Ana Graça
Ana Graça
13 Jul, 2018 - 09:30
Saiba quais são os alimentos a evitar na amamentação

Saiba quais são os alimentos a evitar na amamentação

Ana Graça

A alimentação da mãe influencia o leite materno. Mas será que isso pode influenciar o bebé e será que existem alimentos a evitar na amamentação?

O artigo continua após o anúncio

Durante a amamentação muitas mães alteram a sua dieta com o objetivo de melhorar a qualidade do seu leite, mas será que existem mesmo alimentos a evitar na amamentação?

Alimentos a evitar na amamentação: importância do aleitamento materno

O aleitamento materno é uma forma acessível e adequada de alimentação, e é recomendado em exclusivo durante os primeiros 6 meses de vida do bebé. Após este período as crianças devem iniciar a diversificação da alimentação.

O aleitamento materno tem inúmeras vantagens quer para o bebé quer para a recém-mamã, nomeadamente:

  • reduz o risco de infeções no bebé (gastroenterite; otite média aguda);
  • reduz as alergias;
  • reforça a vinculação mãe-bebé;
  • diminui o risco materno de cancro da mama e do ovário;
  • potencia uma recuperação mais precoce do peso anterior à gravidez.
Importância do aleitamento materno

Alimentação da recém-mamã e amamentação

O leite materno tem a enorme vantagem de ser um alimento dinâmico, ou seja, é um alimento que se adapta às diferentes fases de crescimento do bebé. Desta forma, o bebé é sempre alimentado da maneira mais adequada. Mas será que a alimentação da mãe influencia o sabor, as cólicas e o bem-estar geral? Existem realmente alimentos a evitar na amamentação? Vamos descobrir!

O sabor do leite difere conforme a alimentação da mãe?

É sabido que a alimentação da mãe influencia a composição do leite materno, o que faz com que o leite adquira diferentes cheiros e sabores. Isto permite que o bebé conheça uma grande variedade de sabores, estimulando o desenvolvimento do paladar. A diferença de sabores do leite facilita a aceitação da alimentação ao longo da vida.

A ingestão de alimentos potencialmente mais alergénicos deve ser evitada?

Esta é uma preocupação comum nas recém-mamãs, que têm medo que estes alimentos possam passar através do leite para o bebé e induzir algum tipo de reação alérgica. Contudo, várias investigações têm vindo a mostrar o oposto, ou seja, o leite materno tem um conjunto de partículas que diminuem a probabilidade do bebé fazer reações alérgicas.

Qual a relação entre a alimentação da mãe e as cólicas do bebé?

É frequente ouvirmos dizer que as mamãs que amamentam não devem comer alimentos que lhes provoquem cólicas, de forma a não provocar cólicas aos seus bebés. Mais uma vez, os estudos têm demonstrado o contrário.

O componente dos alimentos que provoca cólicas são as fibras, que são um nutriente que o ser humano não consegue absorver. Não sendo absorvidas acumulam-se nos intestinos e levam à produção de gases e ao desconforto. Contudo, se permanecem no intestino, é completamente impossível que passem para o leite, logo não têm qualquer efeito nos bebés.

O artigo continua após o anúncio

Existem alimentos a evitar na amamentação?

Várias recém-mamãs alteram a sua dieta durante a amamentação restringindo alguns alimentos, nomeadamente: chocolate; enchidos;  conservas; feijão; laranjas. No entanto, o que a evidência científica nos diz é que não existem alimentos a evitar na amamentação, com a excepção das bebidas alcoólicas, que devem ser abolidas e das bebidas com cafeína, que devem efetivamente sem evitadas.

Assim sendo, as mães que amamentam podem e devem comer de tudo, não devem fazer dietas restritivas e devem sempre tentar fazer uma alimentação o mais variada e saudável possível.

As recomendações por parte das principais sociedades científicas internacionais vão de encontro à não limitação da dieta materna na amamentação, já que esta reduz a experiência de sabores a que é exposto o bebé. Todavia, ninguém conhece melhor o seu bebé! E se nota que alguma reação no seu filhote pode ser devida à alimentação não hesite em contactar o pediatra que o acompanha.

Veja também: