Catarina Mesquita
Catarina Mesquita
04 Mai, 2018 - 10:00
Aprender as cores: 4 dicas para ajudar as crianças

Aprender as cores: 4 dicas para ajudar as crianças

Catarina Mesquita

Aprender as cores constitui um passo importante nas primeiras aprendizagens de qualquer criança. Saiba como ajudar os mais novos nesta tarefa.

O artigo continua após o anúncio

Aprender as cores é uma atividade que promove o desenvolvimento de capacidades essenciais na infância. Na verdade, quando uma criança pinta e explora as cores, trabalha áreas tão diversas como a coordenação, a concentração, a capacidade motora, a expressão, entre outras. Efetivamente, usar as cores a pintar é uma experiência através da qual a criança transpõe para o papel, por exemplo, a forma como observa o mundo ao seu redor.

É, na verdade, possível ensinar as cores desde cedo a uma criança. Por volta dos dois anos de idade, uma criança consegue aprender as cores e criar ligações no seu cérebro que lhe permitem identificá-las. Mas, como podem as crianças aprender as cores? Confira as dicas que lhe deixamos de seguida.

4 dicas para a criança aprender as cores

aprender as cores

1. Usar a cor associada a um objeto

Por exemplo, se estiver a dizer banana, diga: isto é uma banana e tem a cor amarela. Lembre-se de que quantos mais exemplos diferentes da mesma cor apresentar a uma criança, mais facilmente ela entenderá o que lhe quer transmitir.

2. Saber que utilizar a linguagem verbal nem sempre será a escolha certa

Na verdade, a criança começa por conseguir apontar uma cor antes de a conseguir dizer. Portanto, mostrar em vez de verbalizar, poderá ser uma forma de começar a ensinar as cores à criança ainda muito pequena. As crianças conseguem, de facto, entender as cores desde cerca dos quatro meses, mas demoram um pouco mais para associar nome de uma cor a essa característica num objeto.

3. Comece pelas cores básicas e vá acrescentando novas gradualmente

Comece por ensinar as cores básicas: azul, vermelho, amarelo, preto, branco. Depois, gradualmente, vá juntando outras cores. A cada semana poderá juntar a este conjunto uma cor nova. Pode fazer, por exemplo, a semana da cor laranja, depois a semana da cor rosa, e assim por sucessivamente.

4. Apresente à criança vários formatos onde surja uma dada cor

Efetivamente, se usar mais formatos onde aparece a mesma cor, como diferentes texturas, será mais fácil para a criança memorizar as cores.

Estas são dicas importantes que deverão ser usadas para que uma criança possa aprender as cores desde a mais tenra idade. São ideias práticas que, como pai ou mãe, deverá ter em consideração quando explorar este tema, nunca perdendo de vista a ideia de que cada criança tem o seu ritmo próprio de aprendizagem, e que o mesmo deve ser respeitado por todos os intervenientes no seu processo educativo.

Veja também:

O artigo continua após o anúncio