Publicidade:

10 dicas para vender o carro mais rápido

Saiba o que deve fazer para o seu automóvel não estar muito tempo à espera de novo dono. Conheça estas 10 dicas para vender o carro mais rápido.

10 dicas para vender o carro mais rápido
Siga estas dicas e supere a concorrência

Apesar de Portugal ser um dos países da Europa com o parque automóvel mais antigo, aos poucos este paradigma está a mudar. Vender o seu antigo carro sem recorrer a um intermediário é a única forma que tem para ter a máxima percentagem de lucro sobre a venda e recuperar algum do investimento inicial, por isso deve conhecer estas 10 dicas para vender o carro mais rápido. Cada vez mais as pessoas estão a trocar os seus automóveis antigos por carros novos, mais económicos e menos poluentes.

Isto ocorre, graças aos vários incentivos que as marcas têm dado. Em média, um automóvel novo perde cerca de metade da cotação de mercado ao fim de apenas 3 anos de vida, e se pensarmos mais concretamente nos carros do segmento premium, estes são os carros que mais desvalorizam, por isso comprar um carro em segunda não é a melhor forma des escapar à desvalorização inicial de um carro.

A procura pelos carros em segunda mão é sempre bastante intensa, mas isto não significa que conseguirá vender o carro mais rápido, até porque estará sempre a “competir” contra concessionários especializados, que por lei são obrigados a dar pelo menos 1 ano de garantia sob o motor e a caixa de velocidades. Esta lei não afeta os particulares, que têm logo à partida essa desvantagem da credibilidade, por isso terá que jogar com outros fatores para poder vender o carro mais rápido. Conheça então as nossas 10 dicas para vender o carro mais rápido.

Vender o carro mais rápido: 10 dicas úteis


chave carro

1. Prepare-se bem

Querer vender o mais rapidamente possível um carro significa que tem que estar bem preparado para responder a todas as eventuais questões que lhe possam fazer sobre a viatura. O consumo, as prestações, as características de segurança, os extras ou avarias frequentes são das questões mais perguntadas e para as quais deve ter a resposta na ponta da língua.

2. Deixe o seu carro como novo

Arrume e limpe bem o interior e exterior do seu carro. Embora o possível comprador saiba que o carro não é novo, ver que o carro tem um aspecto cuidado levará as pessoas a pensar que este está em ótimas condições, e que podem confiar em si enquanto vendedor, pois é uma pessoa cuidada e responsável.

3. Faça uma breve pesquisa

Sabia que o valor comercial de um carro desce 11% nos primeiros 100 quilómetros, e que este valor desce até uns estonteantes 52% em apenas 4 anos? Embora o valor de um carro usado seja influenciado pela lei da oferta e da procura, deverá consultar o mercado e pesquisar anúncios semelhantes ao do automóvel que está a pensar vender para definir o valor que quererá pedir pelo seu automóvel.

4. Escolha onde quer colocar o seu carro à venda

Poderá optar por colocar o seu carro à venda numa rua estratégica da sua cidade, poderá optar por colocá-lo à venda nas várias páginas destinadas à venda de carros usados, ou idealmente, ambas as opções. Saiba que colocar o seu carro à venda em plataformas como o Standvirtual, OLX ou Autosapo, embora possa ter custos associados, aumentarão exponencialmente as suas hipóteses de ter sucesso e vender o carro mais rápido.

5. Esteja predisposto para negociar

No mundo dos negócios em segunda mão o preço deve ser sempre negociável. Não só porque o comprador acha que está tem o direito de ele próprio estabelecer um preço para aquilo que quer comprar, mas também porque do lado do vendedor, saber negociar o valor estabelecerá uma relação de simpatia e empatia entre as duas partes. Saiba jogar com o fator negociação na hora de definir o preço que quer pedir pela sua viatura: Não peça um valor astronómico que o afaste de receber qualquer contacto, mas tampouco peça um valor demasiado baixo que tornarão esta venda num prejuízo para si.

6. Tire boas fotos ao seu carro

Caso pretenda colocar o seu carro à venda numa página especializada, deve escolher uma boa localização para tirar algumas fotos para promover o seu automóvel. O impacto visual é um dos fatores principais que faz com que as pessoas possam ou não abrir os anúncios. Seguramente conhece alguém que seja entusiasta de automobilismo e também fotógrafo amador. Certamente será um prazer para qualquer uma destas pessoas ajudá-lo nesta tarefa.

7. Torne o seu anúncio cativante

No seu anúncio não devem constar apenas boas fotos, mas tão ou mais importante que isso será a descrição detalhada do carro. Uma vez mais, colocar o máximo de informação disponível dará ao comprador uma noção de confiança no vendedor e poderá tornar o negócio mais fácil. Deve especificar o modelo exato e o ano de construção, se comprou o carro novo ou em segunda mão, o número de quilómetros, se está totalmente funcional ou necessita reparações e por fim, o histórico de manutenção.

8. Visite vários stands

Visitar vários stands com a sua viatura poderá ser uma forma de vender o carro rápido, mas obviamente a sua margem de lucro será reduzida, pois o proveito terá que ser dividido por ambas as partes. Os stands automóveis são visitados diariamente por dezenas de pessoas interessadas em adquirir uma nova viatura, por isso as possibilidades de ser bem sucedido na venda aumentarão também se o fizer. A maior parte dos stands permitirá que deixe o seu automóvel em exposição no seu espaço em troco de uma pequena percentagem.

9. Mostre-se disponível

Vender um carro por conta própria significa ser, no fundo, um trabalhador por conta própria, e se quiser ser bem sucedido no seu trabalho deverá mostrar total disponibilidade para com o potencial comprador. Isto implica receber vários telefonemas por dia, alguns a horas menos desejáveis, fazer várias deslocações para ir mostrar o carro, receber vários interessados, aceder aos vários pedidos que lhe possam ser feitos pelos interessados, como por exemplo fazer um test-drive ou levar o carro a um mecânico de confiança. Deve sempre tratar o seu potencial cliente com um sorriso e com boa educação. Isto tornará um possível negócio muito mais provável.

10. Seja honesto

Por último mas não menos importante, seja honesto com os potenciais compradores. Não minta sobre o estado do carro e trate de deixar tudo em pratos limpos. Desta forma, consumada a venda, não lhe poderão ser imputadas quaisquer responsabilidades sobre problemas que o novo dono possa ter com o carro, pois concordou com aquilo que estava a comprar. Não existem carros perfeitos, e deve mostrar todos os defeitos a quem está realmente interessado em comprar o seu carro.

Siga estes conselhos e as probabilidades de aumentar o seu sucesso como vendedor serão bastante maiores. Boas vendas!

Veja também:

Marvin Tortas Marvin Tortas

Licenciado em Ciências da Comunicação, homem do Norte, apaixonado por carros e com experiência em desporto automóvel. A seguir a mamã e papá, as palavras Ferrari, Mercedes, Audi e Fiat foram respetivamente as 3ª, 4ª, 5ª e 6ª palavras do seu vocabulário.

Também lhe pode interessar: