizzeria Napoli In Bocca, para um saboroso almoço.

Depois do almoço passe a tarde na visita ao Castel Nuovo. O Castel Nuovo começou a ser construído em 1279 e desde o início que lhe chamavam Castel Nuovo (Castelo Novo) para o distinguir do Castel dell’Ovo e Capuano. A sua posição estratégica permitia-lhe não só ser a residência real, mas também um forte. Hoje em dia o Castel Nuovo é palco de muitos eventos e também é onde se localiza o museu municipal.

Para terminar a sua visita a Nápoles pode ir fazer umas compras de última hora ou então tomar um café em frente ao mar para absorver tudo o que aprendeu sobre Nápoles nestes três dias de viagem.

Deslocações: a pé e de metro

  • Santa Chiara Boutique Hotel >  Museo Archeologico de Nápoles: a pé 12 min, 850m
  • La Ciliegina Lifestyle Hotel > Museo Archeologico de Nápoles: a pé 23 min, 1,7 km ou de metro 20 min, L1, com saída da paragem Munizipio e chegada à paragem Museo.
  • Grand Hotel Oriente > Museo Archeologico de Nápoles: de metro 15 min, L1, com partida da paragem Toledo e chegada à paragem Museo
  • Museo Archeologico de Nápoles >  Teatro di San Carlo: de metro 21 min, da estação Museo à estação Municipio, L1.
  • Teatro di San Carlo > Castel Nuovo: a pé 3 min, 270 m

Se vai a Nápoles, não perca Pompeia

Pompeia
As ruínas de Pompeia são impressionantes

Uma viagem até Nápoles não pode ficar completa sem uma visita a Pompeia, a cidade que, em conjunto com Herculano, foi engolida pelas cinzas vulcânicas do Vesúvio.

Pompeia foi uma cidade do Império Romano, situada a 22 km de Nápoles. A antiga cidade foi destruída durante uma grande erupção do Vesúvio, no ano 79 d.C., que provocou uma intensa chuva de cinzas, que sepultou completamente a cidade.

Oculta por 1600 anos, foi reencontrada por acaso em 1748. As cinzas e lamas decorrentes da vulcão protegeram as construções e objetos dos efeitos do tempo, moldando também os corpos das vítimas, o que fez com que fossem encontradas do modo exato como foram atingidas pela erupção.

Desde então, as escavações proporcionaram um sítio arqueológico extraordinário, que possibilita uma visão detalhada na vida de uma cidade dos tempos da Roma Antiga. O local foi classificado como Património Mundial pela UNESCO e é uma das atrações turísticas mais populares de Itália, com aproximadamente 2,5 milhões de visitantes por ano.

O preço dos bilhetes começa nos 22 euros, aumentando de preço se solicitar mais serviços, como o audioguia. A subida ao Monte Vesúvio, com guia e transporte a sair de Pompeia, custa 65 euros.

Veja também