13 boas dicas para quem quer um animal de estimação

Tome nota das nossas 13 dicas para quem quer um animal de estimação e torne-se num melhor dono para o seu animal de companhia.

“sponsored by fidelidade”
13 boas dicas para quem quer um animal de estimação
Dicas essenciais para quem quer ter um animal de companhia

Se quer ter um cão, gato, peixe, pássaro, coelho… Certamente que as seguintes 13 dicas para quem quer um animal de estimação lhe vão ser muito úteis. Quando se tem a responsabilidade de tratar de um animal, seja ele qual for, há cuidados que não devem ser descurados e que se devem ter em conta.

Por isso, e para que nada lhe escape na hora de tratar do seu melhor amigo, ponha em prática as nossas super dicas e, quando for a altura, faça o seu amigo patudo mais feliz.

13 dicas para quem quer um animal de estimação: tome nota!


Como poupar nas despesas do veterinário: 7 dicas

1. Preste atenção à saúde do animal

Leve o seu animal ao veterinário, pelo menos uma vez por ano, para ele fazer um check-up geral. Além disso, deve manter sempre “debaixo de olho” o calendário das vacinas obrigatórias e das vacinas secundárias, quer tenha um cão ou um gato. Fora destes procedimentos de rotina, esteja sempre atento a sinais ou sintomas que o seu animal lhe dê de eventuais dores ou incómodos.

Saiba aqui como poupar nas despesas do veterinário >>

2. Evite a proliferação de parasitas

As pulgas e as carraças são uma ameaça, especialmente para os cães. Além de provocar comichão no animal, os parasitas podem gerar doenças, algumas das quais transmissíveis aos humanos. Portanto, se tem um amigo de quatro patas, trate de dar-lhe um desparasitante adequado e evite infestações.

3. Ofereça uma alimentação saudável

Cada animal é diferente, por isso, informe-se junto do veterinário sobre qual o melhor alimento a dar ao seu animal de estimação, ou seja, qual o melhor tipo de ração, quantidade e número de refeições por dia. Uma dieta saudável é sinónimo de um animal saudável e equilibrado.

Naturalmente que quando se fala em comida, fala-se também em água. A hidratação é fundamental, portanto troque a água todos os dias, principalmente no verão, garantindo que o seu animal tem sempre água fresca à disposição.

Alimentação húmida ou seca: qual a melhor opção? Descubra aqui >>

Alimentação húmida ou seca: qual a indicada para o seu animal?

4. Limpe os dentes do animal

Desde pequeno, ponha em prática uma rotina de higiene oral no seu animal, de forma a evitar doenças periodontais. Existem pastas dentífricas específicas para animais, assim como snacks mastigáveis que também ajudam a evitar problemas como a gengivite ou o tártaro. Para evitar males maiores, faça desta limpeza uma prática diária.

Saiba mais sobre destartarização em cães >>

5. Castre

Embora esta não seja uma regra, nem um conselho para todos os casos, é certo que a castração evita alguns problemas como gravidez indesejada (muito comum nas gatas); fugas ou lutas, em animais mais agressivos; e reduz as probabilidades de algumas doenças, tais como cancros de mama, de ovário e de testículos. Todavia, os animais castrados apresentam tendência para engordar e ficar mesmo obesos. Portanto, controle bem a sua dieta.

6. Coloque o chip

Mesmo que o seu animal esteja sempre em casa e, quando sai, o passeia de coleira, é sempre possível haver um acidente e o seu animal acabar por escapar ou, até, ser roubado. O chip ajuda muito na localização do animal e, por isso, se é um dono que gosta de estar prevenido, esta é mesmo a melhor opção. Todavia, se prefere uma solução mais simples e acessível, então coloque na coleira do animal uma pequena chapa com os seus dados de contacto, de modo a que lhe possam ligar, caso alguém encontre o seu animal.

dar anho ao cão

7. Dê banho e escove

A higiene do animal é fundamental e, claro, que ela varia de acordo com a época do ano, o tipo de pelo do animal, as atividades que ele pratica e, até, a idade que ele tem. Para os banhos, use sempre um champô específico para animais e, após a lavagem, não se esqueça de secar bem o pelo, aproveitando também para o escovar.

Tudo o que precisa saber sobre como dar banho ao cão >>

8. Brinque com o animal

Qualquer animal precisa de atenção. Portanto, se tem um animal, não se esqueça de despender algum tempo por dia para cuidar dele, passeá-lo e, claro, brincar. Uma bola pode ser um objeto mais do que suficiente para brincar com uma série de animais, seja cão, seja gato. Contudo, há já no mercado uma panóplia de brinquedos para cães e para gatos que vale a pena conhecer.

9. Passeie o animal

E a nona listada nas nossas sugestões de dicas para quem quer um animal de estimação é especialmente dedicada aos apaixonados por cães. Na verdade, a generalidade dos animais – sejam eles de porte pequeno, médio ou grande – adora passear e muitos deles precisam mesmo de fazer caminhadas diárias para se exercitarem fisicamente e despenderem energia. Se vai ter um canino, os passeios diários dão absolutamente fundamentais. Tenha isso em conta.

Passeie com o seu animal e aproveite para se exercitar, enquanto o seu animal fortalece os músculos e ambos têm um momento divertido e relaxante, que pode ser intercalado por algumas brincadeiras, como lançar uma bola para o seu cão ir apanhar.

Veja as nossas dicas para passear o cão >>

Quanto custa ter um cão? Calculamos por si

10. Treine o animal

Treinar o animal desde pequeno é uma obrigação de qualquer dono. Impôr-lhe certos limites, irá tornar o seu animal mais feliz e mantê-lo-á mais seguro. Use o reforço positivo para o educar e, se necessitar, procure apoio especializado. Note que caso o seu animal ingresse numa escola de treino, em casa deve manter as mesmas regras da escola, pois só assim o treino será eficaz.

11. Socialize o animal

Desde pequeno, tente que o seu animal se relacione tanto com pessoas, como com outros animais, evitando comportamentos de timidez ou agressividade. Se o animal for habituado, desde cedo, a este género de convívio, é mais fácil garantir que terá um cão adulto sociável, quanto baste.

12. Não deixe o animal sozinho

Os animais de estimação são, também, conhecidos por animais de companhia. Ou seja, são animais que fazem companhia, mas que também querem e precisam de ter companhia. Portanto, o animal não deve passar muitas horas sozinho. Coloque-o num centro de treino, numa creche para animais ou contrate os serviços de um cuidador de animais de modo a garantir que o seu amigo não fica horas e horas só.

13. Tenha paciência e disciplina

Ter um animal feliz pressupõe disciplina, regras e educação, mas também muita paciência para tolerar as pequenas asneiras que qualquer animal sempre faz. Portanto, nunca se esqueça de equilibrar estes sentimentos e dar muito amor e carinho ao seu animal de companhia.

Estas são as nossas super dicas para quem quer um animal de estimação. Pratique uma a uma e verá como a relação com o seu animal de companhia será ainda melhor.

Nunca se esqueça que, a partir do momento em que leva para casa um animal de companhia, tem a seu cargo um ser vivo que depende de si e que está nas suas mãos protegê-lo e mantê-lo seguro, saudável e, acima de tudo, feliz. Portanto, guarde estas nossas sugestões e torne-se num dono ainda mais atento e presente. O seu animal irá, certamente, agradecer-lhe.

Veja também: