Publicidade:

Guia de viagem à Jamaica para umas férias incríveis

A ilha caribenha de Bob Marley é conhecida pelo estilo de vida descontraído. Neste guia de viagem à Jamaica, dizemos-lhe mais sobre este excelente destino.

Guia de viagem à Jamaica para umas férias incríveis
Praias de sonho, música e muito mais

Reggae, movimento rastafári, boas vibrações: sempre que pensamos na Jamaica vem-nos à mente a forma descontraída de viver dos jamaicanos, onde a música e a alegria estão sempre presentes. Neste Guia de Viagem à Jamaica mostramos-lhe, no entanto, que esta ilha caribenha é muito mais do que estas ideias feitas.

Possuidora de impressionantes maravilhas naturais, a Jamaica oferece excelentes praias, uma rica gastronomia e claro, um clima convidativo. Venha daí conhecer o país de Bob Marley e Usain Bolt.

Guia de férias para dias fantásticos na Jamaica

Alguns dados sobre a Jamaica

Jamaica, Caraíbas

A Jamaica faz parte do arquipélago conhecido como as Grandes Antilhas, juntamente com Cuba, Porto Rico e a ilha partilhada pelo Haiti e a República Dominicana. Tem cerca de 2 milhões e 800 mil habitantes e a sua capital é Kingston. A moeda oficial da Jamaica é o Dólar Jamaicano (JDL). À data deste artigo, 1 Euro equivalia a 15,739 JDL.

Apesar do seu estatuto de capital, a maior cidade jamaicana foi durante muito tempo evitada pelos turistas devido à sua má reputação. Nos últimos anos, as autoridades têm sido bem sucedidas na diminuição dos índices de criminalidade, e Kingston começa a fazer parte dos roteiros dos visitantes.

Hotel Riu Montego Bay

Fonte da imagem: riu.com

Montego Bay, Negril, Ocho Rios, Treasure Beach e Port Antonio são, no entanto, os locais mais procurados pelos turistas. Na sua viagem, não deixe de incluir o melhor da Jamaica: as suas praias paradisíacas; a sua cultura musical única; os seus segredos naturais – como florestas, grutas e cascatas impressionantes – e, por fim, a sua comida deliciosa.

Quando ir

Jamaica

A melhor altura para voar até à Jamaica é quando chove e faz frio em Portugal, entre dezembro e abril, uma vez que é quando chove menos na ilha. Esta é, no entanto, a época alta local, ou seja, quando os preços dos hotéis são mais elevados.

Pode por isso aproveitar para viajar noutra altura, até porque o clima tropical jamaicano faz com que o tempo seja sempre quente e as chuvas de curta duração, ainda que em julho e agosto o ambiente possa ser bastante húmido. Se puder, evite setembro e outubro devido à probabilidade de haver furacões.

O nível de precipitação, no entanto, varia bastante ao longo da ilha, por isso informe-se sobre as especificidades meteorológicas de cada local, antes de marcar as suas férias. Relativamente à água do mar, não tem com que se preocupar: varia entre 27ºC e 29º C ao longo dos doze meses do ano.

O que fazer e ver na Jamaica

Praia na Jamaica

Dedicar alguns dias à praia é obrigatório. A envolvente tropical das longas extensões de areia branca fina, ladeadas de água quente calma e cristalina, é irresistível. Nas praias e nos resorts não faltam propostas de atividades e entretenimento, com destaque para os desportos aquáticos.

Atividades aquáticas na Jamaica

Assim, não deixe de praticar algumas atividades náuticas, passeie pelas vilas e cidades mais próximas do seu hotel, desfrute de noite animadas e prove as especialidades locais. E reserve alguns dias para visitas e experiências memoráveis, como as que sugerimos de seguida.

Blue Hole – Ocho Rios

Blue Hole, Jamaica

A visitar com a ajuda de um guia local experiente, é um dos tesouros naturais da Jamaica. Trata-se de uma lagoa, de uma queda de água e de uma gruta: um ‘três em um’ de uma beleza rara, que os mais aventureiros não podem perder. Fica a 20 minutos do centro de Ocho Rios.

Blue Mountain

Planta do Café, Jamaica

A Montanha Azul é outra das maravilhas com que a Natureza brindou a Jamaica. No seu ponto mais alto fica a 2256 metros acima do nível do mar (para ter um termo de comparação, dizemos-lhe que a Serra da Estrela,  fica a 1993 metros).

Integre uma caminhada até ao cume da Blue Montain e se tiver a sorte de o dia estar límpido, poderá avistar Cuba. A fauna e a flora da montanha são ricas e atrativas, sendo o habitat da espécie da segunda maior borboleta do mundo. Nas suas encostas encontram-se algumas das plantações de café da ilha.

Praias de Negril

Jamaica

Na ponta oeste da ilha, Negril orgulha-se de possuir as praias mais cobiçadas da Jamaica. Estão a 90 km de Montego Bay e a cerca de 220 km da capital, Kingston. No total, são cerca de 8 km de areal semelhante ao do mais idílico postal do caribe.

Ricks Café, Jamaica

Aqui, não faltam bares e restaurantes onde passar bons momentos durante o dia – não perca o pôr-do-sol no Rick’s Café – bem como excelentes resorts onde poderá sediar a sua aventura na Jamaica.

Já agora, fica a nota de que as noites de Negril são famosas pela animação. Não se admire se for surpreendido por um concerto de rua, gratuito, de uma qualquer banda jamaicana conhecida. Deixe-se contagiar pelas good vibes e divirta-se.

Cataratas do Rio Dunn

Cascata em Ocho Rios, Jamaica

Mais uma atividade ligada à natureza por terras jamaicanas com fama mundial. Ficam perto de Ocho Rios e são uma sequência fabulosa de quedas de água e lagoas. O ideal é fazer-se orientar por um guia local e não se esqueça de levar roupa e calçado adequado para esta aventura.

Vídeo: YouTube/Jacek Zarzycki

Passeio de Barco pelo Black River

Trata-se de um interessante passeio ao longo de um dos maiores rios da Jamaica, muitas vezes combinado com a visita a uma destilaria de rum. O rum é das bebidas mais apreciadas na Jamaica sendo o rum produzido neste país o mais forte deste tipo de destilado.

Aves raras, como as garças branca e azul, crocodilos e outras espécies pouco vulgares são alguns dos atrativos desta experiência, que pode e deve incluir a visita às quedas de água YS.

Museu de Bob Marley

Museu de Bob Marley, Kingston

Fonte da imagem: elegantgates.com

Ainda que tenha falecido prematuramente em 1981, aos 36 anos, vítima de cancro, Bob Marley deixou um legado de elevado valor cultural. Ativista social e expoente máximo do estilo reggae, as suas músicas intemporais mantém o fascínio que as colocaram nos tops nos anos 60 e 70.

O seu álbum “Exodus”, de 1977, foi considerado o Álbum do Século pela revista Time e sua música “One Love” eleita Canção do Milénio pela BBC.

Se na sua viagem à Jamaica estiver prevista uma visita a Kingston, não deixe de visitar o museu dedicado ao artista, instalado na casa onde viveu nos últimos anos e onde não faltam objetos pessoais e muita informação sobre a sua vida e a sua carreira.

Vídeo: YouTube/Eagle Rock

O que comer

Jerk Chicken, prato típico da Jamaica

Já ouviu falar em “jerk”? Feito sobretudo com frango, é um prato jamaicano famoso, cujo segredo está no tempero e na marinada das carnes, com recurso a diversas especiarias.

Mas há muito mais para provar nesta ilha caribenha, cuja cozinha é o resultado de várias influências, desde os sabores do Sul dos EUA, aos da Europa, África e Ásia. Alguns pratos são bem curiosos e exigem comensais destemidos, ora veja:

  • Ackee and Salt fish (bacalhau cozinhado com diversos ingredientes, com destaque para o “ackee”, um fruto exótico local)
  • Bammy (Pão de mandioca)
  • Cassava Cake (Bolo de mandioca)
  • Red Peas Soup (Sopa de feijão vermelho)
  • Steamed Fish (Guisado de peixe)
  • Chicken Foot Soup (Sopa de patas de galinha, com diversos legumes e especiarias)
  • Cow Cod Soup (Sopa feita com testículos de touro)
  • Curried Goat (Caril de Cabra)
  • Salt Fish Rung Dung (bacalhau em redução de leite de coco)

O que evitar

Polícia jamaicana

Na Jamaica, se escolher umas férias de resort e não se aventurar sozinho em visitas e passeios, nomeadamente noturnos, não terá à partida qualquer problema de segurança, a não ser eventuais pequenos furtos.

Deve estar atento aos seus pertences e adotar os cuidados habituais, como não andar com a bolsa aberta, não abandonar bens pessoais na praia, por exemplo, e trancar a porta do quarto de hotel, estando ou não no interior da divisão.

No entanto, é sempre apetecível sair da redoma dos hotéis e contactar com a ‘Jamaica real’. Neste caso, convém redobrar a atenção e tomar algumas medidas. Não ande sozinho, nunca ande com muito dinheiro na carteira e evite usar o cartão de crédito – há notícia de fraudes em que os criminosos copiam o cartão e roubam o código.

cuidados de segurança a ter na Jamaica

Não é invulgar a abordagem aos turistas, seja para vender souvenirs, droga ou até atividades sexuais. Seja respeitoso, mas firme, perante uma proposta que não lhe interessa.

Em Kingston, apesar do crime ter diminuído significativamente nos últimos anos, há ainda zonas a evitar, como Trench Town, Mountain View, Cassava Piece, Arnett e Tivoli Gardens. O número de emergência é o 119.

Apesar de tudo, a maioria dos jamaicanos é boa onda, oferecendo hospitalidade, simpatia e disponibilidade para ajudar, fazendo desta ilha um excelente destino de férias. 

Veja também: