Marvin Tortas
Marvin Tortas
09 Mai, 2018 - 09:35
Os 10 Ferrari mais baratos do mundo

Os 10 Ferrari mais baratos do mundo

Marvin Tortas

Sonha ter um Ferrari sem ter que gastar muito para comprar um? É possível, mas não recomendável. Conheça os 10 modelos da Ferrari mais baratos do mundo.

O artigo continua após o anúncio

“O Ferrari mais barato que pode comprar será o Ferrari mais caro que pode comprar”. Esta é uma espécie de frase feita no mundo automóvel, pois os Ferrari mais baratos do mundo têm por norma necessidades urgentes de manutenção, e provavelmente gastará mais com o arranjo do carro do que comprando um modelo mais caro totalmente funcional.

Não há ninguém que fique indiferente à marca italiana, seja pela beleza e presença dos seus modelos, seja pela história de sucesso da Ferrari, sobretudo nas corridas de Fórmula 1. Os Ferrari são sem dúvida dos carros mais apetecidos por qualquer pessoa, e alguns dos carros mais bonitos do mundo.

Investir num dos Ferrari mais baratos do mundo pode significar um poço sem fim para as suas poupanças, mas se tiver alguns conhecimentos de mecânica e alguma paciência, qualquer um destes carros pode tornar-se num bom investimento para si. Nos primeiros 7 anos a Ferrari assegura a manutenção total dos veículos novos, mas após esse período, estes supercarros costumam precisar de um pouco mais de “carinho”, e a manutenção pode ser bastante cara, por isso os Ferrari com mais de 7 anos começam a perder significativamente o seu valor de mercado.

10 Ferrari mais baratos do mundo

A Ferrari é uma espécie de marca endeusada por todos os amantes do automobilismo, e os preços extremamente elevados dos modelos tornam a compra de um Ferrari novo quase uma miragem. Mas o sonho comanda a vida, e se o sonho da sua vida é mesmo ter um carro com o “cavalino rampante”, existem alguns modelos que deve conhecer e que podem ser mais “acessíveis” para o seu bolso.

Em Portugal, o preço de alguns destes modelos possa ser um pouco mais alto do que o anunciado, e isto deve-se à influência dos impostos no valor dos carros e à pouca oferta destes automóveis no nosso país, não representando o valor real destes modelos no mercado automóvel da Europa. Conheça então a lista dos Ferrari mais baratos do mundo.

10. Ferrari F430

É o modelo mais recente desta lista, e por sua vez também o mais rápido. Este carro conta já com algumas das características dos carros atuais da Ferrari, nomeadamente o “manetino”. Um botão no volante que permite seleccionar os modos de condução, desde chuva, a conforto, sport ou todas as ajudas desligadas para o máximo divertimento em pista.

Os F430 foram produzidos entre 2004 e 2009, na versão coupé e spider (descapotável) e contavam com um motor V8 que produzia 483 cavalos, acelerando dos 0 aos 100 km/h em 3,5 segundos e atingindo uma velocidade máxima de 315 km/h. Os modelos mais baratos do Ferrari F430 são os coupé, e podem ser encontrados por aproximadamente 85.000€.

 

9. Ferrari 550 Maranello

Esta berlina (ou Berlinetta na designação italiana) é considerado um dos modelos mais bonitos construído pela Ferrari até hoje. Foi apresentado em 1996 e produzido até 2001, e tornou-se popular por ser um dos modelos que Michael Schumacher, o hepta campeão mundial de Fórmula 1 pela Ferrari, conduzia enquanto pilotava para a Scuderia. Este carro era na altura o topo de gama da Ferrari. Vinha equipado com um potente motor V12 de 485 cavalos, acoplado a uma caixa de velocidades manual de 6 velocidades, dando o máximo prazer de condução aos proprietários. Os modelos mais baratos do 550 Maranello rondam os 80.000€.

O artigo continua após o anúncio

 

8. Ferrari 612 Scaglietti

O Ferrari 612 Scaglietti é um Grand Tourer da Ferrari que tinha a particularidade de acomodar confortavelmente 4 passageiros enquanto os transportava a mais de 300 km/h. Foi produzido entre 2004 e 2011, e vinha equipado com um motor V12 de 5.7L que produzia 540 cavalos.

O 612 Scaglietti era um Ferrari mais pensado para o conforto dos passageiros e para o uso diário do que para bater recordes de tempos em pista. O seu design um pouco diferente, chamemos-lhe assim, fez com que apenas 3025 carros fossem vendidos ao longo dos 8 anos de produção. Este Ferrari é considerado o “pai” do FF, um dos modelos de maior sucesso da marca italiana e que está avaliado ainda em 200.000€ no mercado de segunda mão. Os 612 Scaglietti mais baratos podem ser encontrados por preços a partir dos 65.000€.

 

7. Ferrari 360 Modena

O 360 foi um dos modelos mais vendidos de sempre da Ferrari. O nome 360 foi dado a 3 modelos: o 360 Modena (versão coupé), o 360 Spider (descapotável) e o 360 Challenge Stradale (versão focada nas pistas de corridas). Este modelo foi o antecessor do F430 e, tal como este, utilizava um motor V8, mas neste caso menos trabalhado, que produzia “apenas” 400 cavalos.

Foi produzido entre 1999 e 2004, e podia ser equipado com uma caixa “F1” semi-automática onde o condutor tinha que mudar as velocidades através de patilhas no volante ao estilo de um carro de Fórmula 1, ou uma caixa manual de 6 velocidades. Os modelos manuais são mais raros, e como tal bastante mais caros, mas é possível encontrar alguns 360 Modena por menos de 62.000€.

 

6. Ferrari 456

O antecessor do 612 Scaglietti é o Ferrari 456. Este carro também tinha a particularidade pouco vulgar na Ferrari de sentar 4 passageiros, dando a este carro a designação de Grand Tourer. Com um motor V12 de 436 cavalos, este era um carro ideal para “cavalgar” entre quilómetros de auto-estrada. Foram feitas algumas críticas aos 456, nomeadamente ao nível da aparência deste modelo, e a Ferrari decidiu ouvir as opiniões dos seus clientes e criou o 456M, uma versão do 456 ligeiramente melhorada. Entre 1992 e 2003 a Ferrari vendeu mais de 3500 modelos dos 456. Os Ferrari mais baratos deste modelo podem ser encontrados a partir de 55.000€.

 

5. Ferrari F355

O F355 foi uma evolução do 348 produzida entre 1995 e 1999, e foram vendidos 11.273 exemplares deste modelo, tornado-o também num dos maiores sucessos de sempre da Ferrari. O motor deste supercarro era um V8 que produzia 275 cavalos, e este foi o primeiro modelo a ser utilizado com uma caixa manual ou uma caixa automática F1, tal como a utilizada no 360 Modena. A Ferrari diz ter passado mais de 1300h no túnel de vento a aprimorar a aerodinâmica. Novo, em 1995, o F355 custava cerca de 140.000€, o que representaria nos dias de hoje qualquer coisa como 230.000€. Hoje em dia podem ser encontrados estes exemplares por pouco mais de 52.000€.

 

4. Ferrari 400

Este foi um dos primeiros Ferrari de 4 lugares a ser construído. Foi produzido entre 1976 e 1985 e vinha equipado com um motor V12 de 340 cavalos, e era um dos carros mais rápidos do mundo quando foi apresentado no Paris Motor Show em 1976. Apesar da controvérsia criada na apresentação por não corresponder aos padrões de outros carros da marca, foram produzidos 1802 exemplares do Ferrari 400M. Estes modelos estão à venda por preços a partir de 48.000€.

 

3. Ferrari 348

O Ferrari 348 foi um supercarro produzido pela Ferrari entre 1989 e 1995, e foi apresentado nas versões TB e TS, ou seja, coupé e spider. Este modelo foi inspirado no famoso Ferrari Testarossa, considerado um dos melhores Ferrari de sempre e um dos mais valiosos hoje em dia. Todos os modelos vinham equipados com uma caixa manual de 5 velocidades, e o motor V8 de 300 cavalos ajudava-o a atingir a velocidade máxima de 275 km/h.  É possível encontrar estes modelos à venda em Portugal por valores próximos dos 45.000€.

O artigo continua após o anúncio

 

2. Ferrari 208 GT4

O 208 GTB era o supercarro da Ferrari em 1980. É considerado o Ferrari mais lento de sempre, e a designação 208 provinha da motorização deste carro. Um motor V8 com 2000 de cilindrada, que produzia apenas 159 cavalos. Este carro era um coupé na configuração 2+2, ou seja, a lotação deste carro era de 4 lugares mas as dimensões dos bancos de trás eram relativamente reduzidas. É possível comprar um destes exemplares por apenas 38.000€.

 

1. Ferrari Mondial

O Mondial é o Ferrari mais barato do mundo. É o sucessor do Ferrari 208, e apesar de mais potente, a história atual faz com que este Ferrari seja o menos amado de todos os modelos, e as razões prendem-se com o mau historial eletrónico destes modelos, e a manutenção ser demasiado elevada em alguns aspetos, como por exemplo as dimensões dos pneus, que têm uma medida específica que não é mais produzida em massa, e trocar os 4 pneus de um Ferrari Mondial pode custar vários milhares de euros.

Mas a maior razão para o Ferrari Mondial ser o Ferrari mais barato do mundo é mesmo a sua aparência. O Mondial quando comparado com os restantes modelos produzidos pela marca de Maranello entre 1982 e 1992 é na verdade o “patinho feio” da Ferrari. Exemplares do Ferrari Mondial podem ser encontrados a partir de 25.000€.

 

Veja também: