ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Afonso Aguiar
Afonso Aguiar
15 Abr, 2021 - 15:44

Sabe quantos Ferrari foram vendidos em Portugal em 2020?

Afonso Aguiar

O número de Ferrari vendidos em Portugal em 2020 é surpreendente. Aliás, apenas três marcas, todas elas de luxo, conseguiram aumentar o número de vendas.

Stand Ferrari Dubai

Faz ideia de quantos foram os Ferrari vendidos em Portugal em 2020?

O ano de 2020 foi difícil para a indústria automóvel. Fruto da pandemia provocada pela COVID-19, em Portugal houve decréscimo de 33.3% no número de veículos vendidos. Curiosamente, apenas dois segmentos contornarem o saldo negativo: os automóveis elétricos e algumas marcas do segmento de luxo.

A par da Porsche e da Aston Martin, a marca do cavalo rampante foi uma delas, conseguindo aumentar o número de Ferrari vendidos em Portugal.

No entanto, no cômputo geral, as setes marcas de luxo venderam menos 20% em 2020 do que em 2019. Ainda assim, comparativamente ao restante mercado automóvel, excetuando os veículos elétricos, é uma considerável melhoria.

Portanto, sem mais demoras, utilizando os dados da ACAP, vamos descobrir o número de Ferrari vendidos em Portugal em 2020 e também das restantes marcas de luxo.

Carros de luxo vendidos em Portugal em 2020

Crescimento na Ferrari, Porsche e Aston Martin

No ano de 2020, a Ferrari conseguiu aproximar-se do seu recorde nacional de 31 unidades vendidas, comercializando 30 novas matrículas. Isso corresponde a um aumento de 15,4% ou mais quatro unidades, do que em 2019.

No entanto, apesar do crescimento da Ferrari e de ter sido a marca que mais evoluiu entre os dois anos, também a Porsche e a Aston Martin conseguiram valores positivos.

A marca alemã vendeu 831 unidades em 2020. Comparando com os números de 2019, ano em que foram comercializadas 749 viaturas, houve um aumento de 10.9%.

Já a Aston Martin passou dos seis automóveis vendidos em 2019 para os sete em 2020. Tendo em conta que só vendeu mais uma viatura, seria injusto comparar o aumento percentual com as outras duas marcas.

Ainda assim, houve um aumento de 16.6%, o que significa que se olhássemos só à diferença percentual, o crescimento da marca britânica tinha sido ainda assim superior aos da Ferrari.

O mais impressionante é que a Aston Martin conseguiu lucrar pelo menos mais 210 mil euros, o que significa mais 315 salários mínimos.

Outras marcas de luxo não seguiram a mesma tendência

No entanto, as outras marcas de luxo não conseguiram manter esta tendência de aumento. A Lamborghini, por exemplo, eterna rival da Ferrari, vendeu apenas 15 carros em 2020, diminuindo 21.1% o seu volume de vendas relativamente a 2019.

Já a Jaguar ficou no segundo posto das marcas de luxo mais vendidas em Portugal em 2020. No total, comercializou 427 unidades, diminuindo uns impressionantes 49.8% e perdendo a liderança para a Porsche.

A Bentley foi um caso atípico. Vendeu tantas unidas em 2020 como em 2019 (21). Finalmente, a Maserati, que tal como a Aston Martin ainda não tem grande expressão em Portugal, passou ainda assim das 15 viaturas vendidas em 2019 para as 7 em 2020, diminuindo em cerca de 56.3%.

Conclui-se, portanto, que o decréscimo de vendas da Jaguar foi o grande responsável pelo decréscimo de 20% em 2020, quando comparado com 2019, na venda de marcas de luxo.

Modelos da Ferrari vendidos em Portugal em 2020

Ferrari Portofino (8 unidades)

Ferrari Portofino
Ferrari/Divulgação

Este é o modelo que sucede ao Ferrari California, um dos mais bem-sucedidos de sempre da marca. É considerado o “Ferrari bebé”, não só por ser o menos potente, mas também um dos mais “baratos”.

Este descapotável, com uma disposição de 2+2 lugares, usa uma versão turbo do famoso motor V8 da Ferrari, que debita 600 cavalos (mais 40 do que o California T) e tem 3L de cilindrada. Pensado para os passeios na costa italiana, este carro custa em Portugal cerca de 253.000€.

Ferrar F8 Tributo (5 unidades)

Como o próprio nome indica, este modelo é um tributo, sendo o sucessor do 488 GTB. Também com o famoso motor turbo V8 da Ferrari, neste caso debita 720 cv.

Com um design moderno, elegante e extremamente desportivo este modelo custa cerca de 236.000€. É, portanto, também ele um dos mais baratos à venda.

Ferrari Roma (4 unidades)

Conhecido como “La nuova dolce vita”, “a nova doce vida” em português, em homenagem ao famoso filme homólogo que se passa precisamente na capital de Itália, também o Ferrari Roma emprega o motor V8, neste caso com uma potência de 620 cv.

Com um design parecido com o Portofino, apresenta a grande diferença no capô interminável. Tem um custo associado de 200 mil euros, aumentando uma aparente tendência de um aumento de vendas dos carros de luxo mais “baratos”.

Ferrari 812 GTS (3 unidades)

Introduzindo a gama alta da Ferrari, o motor V12 Spider regressou passados 50 anos neste Ferrari. Prova disso são os 800 cv e a capacidade de ir dos 0 aos 100 km/h em menos de três segundos, entrando para a lista dos carros mais rápidos do mundo.

O seu valor é de cerca de 378.000€.

Ferrari 488 Pista (3 unidades)

Ferrari 488 Pista

Esta é a versão mais leve e mais potente do Ferrari 488 GTB, contando com uma derivação do motor V8, não do 488 GTB, mas sim do 488 Challenge (a versão de corrida deste Ferrari), debitando 720 cavalos de potência, o que faz este coupé de 1280kg chegar dos 0 aos 100km/h também ele abaixo dos três segundos.

Cada unidade do 488 Pista custa mais de 400.000€

Ferrari 488 Pista Spider (2 unidades)

Ferrari 488 Pista Spider, um dos ferraris mais vendidos em Portugal
Ferrari/Divulgação

O Ferrari 488 Pista Spider é a versão “a céu aberto” do já exclusivo 488 Pista. A sua produção é também limitada, embora a marca italiana não tenha revelado o número total de unidades que serão produzidas.

Com estas duas unidades, existem neste momento apenas três deste modelo em território nacional. O valor desta “bomba” é de cerca de 350.000€.

Ferrari SF90 Stradale (2 unidades)

O mais potente Ferrari de sempre já começou a vender-se em Portugal. Foram vendidas duas unidades deste monstro com 1000 cv, fruto de um motor V8 a combustão e três elétricos.

É também o primeiro plug-in da Ferrari e tem um custo superior a 600.000€

Ferrari F8 Tributo Spider (1 unidade)

Tal como o Ferrari 488 Pista tem a sua versão a céu aberto (Spider), também o F8 Tributo tem o seu descapotável. Em termos de características é idêntico, tal como o valor.

Ferrari 812 Superfast (1 unidade)

Ferrari 812 Superfast, um dos ferraris mais vendidos em Portugal
Ferrari/Divulgação

Com um motor V12 e 5.6L de cilindrada, quando foi lançado, há quatro anos, era o mais potente de sempre. Apesar de já ter perdido a liderança para ouros modelos, o mais recente deles sendo o SF90 Stradale, continua a ter uma incríveis 800 cv.

O design é mais tradicional, embora já com alguns traços mais modernos e tem um custo associado de cerca de 400.000€

Ferrari GTC4 Lusso T (1 unidade)

Ferrari GTC4 Lusso, um dos ferraris mais vendidos em Portugal
Ferrari/Divulgação

Agora sem motor V12, mas sim V8, e com tração traseira o Ferrari GTC4 Lusso T é o primeiro V8 com quatro lugares. Tem um a potência de 620 cv e 4 L de cilindrada, sendo bastante “humilde” quando comparado com outros.

Tem a particularidade de ser cinzento, em vez do tradicional vermelho, e tem um valor de cerca de 375.000€.

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].