Publicidade:

Quais são as tarefas que não deve deixar para sexta?

Não deixar para amanhã o que pode fazer hoje. Como se traduz esta expressão a nível semanal? Saiba quais as tarefas que não deve deixar para sexta.

Quais são as tarefas que não deve deixar para sexta?
Organização para um fim de semana tranquilo

É verdade que as semanas, apesar de começarem com as temidas segundas-feiras, começam com uma motivação algo diferente. No início da semana parece que temos tempo para tudo o que é preciso fazer, mas é natural que algumas coisas se arrastem. Saiba como dar prioridade ao que precisa, e quais as tarefas que não deve deixar para sexta.

Existem muitas empresas que preferem encarar a sexta-feira como um dia mais casual, instaurando até horários mais flexíveis. Não deixe de aproveitar do melhor dia da semana, graças à procrastinação. Tome nota.

6 tarefas que não deve deixar para sexta


tarefas

1. Preparar a próxima semana

Não prepare a agenda da semana seguinte à sexta-feira. Vá preparando ao longo da semana, tem assim mais tempo para preparar o que aí vem, e não começa o fim-de-semana já a antecipar as dificuldades do trabalho que possam surgir. Além disso não corre o risco de se esquecer de alguma tarefa.

2. Fazer as devidas comunicações às chefias e colegas

Não deixe para sexta-feira todos os briefings que tem de fazer aos colegas de trabalho e sobretudo às chefias. Um fluxo de comunicação constante só traz benefícios e inclusive, pode ajudar a acelerar os projetos em que está a trabalhar.

3. Cumprir as tarefas mais importantes da semana

Se tem oportunidade de ter uma visão alargada da sua semana, faça os possíveis por não deixar as tarefas, reuniões ou compromissos de maior envergadura para sexta-feira. O último dia da semana deve ser reservado para refletir sobre esses tais compromissos que ficaram cumpridos durante os restantes dias da semana.

4. Iniciar conflitos

Será sexta-feira o melhor dia para começar discussões com colegas de trabalho? Esta pode não ser uma das tarefas que não deve deixar para sexta, mas é sem dúvida algo que não precisa de iniciar no último dia da semana de trabalho. Mesmo que se sinta com razão e que a tenha, aproveite o fim-de-semana para “arrefecer” e tentar encontrar uma solução amigável.

5. Fazer pagamentos e transferências bancárias

Fazer pagamentos à sexta-feira significa que as pessoas a quem está a pagar só vai receber esse dinheiro na segunda-feira, ou mais tarde. Tenha atenção a este ponto, caso seja uma das suas tarefas laborais. Todas as pessoas têm compromissos a cumprir; também não gostaria que lho fizessem a si.

6. Marcar reuniões

Este ponto vai de encontro à questão de ir preparando a semana antecipadamente e não deixar tudo para sexta. Para ter o calendário organizado a tempo, faça por marcar reuniões e encontros profissionais com tempo, para não ficar com incertezas daquilo que vai acontecer durante a semana seguinte.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.