Publicidade:

Saiba como combater a febre de uma vez por todas

Seja baixa ou alta é sempre uma dor de cabeça, especialmente porque costuma ser sintoma de algo mais grave. Descubra agora como combater a febre.

Saiba como combater a febre de uma vez por todas
Aprenda a livrar-se deste problema

Dores no corpo, olhos pesados e fadiga fora do normal. Reconhece este cenário, certo? Estes são os sinais que costumam indicar que aí vem um episódio de febre, geralmente capaz de o deixar num estado que o obriga a ficar em casa para não correr o risco de piorar. Aquilo que pode não saber é que o aumento da temperatura corporal não se trata de uma doença por si só mas sim de um sintoma de algum problema, que pode ir desde uma gripe até uma gastroenterite, e que costuma vir acompanhado de outros sinais de alerta. Por isso mesmo, é importante que saiba como pode combater a febre para se sentir novamente saudável o mais rápido possível.

Posto isto, é crucial que perceba que o seu corpo não cria febre sem uma causa específica e significativa, pelo que não deve nunca ignorar este sintoma. Assim, sempre que desconfiar de um episódio de aumento de temperatura no seu corpo, deve fazer a medição recorrendo a um termómetro para que não existam dúvidas – isto significa que não deve medicar-se sem antes ter a confirmação através deste método. Tome agora nota das dicas que pode utilizar para resolver o problema.

Combater a febre: os melhores métodos


saiba como combater a febre

A febre é um dos sinais clínicos mais comuns e frequentes no ser humano, caracterizando-se pelo aumento repentino e anormal da temperatura corporal. Contudo, não deve ser vista como um problema por si só, já que é um sintoma que alerta para o facto de algo não estar bem no nosso organismo.

Em média, a temperatura normal do corpo humano oscila entre os 36ºC e os 37,5ºC, sendo que estes valores variam de pessoa para pessoa. No entanto, até a mesma pessoa pode apresentar oscilações de temperatura de acordo com a altura do dia ou com o ambiente em que se encontram.

Claro está que a febre tem também um efeito distinto nas diferentes pessoas: em alguns casos 37,5º C podem já originar um grande mau estar e dores; outros indivíduos podem nem se aperceber desta subida de temperatura. A verdade é que a reação depende, em muito, daquela que é a temperatura corporal média da pessoa em causa.

Importa referir que é extremamente raro que a febre apareça isoladamente. Geralmente, faz-se acompanhar por outros sintomas, como dores corporais, dores de cabeça, fadiga, suores e calafrios, entre outros. Em casos mais graves, esta subida de temperatura pode mesmo originar convulsões ou alucinações, pelo que é necessário monitorizar com atenção todo o episódio.

Ora, posto isto, não admira que toda a gente queira ver-se livre deste problema o mais rápido possível. Conheça as melhores técnicas para se sentir novamente bem.

6 dicas para combater a febre


1. Ficar em repouso

Pode parecer óbvio mas vale a pena relembrar: deve mesmo repousar para combater a febre. O aumento da temperatura corporal acelera os batimentos cardíacos, o que provoca um gasto de energia maior e pode sobrecarregar o organismo, pelo que o descanso é imperativo. Neste sentido, deve também evitar qualquer tipo de atividades que envolvam esforço ou energia.

2. Utilizar compressas frias

É uma das melhores ideias para combater a febre. Utilizar uma toalha húmida com água fria ou uma bolsa térmica na cabeça, tronco e membros vai ajudar a baixar a temperatura do corpo. Contudo, é preciso atenção à temperatura a que expõe o seu corpo e pele, uma vez que que o contacto com algo muito frio pode fazer com que se sinta mal.

3. Manter-se hidratado

Esta é, sem dúvida, uma das dicas mais importantes: deve beber muitos líquidos para garantir que se mantém hidratado e que baixa a temperatura corporal. A realidade é que, em muitos casos, a febre provoca desidratação, pelo que é necessária uma reposição.

4. Alimentar-se de forma equilibrada

É importante que faça uma dieta equilibrada, leve e de fácil digestão. O gasto calórico aumenta durante um episódio febril, pelo que uma boa alimentação garantirá uma melhoria mais rápida e conseguirá prevenir outros problemas.

5. Optar por banhos mornos

Pode parecer estranho mas tem mesmo de ter atenção à temperatura da água com que toma banho – e do ambiente à sua volta, na verdade. Acontece que a água fria poderá aumentar a frequência cardíaca e, claro, a água muito quente contraria o seu objetivo de baixar a temperatura corporal. Já a duração do banho é determinada pela sua preferência, não existindo uma regra estabelecida.

6. Recorrer a medicação

Para curar a febre é muito importante compreender o motivo que está na sua origem. De outra forma qualquer medicamento que escolha poderá ser o incorreto e provocar outro tipo de problemas de saúde. Importa, contudo, referir que o paracetamol é o medicamento mais utilizado no controlo da febre.

Numa primeira fase, o ideal será procurar evitar os fármacos, especialmente se a temperatura não for muito elevada. No entanto, caso se verifiquem valores acima dos 38,5º C talvez seja melhor atacar o problema com medicação para garantir uma cura mais rápida e evitar todo o desconforto associado a este sintoma. No entanto, antes deve consultar o seu médico para compreender a causa do seu estado febril.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.