Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Alexandra Nunes
Alexandra Nunes
25 Mai, 2018 - 11:50

Há vantagens em ter mais do que uma conta bancária?

Alexandra Nunes

Ter mais do que uma conta bancária pode ser útil e vantajoso, mas também dá mais trabalho. Tudo depende das circunstâncias. Perceba o que faz sentido para si.

Há vantagens em ter mais do que uma conta bancária?

A sabedoria popular diz que “não devemos pôr os ovos todos no mesmo cesto”. Por outro lado, é muito mais simples gerir apenas uma conta no banco. Se tem dúvidas se deve, ou não, ter mais do que uma conta bancária nós ajudamo-lo a pesar os prós e os contras.

Seja do tipo cliente fiel ou uma pessoa que muda desde que isso lhe traga mais benefícios, convém avaliar se no seu caso é vantajoso ou não ter mais do que uma conta bancária. Fazer a escolha certa nesta matéria pode ajudá-lo a poupar tempo e dinheiro.

Quando justifica ter mais do que uma conta bancária

devo-ter-varias-contas

É possível, mesmo quando se tem empréstimos, ter mais do que uma conta em vários bancos. Algumas pessoas usam e abusam desta possibilidade ao abrir contas para tudo e mais alguma coisa. Conta para pagar as faturas e despesas diárias, conta ordenado, conta poupança, conta para a futura universidade do filho, conta para uma situação de emergência e assim por diante.

Esta talvez não seja a solução mais razoável, uma vez que vai acabar por dispersar demasiado os seus recursos e ter muito mais trabalho a gerir todas estas contas. Como em tudo na vida, é preciso moderação. Há circunstâncias em que, de fato, faz sentido ter mais do que uma conta bancária. Por exemplo:

  • Para depositar o salário;
  • Para pagar faturas de despesas fixas através de débito direto;
  • Para separar o dinheiro que quer pôr de lado abrindo uma conta poupança;
  • Ter uma conta pessoal separada da conta conjunta do casal;
  • Se tiver um negócio ou trabalhar por conta própria convém ter uma conta separada;
  • Se quiser investir um determinado montante numa solução com risco e taxas de juro mais altas;
  • Quando precisa de um empréstimo e outro banco oferece melhores condições mas exige abertura de conta.

Vantagens e desvantagens

Vantagens

  • Permite uma maior organização do seu dinheiro;
  • Permite separar montantes por objetivos financeiros;
  • Dá maior flexibilidade para procurar as melhores condições para o seu caso;
  • Tem os seus recursos divididos caso o banco tenha problemas de liquidez.

Desvantagens

  • Processos de transferência e pagamento são mais complexos e demorados entre contas;
  • Perde mais tempo a analisar extratos e a gerir as contas;
  • Não cria relação de fidelidade com um único banco ou gerente de conta;
  • Por ter um maior número de contas, à partida, também terá que pagar mais taxas e comissões.

Cuidados a ter

Se optar por ter mais do que uma conta bancária há cuidados que deve ter para usufruir a 100% das suas vantagens e não se tornar um fardo.

  • Mantenha documentos, livros de cheques, códigos e cartões de cada conta em dossiers separados para não se confundir;
  • Crie o hábito de todos os meses verificar o extrato para ver se está tudo bem e avaliar se as condições do banco não mudaram e continuam a ser vantajosas para si;
  • Não tenha várias contas para o mesmo propósito (será um gasto desnecessário de dinheiro e tempo);
  • Pondere ter contas bancárias gratuitas. Hoje em dia, há várias opções no mercado;
  • Peça sempre acesso online às suas contas para lhe facilitar os processos.

Com todas estas dicas será mais fácil avaliar se faz sentido, no seu caso, ter mais do que uma conta bancária. Se já tem várias, analise as especificidades de cada uma, a política de taxas, os benefícios agregados, a frequência e volume de movimentação, os incentivos e os pontos negativos. Pondere tudo e mantenha apenas as que são realmente úteis e vantajosas.

Veja também: