Publicidade:

Os 10 melhores Lamborghini de sempre

Sabia que a Lamborghini só construía tratores até Enzo Ferrari ter chamado “lavrador” a Ferruccio Lamborghini? Conheça os 10 melhores Lamborghini de sempre.

Os 10 melhores Lamborghini de sempre
A história da Lamborghini conta com mais de 50 anos de sucesso

Com 54 anos de história, a marca italiana é uma das fabricantes de automóveis de maior sucesso do mundo, e vamos agora conhecer os 10 melhores Lamborghini de sempre.

Reza a lenda que Ferruccio Lamborghini era um construtor de tratores muito bem sucedido na cidade de Sant’Agata Bolognese e que, como qualquer empresário italiano de sucesso, conduzia um Ferrari no seu dia-a-dia. Até que, durante uma revisão do seu carro, Ferruccio Lamborghini criticou a mecânica utilizada pela Ferrari nos automóveis, e Enzo Ferrari, proprietário e fundador da marca do cavalinho, não tardou em chamar “labrego” e “agricultor” ao Sr. Lamborghini, ao que este lhe respondeu “a partir de agora serei o teu rival e vou-te mostrar como fazer um carro à séria!”

Com pais criadores de touros, e sendo o próprio Ferruccio Lamborghini do signo touro, o logótipo da marca sempre teve na sua imagem um destes animais. No entanto, o empresário italiano, quando começou a fabricar também carros, decidiu atribuir nomes de touros históricos, possantes e imponentes a praticamente todos modelos de carros da Lamborghini.

Agora que conhecemos a história, só nos resta agradecer ao temperamento quente dos italianos, nomeadamente destes dois grandes empresários, por terem sido protagonistas de uma das histórias mais bonitas de sempre do mundo automobilístico, e por terem sido diretamente responsáveis por terem criado alguns dos melhores carros de sempre.

10 melhores Lamborghini de sempre

1. Lamborghini Miura

Considerado um dos carros mais bonitos de sempre, o Miura foi um dos carros mais importantes da Lamborghini, e também um dos carros mais importantes para a história do automobilismo, pois foi o primeiro supercarro de produção em série com o motor montado no centro do carro, característica até então só utilizada nos carros de corrida.

A Lamborghini provou com este carro que, utilizando o motor central, a distribuição de peso era distribuída de melhor forma pelos dois eixos, permitindo assim um ganho de performance substancial. O Miura serviu de tónica para todos os supercarros da era moderna, uma vez que praticamente todos usam esta configuração hoje em dia. Este carro era já uma lenda quando foi lançado, e continua a ser hoje em dia, estando avaliado em mais de 800.000€.

 

2. Lamborghini LM002

Este carro é considerado um dos mais feios de sempre, mas a sua historia é também muito importante, pois foi o primeiro SUV de alta performance que existiu, muito antes sequer dos SUV serem os “carros da moda”.

Este modelo foi pensado para ser um veículo militar e para servir as forças armadas dos Estados Unidos. No entanto, o protótipo militar nunca passou para a produção, e a Lamborghini reaproveitou o desenho e tentou produzir um todo o terreno super-poderoso, usando um potente motor V12.

O LM002 (Lamborghini Military 002) não foi bem encarado na altura e foram apenas produzidos 301 exemplares, tornando este carro num dos mais exóticos do mundo. Hoje em dia estão avaliados em mais de 300.000€.

 

3. Lamborghini Countach

Este era o supercarro que estava presente nos posters dos quartos de qualquer criança nos anos 80. No início, o seu design cheio de linhas retas e ângulos vincados parecia estranho aos olhos das pessoas, mas rapidamente a aerodinâmica começou a ter maior preponderância no mundo automóvel, e o Countach transformou-se num carro com tecnologia de ponta.

Foi um dos modelos da Lamborghini em produção durante mais tempo, tendo sido lançada uma versão comemorativa dos 25 anos do Countach em meados dos anos 90, e é por isso considerado um dos melhores Lamborghini de sempre. Os Countach valem ainda mais de 200.000€.

 

4. Lamborghini Diablo

Tal como o Countach era o supercarro de referência nos anos 80, a Lamborghini conseguiu repetir a proeza com o Diablo nos anos 90. A marca italiana pegou na receita do Countach, deu-lhe um toque mais suave às extremidades do carro, e apimentou ainda mais o motor V12 de 5.7L.

Foi decididamente nos anos 90, com a afirmação do Coutanch e o lançamento do Diablo, que a Lamborghini se vincou como o fabricante de supercarros a bater, pois ninguém ficava indiferente quando via ou ouvia um destes carros a passar nas ruas. Estes carros estão ainda avaliados em mais de 150.000€.

 

5. Lamborghini Murcielago SV

No início dos anos 2000, a Lamborghini foi comprada pela Audi, e o Murcielago foi o primeiro supercarro a ser produzido totalmente sob a alçada deste grupo. Esta fusão permitiu à Lamborghini manter o design característico e distintivo de qualquer modelo, mas adicionar o conhecimento e fiabilidade da engenharia alemã aos seus carros, tornando-os bastante mais fiáveis, práticos e usáveis no dia-a-dia.

No final da primeira década do século XXI, a Lamborghini lançava a versão “Super Veloce” do Murcielago, conhecida como SV. Este carro, para além de ter visto a capacidade do motor V12 aumentada de 6.2L para 6.5L, viu também algum peso ser retirado do carro. Foi ainda colocado um enorme spoiler traseiro, que torna este carro inconfundível do Murcielago “convencional”. Estão avaliados hoje em dia em mais de 550.000€, praticamente o dobro do valor de quando eram novos.

 

6. Lamborghini Reventón

O Reventón é um dos supercarros mais exóticos alguma vez construídos e é sem dúvida um dos melhores Lamborghini de sempre.

Após a Lamborghini ter sido comprada pela Audi, a marca italiana quis construir um modelo muito exclusivo que mostrasse as raízes da marca e a direção que esta pretendia tomar, e assim surgiu o Reventón. Fortemente inspirado na aviação militar, mais concretamente no avião caça F-22, e com um motor V12 que produzia 631 cavalos de potência, apenas foram construídos 10 exemplares coupé e 10 exemplares descapotáveis deste carro, valendo cada um deles mais de 2.000.000€!

 

7. Lamborghini Aventador S

Surgiu como o sucessor do Murcielago, mas nele é possível ver claramente a inspiração no Reventón. O Aventador é o atual supercarro da Lamborghini, e é também um dos mais vendidos no mundo, sendo inclusive um dos automóveis usados pela polícia do Dubai.

Este modelo surgiu pela primeira vez em 2011, mas recebeu várias críticas pela sua condução desconfortável e pouco prática. A maior parte dessas críticas recaía sobre as dimensões exageradas do carro e sobre a caixa de velocidades, que era lenta e parecia que dava um “coice” na cabeça aos passageiros sempre que engrenavam uma velocidade.

Por isso, em 2017, a Lamborghini decidiu introduzir uma versão S do Aventador, com uma caixa de velocidades totalmente revista, muito semelhante a uma caixa de dupla embraiagem, e introduziu também direção às rodas traseiras, diminuindo significativamente o raio de viragem deste carro, tornado-o bastante mais prático para uso diário. O potente V12 de 700 cavalos faz com que o Aventador acelere dos 0 aos 100 km/h em apenas 2.9 segundos, e quem o quiser comprar terá que desembolsar cerca de 400.000€.

 

8. Lamborghini Veneno

Este carro é tão extremo que nem sequer é legal para andar na estrada, mas é ainda assim um dos melhores Lamborghini de sempre. É também um dos mais exclusivos, com apenas 4 modelos a terem sido fabricados: um cinzento para o museu da Lamborghini, um verde, um branco e um vermelho, representado assim as cores da bandeira italiana.

Este carro foi desprovido de qualquer conforto e está totalmente pensado em atacar tempos em circuitos, contando na sua construção com magnésio e fibra de carbono em praticamente todo o lado. O motor é o mesmo que o utilizado no Aventador, modelo no qual o Veneno se inspira, mas foi melhorado para devitar 740 cavalos. Este carro, novo, custou a cada um dos seus donos mais de 3.500.000€!

 

9. Lamborghini Sesto Elemento

Se analisarmos a tabela periódica, constatamos que o sexto elemento é o carbono, e é nele que este carro é inspirado. O Sesto Elemento é totalmente fabricado em fibra de carbono: desde o chassis, à carroçaria, às jantes, aos bancos, ao voltante…

Felizmente, o que não é feito em carbono é o seu motor, e este é um ruidoso V10 de 5.2L “roubado” ao Huracán, que produz 580 cavalos, levando o Sesto Elemento dos 0 aos 100 mais rápido do que aquilo que demoramos a calcular o número de massa do Carbono, apenas 2.5 segundos! A produção foi limitada a apenas 20 unidades, e por isso este carro está avaliado em mais de 3.000.000€.

 

10. Lamborghini Centenario

O Centenario é o carro mais potente alguma vez produzido pela Lamborghini. Este modelo super agressivo e totalmente fabricado em fibra de carbono foi criado para comemorar o 100º aniversário de Ferruccio Lamborghini, fundador da marca italiana.

Com um motor V12 naturalmente aspirado que produz 770 cavalos, este carro consegue acelerar dos 0 aos 100 em apenas 2,8 segundos e atingir uma velocidade máxima de quase 360 km/h! Apenas 40 exemplares serão vendidos, e para já apenas uma mão cheia deles foi entregue, o que significa que o preço original de 2.800.000€ será facilmente duplicado no espaço de alguns anos.

 

Veja também:

Marvin Tortas Marvin Tortas

Licenciado em Ciências da Comunicação, homem do Norte, apaixonado por carros e com experiência em desporto automóvel. A seguir a mamã e papá, as palavras Ferrari, Mercedes, Audi e Fiat foram respetivamente as 3ª, 4ª, 5ª e 6ª palavras do seu vocabulário.

Também lhe pode interessar: