Publicidade:

Dormir com plantas no quarto é perigoso: mito ou realidade?

Todos já fomos alertados para o enorme perigo de ter plantas no quarto e a maioria de nós cumpre essa regra à risca. Mas será realmente verdade?

Dormir com plantas no quarto é perigoso: mito ou realidade?
Será realidade ou apenas uma ideia pré-concebida?

Todos já ouvimos dizer que não devemos dormir com plantas no quarto, mas será que esta afirmação é verdadeira? Esta informação tem percorrido gerações levando a que a grande maioria das pessoas acredite que é verdadeira. Vamos descobrir o que diz a ciência sobre o quão perigoso é, ou não, ter plantas no quarto.

Plantas no quarto: fotossíntese e respiração celular


As plantas produzem os nutrientes de que necessitam para as suas funções vitais. A fotossíntese é o nome que se dá a este processo que a planta realiza para produzir o seu próprio alimento. É nas folhas das plantas que ocorre este processo, devido à maior concentração de clorofila (pigmento que dá a cor verde à planta e tem como função captar a energia solar). Na fotossíntese, ou seja, durante a exposição solar, a planta recebe dióxido de carbono e liberta oxigénio.

Além das trocas gasosas que acontecem durante a fotossíntese, a planta realiza outras trocas gasosas com o meio ambiente: a respiração e a transpiração, que não necessitam de luz e, portanto, ocorrem durante todo o dia e noite. Na respiração, a planta recebe oxigénio e liberta dióxido de carbono, e durante a transpiração a planta liberta vapor de água.

É perigoso dormir com plantas no quarto?


Não! Esta ideia de que dormir com plantas no quarto representa perigo não passa de um mito. A quantidade de CO2 libertada pelas plantas durante a noite é muito pequena e insuficiente para causar qualquer problema. Se este perigo fosse real, seria também desaconselhado dormir com outra pessoa ao lado, ou mesmo um animal de estimação, já que ambos consomem bem mais oxigénio e libertam muito mais CO2 do que as plantas.

Ter plantas no quarto pode ter benefícios para a saúde!


Ter plantas no quarto pode ter benefícios para a saúde

Contrariando ainda mais o mito de que ter plantas no quarto é perigoso, estudos recentes avançam que a presença de plantas quer em casa, quer no local de trabalho, traz benefícios. As plantas têm não só um importante papel decorativo, dando um toque de alegria a qualquer espaço, mas também parecem melhorar a qualidade do ar. De acordo com uma investigação Universidade de Melbourne, ter apenas uma planta numa divisão pequena melhora a qualidade do ar em 25%.

As plantas permitem-nos ter algum contacto com a natureza, tornam o ambiente mais relaxante e proporcionam um maior bem-estar. Juntando ainda uma melhor qualidade do ar, não há motivos para hesitar, utilize plantas para decorar a sua casa, nomeadamente o seu quarto.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!