Luísa Santos
Luísa Santos
26 Jul, 2019 - 12:27
Xiaomi Mi Band 4: tanto por tão pouco

Xiaomi Mi Band 4: tanto por tão pouco

Luísa Santos

A Xiaomi Mi Band 4 é o verdadeiro update na família de smartbands chinesa. Com mais funcionalidades, um novo design e um preço muito competitivo.

O artigo continua após o anúncio

As pulseiras inteligentes e os smartwatches são o parceiro ideal para uma vida saudável. Se sempre quis uma, mas não quer investir centenas de euros no acessório, então apresentamos-lhe a Xiaomi Mi Band 4, uma smartband muito completa e pronta para monitorizar o seu dia-a-dia.

Xiaomi Mi Band 4: novo design, mais funções e o mesmo preço

A Xiaomi voltou a inovar ao lançar no mercado uma nova versão da sua pulseira inteligente mais bem sucedida: a Xiaomi Mi Band 4. Esta é, sem dúvida, a melhor opção para quem procura uma smartband a um preço justo e com todas as funcionalidades necessárias.

xiaomi mi band 4

Fonte da Imagem: Xiaomi/Divulgação

Design e construção

Esta é uma das grandes novidades no movo modelo da marca chinesa. Para além de estar disponível em mais cores, bem divertidas, o visor foi melhorado e funciona, agora, a cores. Mantém-se a pulseira de silicone (que pode ser trocada a qualquer altura), o método de encaixe e o sensor de frequência cardíaca embutido. As restantes novidades estão nas várias componentes – internas incluídas.

Ecrã

O visor é maior e, digamos, muito melhor do que o da Xiaomi Mi Band 3, a anterior versão. Contamos agora com um ecrã touch AMOLED a cores que, segundo a marca, é 39,9% mais largo e brilhante do que todas as pulseiras anteriores.

O visor tem 0.95” e acompanha o design da smartband de forma perfeita, permitindo um encaixe confortável e suficientemente abrangente para todas as funcionalidades que a acompanham. A resolução é de 120 x 240, com profundidade de cor de 24 bit.

A par daquilo que tem vindo a acontecer com as restantes pulseiras, também a Xiaomi Mi Band 4 tem um botão touch central, na parte inferior do visor, que ativa a smartband sempre que é preciso. Ainda assim, todo o ecrã permanece tátil, não sendo esta vantagem exclusiva do botão.

Memória

Não se deixe enganar porque, apesar do tamanho, também esta Mi Band tem a sua capacidade (confortável) de memória. É claro que não se compara à de outros smartwatches, mas a verdade é que, a memória que esta pulseira Xiaomi tem, é mais do que suficiente para as suas funcionalidades.

O artigo continua após o anúncio

Mas falemos de números: são 512KB de memória RAM e 16MB de memória interna, que bastam para guardar todos os seus registos de atividade. Não se esqueça que, mesmo que ocupe o espaço de armazenamento disponível, pode sempre emparelhar a pulseira com o smartphone para libertar esse espaço.

xiaomi mi band 4

Fonte da Imagem: Xiaomi/Divulgação

Conectividade

A Xiaomi Mi Band 4 tem conectividade wireless BT5.0 BLE e também Bluetooth. Aliás, só assim se torna possível a conexão com um dispositivo móvel. Para esse, existe também uma aplicação dedicada (a Mi Fit) que lhe permite ter uma visão mais abrangente de todos os seus dados e registos – de uma forma muito mais completa e dinâmica.

Bateria

Este é um dos maiores updates em relação à pulseira anterior. A nova Mi Band tem uma bateria de 135 mAh, que carrega totalmente em mens de 2 horas. Se estiver em modo standby, esta pulseira inteligente “aguenta” até 20 dias de utilização sem precisar de novo carregamento.

Funções

A Xiaomi Mi Band 4 tem 6 modos de desporto diferentes: caminhada em passadeira, exercício, corrida exterior, bicicleta, caminhada exterior e natação – já que é resistente à água até 50 metros de profundidade. Para além disso, a smartband oferece as funções básicas de qualquer outra, isto é, a contagem de passos, a distância percorrida e o número de calorias perdidas.

A monitorização diária de saúde é, sem dúvida, a sua maior vantagem e por isso recebeu outras melhorias. Assim sendo, agora é possível receber notificações quando acaba uma sessão de exercício, estabelecer objetivos (de quilómetros caminhados ou até de peso perdido), e monitorização de sono.

Na monitorização do ritmo cardíaco, várias funções foram acrescentadas, nomeadamente o registo diário do batimento global e em descanso. Pode também receber alertas de quando a frequência cardíaca está demasiado alta ou baixa.

Preço

Tudo isto, e muito mais, por apenas 34,90€. A Xiaomi Mi Band 4 já está disponível em todas as lojas.

O artigo continua após o anúncio

Veja também:

Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp