Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
21 Fev, 2020 - 10:28

O que é o ensino em b-learning?

Catarina Milheiro

Sabe no que consiste a modalidade b-learning? Fique a par das principais vantagens e desvantagens deste método de ensino.

b-learning

Já ouviu falar sobre o ensino em b-learning, mas não sabe muito bem no que consiste?

A verdade é que muitos dos avanços tecnológicos que marcaram o século XX tiveram impacto na educação e na forma como o processo de ensino-aprendizagem se pode desenvolver.

Durante muito tempo, o ensino presencial foi praticamente a única resposta para os modelos de educação tradicionais.

Contudo, com o aparecimento progressivo de algumas modalidades de ensino à distância, como o e-learning (Electronic Learning), o b-learning (Blended Learning), o m-learning (Mobile Learning) ou o u-learning (Ubiquitous Learning), verificaram-se alterações na forma como decorre o processo de ensino-aprendizagem, na comunicação entre professor e alunos, na interação com os materiais pedagógicos e didáticos, entre muitas outras transformações.

Está claro que cada uma destas modalidades de ensino está associada a um conjunto de vantagens e desvantagens. No entanto, neste artigo iremos debruçarmo-nos apenas na modalidade b-learning.

B-LEARNING: O QUE SIGNIFICA

trabalhar no computador

O b-learning ou blended learning, é uma modalidade de ensino que deriva do e-learning. Ou seja, combina alguns elementos da formação à distância em regime de e-learning e alguns elementos da formação presencial.

Significa que o processo de ensino-aprendizagem decorre parcialmente através de uma plataforma. Por exemplo, recorre-se ao computador e à internet, mas também se integram alguns momentos em contexto de sala de aula.

De uma forma geral, pode-se afirmar que o b-learning é, então, uma modalidade de ensino que utiliza ferramentas tanto do ensino presencial como do ensino à distância.

Assim, através deste método de ensino, é possível ultrapassar algumas limitações que advêm do regime e-learning. Falamos da ausência de um professor ou de um contacto presencial como um formador, por exemplo.

Além disto, os materiais são ainda disponibilizados num ambiente virtual de forma a que o aluno possa aceder quando puder e quiser, sem que o professor tenha que estar conectado.

O peso de cada uma destas componentes varia de acordo com os conteúdos programáticos, os objetivos da ação de formação, o público-alvo, o contexto em que se insere a formação, entre outros fatores.

É possível frequentar um curso em regime de b-learning em que a componente presencial abranja um terço da formação, metade da formação ou somente o início ou o final da formação.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS E DESVANTAGENS DESTA MODALIDADE DE ENSINO?

Vantagens

  • Os custos são reduzidos se compararmos com cursos e formações totalmente presenciais;
  • Os alunos podem explorar as ferramentas que mais os ajudam, estejam elas nos encontros presenciais ou no ambiente online; desta forma, conseguirão ter uma maior flexibilidade para aprender mais de forma totalmente individual;
  • Possibilidade de alcançar um público mais vasto do que no ensino unicamente presencial;
  • Existência de alguns momentos presenciais, em contexto de sala de aula, que são úteis para trocar experiências e esclarecer dúvidas junto do professor ou formador;
  • Existe a possibilidade de editar, corrigir e atualizar rapidamente conteúdos, materiais pedagógicos e didáticos;
  • Acesso a uma experiência possivelmente mais rica em conteúdos multimédia, que pode contribuir para uma aprendizagem mais eficaz;
  • Eliminação de algumas limitações (os alunos podem ter acesso a conteúdos e formação em regime b-learning praticamente a partir de qualquer lugar e em qualquer horário);
  • Este método de ensino permite aos alunos terem um acesso contínuo e livre aos conteúdos estudados.

Desvantagens

  • Os alunos que pretendam um estudo mais independente e com horários mais flexíveis podem não se enquadrar tão bem nesta modalidade e preferir o regime de e-learning;
  • Uma vez que continuam a existir momentos de ensino presencial, mantém-se a necessidade de organizar turmas e de conjugar a disponibilidade dos alunos para esses momentos;
  • Tendo em consideração que este método de ensino pode ter uma elevada quantidade de informação, pode consumir e confundir muito tempo aos alunos (ou seja, é necessário que os alunos sejam metódicos);
  • Se o professor online não for o mesmo professor nas sessões presenciais, deve existir um especial cuidado na articulação dos conteúdos, no diálogo entre ambos e na organização do seu trabalho.

ALGUNS CURSOS EM B-LEARNING

Curso de Formação de Formadores

Existem vários centros onde pode realizar este curso em regime b-learning. Se se encontra no Porto pode sempre optar pelo Instituto CRIAP. Caso se encontre em Lisboa, Coimbra, Braga ou Aveiro pode optar pelo Centro de Formação de Formadores. Este curso é dirigido a estudantes e trabalhadores.

Instituto Português de Naturologia

Aqui vai poder encontrar diversos cursos em regime b-learning. Normalmente o público-alvo destes cursos é o público em geral, mas claro que pode haver sempre algum mais específico que exija algum tipo de formação.

Universidade Católica Portuguesa

A Universidade Católica também inclui na sua oferta formativa cursos de ensino à distância, quer em regime b-learning, quer em regime e-learning. Estes cursos são dirigidos a profissionais e a estudantes quer estejam a residir fora do país provenientes de países lusófonos. Estamos, portanto, a falar de licenciaturas e mestrados em Filosofia, Estudos Religiosos, Teologia e Humanidades.

Veja também