Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
27 Dez, 2018 - 10:33

Reforço positivo em cães e gatos: tudo o que precisa de saber

Teresa Campos

O reforço positivo é um estímulo que pode ser usado em humanos e animais. Saiba como utilizá-lo no treino do seu cão ou gato. Ora, ponha já em prática!

Reforço positivo em cães e gatos: tudo o que precisa de saber

Ultimamente, muito se tem falado em reforço positivo como estímulo tanto para humanos, como para animais. Se tem cães ou gatos e pretende treiná-los, então deve mesmo saber em que consiste o reforço positivo e como aplicá-lo na educação do seu animal de estimação.

Os métodos e técnicas que lhe apresentamos são bastante simples e fáceis de pôr em prática. Portanto, não adie mais a sua aplicação prática e trate de treinar o seu animal de forma divertida e positiva.

Condicionamento operante: o que é o reforço positivo

No geral, o reforço positivo trata-se de um estímulo que surge na sequência de um dado comportamento e que, perante esse estímulo, é mais provável que se venha a repetir no futuro. Frente a um resultado favorável, a recompensa (reforço), leve a que esse comportamento particular seja reforçado, ou seja, repetido.

Outro aspeto importante e a ter em consideração é que o reforço positivo é mais eficaz se ocorrer imediatamente após o comportamento. Além disso, a recompensa só deve ser retirada quando o animal já tiver assimilado e interiorizado definitivamente a prática de determinado comportamento, ou seja, já não precisar de um estímulo positivo externo para o fazer. Não se esqueça, também, que as sessões de treino devem ser frequentes, mas curtas.

Treino positivo em cães e gatos

reforço positivo

O chamado treino positivo animal relaciona-se, precisamente, com o condicionamento operante que utiliza o reforço positivo. Tendo por base a explicação anterior sobre este conceito, podemos considerar que, no universo animal o reforço positivo tem por base a relação entre o comportamento do animal e a consequência que ele obtém desse mesmo comportamento. Se a recompensa for positiva, ou seja, agradável, ele tenderá a repetir o comportamento.

No fundo, este trata-se de um sistema de aprendizagem associativo, isto é, o animal associa comportamentos a consequências.

Objetivos

Este tipo de treino serve uma série de propósitos e é utilizado para as mais diversas finalidades, tais como:

  • Treino de obediência (básica e/ou avançado);
  • Treino de cães de trabalho (deteção de drogas e explosivos, terapia assistida com animais, etc):
  • Treino desportivo (agility, etc);
  • Habilidades caninas:
  • Correção de comportamentos problemáticos e indesejáveis.

Tipos de reforços

Há vários reforços possíveis. Fundamental é que a recompensa seja atrativa e estimulante para o animal. Uma carícia, um elogio, uma brincadeira, um alimento, deixá-lo farejar são, apenas, alguns exemplos de reforços que os animais costumam apreciar, sobretudo os cães.

No caso dos “prémios” alimentares, há que ter alguns cuidados para não comprometer a dieta do animal, nem criar-lhe problemas gastrointestinais. Por essa razão, sugerem-se snacks de ingestão imediata, de mastigação fácil, passíveis de dosear e nutricionalmente equilibrados.

Vantagens deste método

  • É simples e fácil de pôr em prática;
  • Não implica castigos, nem violência;
  • Todos os membros da família podem participar no processo de educação do animal, mesmo os mais novos;
  • Trata-se de um método divertido tanto para o animal, como para o dono;
  • Estudos concluiram que o reforço positivo torna os animais mais obedientes e com menos problemas comportamentais.

3 técnicas de reforço positivo

reforço positivo

1. Luring

Esta técnica consiste em utilizar um pouco de comida como forma de levar o cão a fazer o que pretendemos, seja seguir-nos, sentar ou deitar.

2. Brincadeira

Os brinquedos podem ser uma boa forma de motivar o animal a ter um bom comportamento. Mostre ao animal que se ele quer a bola, por exemplo, ele terá primeiro de se sentar. Essa co-relação irá ajudar a educar o seu animal a ter os comportamentos que pretende.

3. Targeting

Neste método, o cão deve tocar com o nariz num alvo específico. Esta é uma técnica fundamental para o treino de obediência.

Dicas para treinos mais eficazes

  • Crie o máximo de experiências positivas ao animal;
  • Não reforce comportamentos indesejados;
  • Varie nas recompensas oferecidas durante os treinos;
  • Caso o seu cão esteja distraído, use uma recompensa diferente para captar a atenção do animal;
  • Evite objetos e sons que distraiam;
  • Não agite o animal, mantendo-o calmo;
  • Paciência é fundamental.

Treinos positivos em cães e gatos

Na generalidade das fontes, a referência a reforço ou treino positivos dá como exemplo o caso dos cães. Porém, estes mesmos métodos podem ser aplicados a gatos, até porque estudos indicam que os felinos apenas se deixam treinar mediante este tipo de reforço, já que reforços negativos como castigos ou gritos têm um efeito nefasto no gato. Portanto, se tem um felino, saiba que pode usar todas estas técnicas com ele.

Vários estudos têm vindo a mostrar os inúmeros benefícios e vantagens do reforço positivo, não só entre humanos, como também entre animais, especialmente de estimação.

Não importa se tem um cão ou um gato, pois ambas as espécies podem ser treinadas, desde que usando os estímulos certos. Agora que já tem todas as ferramentas, trate de pôr em prática os ensinamentos muito úteis que lhe deixámos e fazer do reforço positivo um lema para a sua vida e para o treino dos animais aí de casa.

Veja também