Inês Silva
Inês Silva
08 Abr, 2020 - 11:42

Trabalho voluntário durante a pandemia: saiba como ajudar

Inês Silva

A atual pandemia fez despertar uma onda de solidariedade. Conheça algumas opções de trabalho voluntário durante a pandemia.

rapariga a entregar compras a pessoas de grupo de risco

Devido ao surto da COVID-19 e ao declarado estado de emergência em Portugal, um pouco por todo os país têm vindo a surgir projetos de solidariedade com objetivo de combater a propagação do vírus, ajudando quem está mais vulnerável. Se quer também ajudar, mas não sabe como, continue a ler e conheça algumas das possibilidades de trabalho voluntário durante a pandemia

“Ficar em casa pode salvar vidas” é frase mais usada pelas autoridades de saúde, sendo, por isso, esta uma altura em que estamos todos mais isolados para evitar a propagação do coronavírus. No entanto, há quem se junte, com a devida distância, para auxiliar quem está mais vulnerável e vários movimentos de ajuda, uns mais espontâneos que outros, vão surgindo. A pandemia uniu a sociedade nas suas mais diversas vertentes e são muitos os voluntários a querer ajudar.

Nem sempre é preciso ser especialista numa área específica para ajudar e sentir-se útil. Por exemplo, porque não começar pela sua rua? Procure saber se tem algum vizinho que necessite de apoio ou deixe um bilhete na entrada do prédio com o seu contacto a oferecer ajuda a quem precisar.

Gestos tão simples como ir ao supermercado ou à farmácia podem fazer toda a diferença na vida de alguém, principalmente neste momento de pandemia que o país atravessa.

Há também projetos solidários que vão para além da vizinhança, e se quer ir mais longe, fique a conhecer, a seguir, redes e movimentos alargados de trabalho voluntário durante a pandemia.

No entanto, antes de avançar para qualquer uma destas opções, é importante que tenha em consideração a sua segurança e a dos outros. Cuide de si, cuide de todos!

Trabalho voluntário durante A pandemia: 7 maneiras de ajudar

rapaz a fazer compras num supermercado como trabalho voluntário durante a pandemia
1

Cuida de todos

É um movimento lançado pelo Governo, no âmbito do combate à pandemia de COVID-19, que pretende juntar voluntários para lares e instituições de apoio a idosos, onde se tem verificado uma necessidade cada vez maior de recursos humanos devido ao cansaço ou quarentena de muitos profissionais desta área.

Para ser voluntário basta ter 18 anos, declarar que não tem problemas de saúde que comprometam a atividade, que não teve contacto com pessoas infetada nos últimos 14 dias e que, no mesmo período, não viajou para fora de Portugal.

É uma campanha promovida pela CASES (Cooperativa António Sérgio para a Economia Social), uma parceria entre o Estado e entidades representativas do sector da economia social.

Inscreva-se aqui!

2

Quero Ajudar

É uma aplicação de entreajuda comunitária que reúne uma equipa de voluntários prontos a prestarem serviços a quem estiver de quarentena.

A aplicação permite que quem precisa de ajuda descreva o seu pedido e quem tenha disponibilidade para ajudar, se inscreva como voluntário.

Tomar conta de crianças ou animais de estimação, ir à farmácia ou ao supermercado ou dar apoio psicológico, são algumas das possibilidades de trabalho voluntário durante a pandemia.

Inscreva-se aqui!

3

Vizinho & Cãopanhia

É uma plataforma que nasceu da iniciativa de um grupo de alunos de Medicina Veterinária com o objetivo de arranjar uma solução para assegurar os passeios de animais de pessoas mais velhas ou vulneráveis, que precisam de ficar em casa devido à pandemia de COVID-19.

Para ser voluntário é preciso ser aluno de Medicina Veterinária ou Enfermagem Veterinária, entre outros requisitos necessários à prevenção da infeção.

Inscreva-se aqui!

4

Bolsa de voluntários da Ordem dos Biólogos

A Ordem dos Biólogos criou uma bolsa de voluntários para realizar testes de diagnóstico em laboratórios de diagnóstico de todo o país que, ou porque têm funcionários em quarentena ou porque alguns dos funcionários têm que permanecer em casa para acompanhar filhos menores cujos infantários, creches ou escolas fecharam, estejam com dificuldades em manter o funcionamento dos seus serviços.

Inscreva-se aqui!

5

Eu Voluntario-me

É uma plataforma que serve para facilitar e tornar mais célere o processo de angariação e recrutamento para trabalho voluntário durante a pandemia

A plataforma propõe reunir num só local todas as pessoas que não pertençam a um grupo de risco nem vivam com pessoas de um grupo de risco, e estão disponíveis para colaborar, nas mais diversas tarefas, com as organizações públicas e privadas que estão na frente de combate da atual pandemia.

Isto permite que os voluntários, com uma só inscrição, se disponibilizem a contribuir com várias instituições. Por outro lado permite que as instituições, face a uma urgência, possam contactar diretamente com as pessoas disponíveis.

Inscreva-se aqui!

6

Tech4Covid19

Este movimento foi criado por um grupo de fundadores da comunidade tecnológica portuguesa e reúne mais de 2000 empreendedores e profissionais de startups portuguesas, com o objectivo de usar a tecnologia para combater o surto de COVID-19, estando neste momento a colaborar com o Governo para minimizar os efeitos da propagação do vírus.

Inscreva-se aqui!

7

Acolhe um Herói

Tem uma casa vazia e quer ajudar? Médicos, enfermeiros, auxiliares de saúde e outros profissionais de saúde, com receio de serem infetados e transmitirem o vírus à família ou pessoas com quem partilham o espaço, precisam de um local onde se possam manter em isolamento e dormir.

Inscreva-se aqui!

Veja também

Para descomplicar a informação

As informações sobre os temas que envolvem o impacto social do novo Coronavírus são dinâmicas e constantemente atualizadas. Por isso, os conteúdos publicados nesta secção não devem substituir a consulta com profissionais e especialistas, tanto da saúde como do direito e temas afins.