Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Ana Graça
Ana Graça
28 Set, 2018 - 11:00

Saiba tudo sobre a ambliopia e proteja a visão do seu filho

Ana Graça

A ambliopia, também conhecida como olho preguiçoso, normalmente afeta apenas a visão de um dos olhos e quando detetada precocemente há tratamento eficaz.

Saiba tudo sobre a ambliopia e proteja a visão do seu filho

A ambliopia é considerada a causa mais frequente de perda de visão monocular entre os 20 e os 70 anos. Vamos conhecer melhor esta patologia!

O que é a ambliopia?

A ambliopia consiste na diminuição unilateral (ou mais raramente bilateral) da acuidade visual, não suscetível de ser melhorada com correção refrativa, na ausência de uma anomalia estrutural do globo ocular. Um olho amblíope é aquele cuja acuidade visual é inferior à de um olho considerado normal em pelo menos duas linhas numa escala subjetiva da medição da visão.

A visão é um processo contínuo, que se inicia ao nascimento, e que tem um tempo próprio de desenvolvimento (período crítico) no qual toda a estrutura cerebral que intervém ao nível da visão tem a capacidade de se modificar em função da qualidade do estímulo (qualidade da imagem) que lhe chega através da via ótica.

Mais do que apenas uma diminuição da acuidade visual, a ambliopia é uma disfunção de todo o processamento visual. É um fenómeno sobretudo cerebral, que resulta de uma experiência visual anormal durante o período crítico de desenvolvimento (primeiros anos de vida), devido à captação de imagens de má qualidade ao nível da estrutura ocular.

Dito de forma simplificada, os nossos olhos enviam imagens através da retina para o nosso cérebro, que as interpreta. Na ambliopia, o cérebro recebe duas imagens diferentes da mesma coisa e, como não consegue fundi-las, vai suprimir a que está pior (a que foi enviada pelo olho amblíope) e vai ficar apenas com a outra (a que foi enviada pelo olho não amblíope).

Para além da diminuição da acuidade visual, a ambliopia pode prejudicar outras capacidades da função visual, como por exemplo: diminuição da velocidade de leitura; perda de visão tridimensional; diminuição da sensibilidade ao contraste; distorção espacial das formas; alterações da perceção do contorno das imagens.

a ambliopia é a disfunção de todo o processamento visual

Quais as causas da ambliopia?

Existem 3 causas principais de ambliopia:

1) Anisometropia (diferença de graduação entre os olhos);

2) Estrabismo;

3) Obstrução do eixo visual (por glaucoma ou catarata congénita).

Importa referir que a anisometropia e o estrabismo são responsáveis por 99% das causas de ambliopia.

O diagnóstico de ambliopia é simples para qualquer médico oftalmologista e o exame oftalmológico completo permite não só identificar a diminuição da acuidade visual mas também a sua causa. As causas da ambliopia são importantes de apurar e o tratamento pode ser realizado até aos 7 ou 8 anos. A recuperação é tanto mais fácil e rápida quanto menor for a idade em que se inicia.

Importa ressalvar que, por ser um problema que afeta maioritariamente as crianças, os sintomas da doença podem ser difíceis de perceber, já que a criança pode não verbalizar queixas. É importante que a criança seja acompanhada de perto pelo pediatra e que a primeira consulta de oftalmologia não seja realizada tardiamente.

A ambliopia tem tratamento eficaz?

tratamento da ambliopia

O tratamento da ambliopia deve ser personalizado de acordo com a sua causa, a sua gravidade e a idade da criança. Geralmente é simples de tratar, embora possa levar algum tempo. No entanto, se não for tratada, a visão pode ficar permanentemente comprometida.

As opções de tratamento são várias e devem ser prescritas por um médico oftalmologista. Algumas das medidas utilizadas passam por utilizar óculos com lentes específicas para corrigir o foco do olho mais fraco ou tapar o olho saudável por algum tempo, de modo a fortalecer o olho afetado.

Veja também: