Publicidade:

Trabalhar de dia e estudar à noite? 5 dicas para ter sucesso

Trabalhar de dia e estudar à noite não é uma tarefa fácil e implica dedicação, planeamento e algum sacrifício, mas é possível. Saiba mais.

Trabalhar de dia e estudar à noite? 5 dicas para ter sucesso
Conciliar a vida académica e profissional é possível

Ser trabalhador-estudante ou estudante-trabalhador é uma realidade que afeta muitos portugueses de várias idades. Quer seja ao trabalhar em part-time para ajudar a pagar os estudos, quer já tenha uma carreira estabelecida e pretenda voltar a estudar, trabalhar de dia e estudar à noite é um desafio – possível!

Sim, há vantagens e benefícios. Não só está a enriquecer o currículo, ao aumentar a experiência profissional, como está também a reforçar competências e a criar capacidades fantásticas de organização e gestão do tempo. Mas, são as ocorrências do dia a dia, que podem facilitar ou piorar a situação. Então, como lidar com isso? Nós temos 5 dicas essenciais.

Trabalhar de dia e estudar à noite: 5 dicas úteis


1. Definir prioridades

Ter as suas prioridades bem definidas é o primeiro passo para garantir sucesso tanto no trabalho como nos estudos. Veja qual das tarefas que tem em mãos é mais urgente, mantenha sempre uma agenda ou uma boa app com essa função, para apontar e ajudar a recordar. Organize os seus prazos no trabalho, as datas de trabalhos académicos ou exames, etc. Não hesite em adiantar tarefas quando for possível. A organização começa aqui.

2. Descanse bem

Este é o segundo passo mais importante para garantir que trabalhar de dia e estudar à noite não vai resultar em problemas psicológicos graves, auto-estima baixa, possíveis depressões e esgotamentos. Vai estar sob pressão e num ritmo acelerado, por isso, é importante que recarregue baterias e tente dormir 7 a 8 horas por noite. Mesmo com trabalho em mãos, dê prioridade ao descanso, aliado a uma boa alimentação e hábitos saudáveis, tais como beber água e tentar praticar algum exercício. O café ajuda muito a aguentar longos dias de trabalho e noites de estudo, mas não exagere.

estudar

3. Criar uma rotina

Defina bem horários de estudo e de trabalho e siga essa rotina. Esta dica vem no sentido de definir as prioridades. Ao seguir uma rotina vai criando hábitos, cumprindo tarefas, e assim tem menos probabilidades de adiar as tarefas que tem pendentes.

4. Fazer sacrifícios

O que queremos explicar neste ponto é a necessidade de ter de abdicar de alguns hábitos em prol do estudo, para depois ter mais tempo livre. Ou seja, também aqui é preciso dar prioridade aos tempos livres e de ócio. Aproveite momentos mortos para leituras (transportes, salas de espera), abdique de uma ou outra noite de televisão. Quando quiser aproveitar tempo livre sozinho, ou com família e amigos, vai poder fazê-lo sem culpa.

5. Grupos de estudo e estudo organizado

Divida as suas leituras durante a semana, para não ficar sobrecarregado nas vésperas de um exame. O mesmo se aplica a trabalhos académicos. Com uma boa organização, nem a vida profissional, nem a vida académica saem prejudicadas. Faça parte de grupos de estudo e alie-se a outros estudantes em situação semelhante, para trocarem informações e notas, por exemplo.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.