ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Ekonomista
Ekonomista
21 Dez, 2020 - 16:07

União Europeia aprovou vacina da Pfizer. Portugal arranca dia 27

Ekonomista

Como era esperado, a Europa aprovou a utilização da vacina da Pfizer-BionNTech contra a COVID-19. Ministra da Saúde diz que Portugal arranca no dia 27.

Frascos com vacina contra a COVID-19

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou esta segunda-feira a comercialização de emergência da vacina da BioNTech/Pfizer contra a COVID-19 nos 27 países da União Europeia (UE).

Numa conferência de imprensa, a diretora-executiva da EMA garantiu que a agência atuou de forma autónoma, orientando-se apenas “pela força das provas científicas, e nada mais”, deixando, deste modo, claro que não cedeu a qualquer pressão política.

“A vacina cumpre os exigentes padrões da EMA” e “mostra de forma convincente que os benefícios são maiores que os riscos”, acrescentou.

Cabe agora à Comissão Europeia aprovar a comercialização e administração da vacina, o que deverá acontecer dentro de 48 horas, permitindo assim que a campanha de vacinação arranque nos Estados-membros a partir de 27 de dezembro, como já tinha sido anunciado pela Presidente da Comissão, Ursula von der Leyen.

A vacina desenvolvida conjuntamente pelos laboratórios Pfizer e BioNTech é a primeira a ser aprovada para utilização na UE. Recorde-se que esta vacina já começou a ser administrada noutros países, como por exemplo no Reino Unido, Estados Unidos ou Canadá.

É oficial: vacinação em Portugal começa a 27 de dezembro

Depois de conhecida a decisão da EMA, e em linha com as diretivas europeia para a vacinação, a ministra da Saúde confirmou o início da vacinação em Portugal a 27 de dezembro.

“Dia 27 estamos prontos para iniciar a administração de vacinas. Os meios técnicos e setores têm estado a trabalhar em articulação”, disse esta segunda-feira numa conferência de imprensa.

Marta Temido informou ainda que a entrega dos primeiros lotes da vacina está marcada para dia 26 de dezembro e voltou a recordar que os profissionais de saúde de cinco centros hospitalares do SNS vão ser os primeiros a ser vacinados.

Esses hospitais são os seguintes: Centro Hospitalar Universitário de São João, Centro Hospitalar do Porto, Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte e Centro Hospitalar Lisboa Central.

Veja também