Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
05 Jun, 2017 - 09:51
bolsas de estágio

Bolsas de estágio: tudo o que precisa de saber

Catarina Milheiro

Se está à procura de opções para frequentar estágios remunerados, saiba quais são as opções de bolsa de estágio com que pode contar.

O artigo continua após o anúncio

As bolsas de estágio são um apoio financeiro destinado às empresas ou entidades promotoras, bem como aos estagiários, para a concretização de um estágio remunerado.

Se é recém-licenciado ou se vai terminar em breve o seu percurso de estudos, provavelmente deve ter mil e uma questões na sua cabeça em relação às bolsas de estágio.

Mas antes de lhe explicarmos tudo sobre este assunto, é importante que compreenda em que consiste um estágio profissional.

Trata-se de um estágio remunerado, com a duração de 9 meses, em qualquer serviço de atividade, com a finalidade de facilitar e melhorar a sua transição para o mercado de trabalho.

Por isso mesmo, as bolsas de estágio permitem que as empresas tenham menos encargos com o acolhimento do estagiário, e a este, permite-lhe prestar a sua atividade de forma remunerada.

BOLSAS DE ESTÁGIO: ALGUNS ASPETOS IMPORTANTES

estagiária

Todos os anos são inúmeros os finalistas de cursos, licenciaturas e mestrados que ambicionam entrar no mercado de trabalho. E a verdade é que não há melhor forma para o fazer, do que começar por um estágio profissional remunerado.

No entanto, as dúvidas que persistem na cabeça dos jovens nesta época são muitas e distintas. Confira as mais comuns.

Quanto tempo duram as bolsas de estágio?

A duração da bolsa de estágio dependerá, sempre, do estágio que estiver a fazer. Por exemplo, se se candidatar a um estágio promovido pelo IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional – o denominado Estágio-emprego, saiba que a sua duração é de 9 meses.

O artigo continua após o anúncio

A minha Universidade possui bolsas de estágio?

Quase todas as instituições de ensino superior possuem um gabinete de apoio ao aluno, que procura aproximar os recém-graduados das empresas. As universidades e politécnicos podem ter uma bolsa de emprego ou de estágio, que os alunos podem consultar para verificar que ofertas existem. Contudo, não significa que os estágios sejam remunerados. Deverá sempre estar atento às condições de trabalho oferecidas pela empresa;

A quem se destinam as bolsas de estágio?

As bolsas de estágio destinam-se a todos aqueles que queiram realizar um estágio profissional e que tenham entre os 18 e os 30 anos, com uma qualificação de nível 3, 4, 5, 6, 7 ou 8 do Quadro Nacional de Qualificações (QNQ). Para além disto, destinam-se àqueles que nunca tenham feito um outro estágio apoiado pelo Estado.

INSTITUIÇÕES QUE OFERECEM BOLSAS DE ESTÁGIO

Além das universidades, existem outras instituições que disponibilizam bolsas para a realização de um estágio remunerado. Saiba como pode conseguir a sua bolsa em cada uma delas.

orientador de estágio

Bolsa de Estágio do Instituto de Emprego e Formação Profissional – IEFP

Além dos estágios-emprego que são disponibilizados pelo IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, este promove ainda o programa Reativar, destinado a candidatos com mais de 31 anos.

É importante ainda referir que para se candidatar aos estágios-emprego disponíveis no IEFP, deve estar inscrito no portal, sendo que a duração dos estágios é de 9 meses.

No caso do programa Reativar, este é um programa de incentivo ao emprego desenvolvido pelo IEFP – com a duração de 6 meses, destinados a desempregados de longa ou muito longa duração, com idade mínima de 31 anos, que estejam inscritos há mais de 12 meses num centro de emprego português ou de um país estrangeiro.

Para poder aceder a qualquer uma destas bolsas de estágio, não pode ter beneficiado antes de um apoio do mesmo tipo por parte do IEFP.

Importa ainda referir também que é imprescindível encontrar-se inscrito como candidato à procura de emprego ou do primeiro emprego.

O artigo continua após o anúncio

Mas afinal, quais são os valores das bolsas de estágio?

Os estagiários têm direito a uma bolsa de estágio cujo pagamento é efetuado mensalmente. O valor depende do grau de qualificação do estagiário, sendo de referir que basta ter o 12º ano concluído para poder começar a beneficiar de um estágio ao abrigo desta medida do IEFP.

O valor da remuneração é tanto mais alto quanto mais elevada a qualificação do estagiário:

  • Nível 3: € 522,91;
  • Nível 4: € 566,49;
  • Nível 5: € 610,06;
  • Nível 6: € 719,00;
  • Nível 7: € 762,58;
  • Nível 8: € 806,16.

Bolsa de estágio Santander Universidades

A nível privado, são já muitas as instituições que dispõem de apoios à realização de estágios.

Como é o caso do banco Santander, que criou o programa Santander Universidades, através do qual finalistas e recém-diplomados usufruem de uma bolsa de estágio de 3 meses, inteiramente suportada com fundos disponibilizados pelo banco, em várias áreas de atividade e em diferentes pontos do país.

Para concorrer à bolsa de estágio Santander, basta fazer da seguinte forma:

  1. Registe o seu CV no site de emprego Santander Advance Empresas;
  2. Consulte as ofertas disponíveis no canal de Ofertas de Estágio;
  3. Candidate-se às ofertas que lhe interessam;
  4. Certifique-se que a sua escola ou faculdade já tem a sua quota de bolsas atribuída (caso não a tenha, peça ao Gabinete de Inserção Profissional para contactar a Santander Universidades);
  5. Aguarde o seu contacto que, normalmente, não deverá exceder o prazo de um mês.

Em relação às Instituições de Ensino Superior aderentes às bolsas de estágio Santander Universidades, estão são inúmeras e poderá consultá-las no site do Santander, no separador “particulares” e “bolsas de estágio”.

Bolsa de estágio internacional

Se o seu desejo é construir uma carreira internacional, existe ainda a possibilidade de realizar um estágio fora de Portugal.

O artigo continua após o anúncio

Um dos programas mais conhecidos no Ensino Superior é o Erasmus+. Para obter esta bolsa de estágio, deverá integrar um projeto de mobilidade gerido pela sua faculdade.

O programa Erasmus+ permite-lhe fazer um estágio no estrangeiro com a duração mínima de 2 meses e máxima de 12 meses.

Este pode ser feito por estudantes ou até mesmo por recém-licenciados, sendo que o estágio deve ser realizado no ano seguinte ao da conclusão dos estudos e a candidatura deve ser apresentada enquanto o estudante ainda está matriculado numa instituição de ensino superior.

Em relação à bolsa, esta pode variar em função das diferenças de custo de vida entre o país de origem e o país de destino, do número dos candidatos a uma bolsa, da distância entre os países em questão e da eventual existência de outras bolsas.

Outro programa também bastante reconhecido é o INOV Contacto, direcionado para jovens com elevado nível de competência e orientados para a internacionalização da carreira, a longo prazo.

Estes estágios têm a duração de 6 meses e podem decorrer em qualquer parte do mundo. A remuneração irá variar consoante o país onde ficar – poderá fazer a sua simulação no site do aicep Portugal Global.

Bolsa de estágio Garantia Jovem

Através da Garantia Jovem, que surgiu para dar resposta à elevada taxa de desemprego dos jovens, consegue ter acesso a diversos estágios profissionais remunerados em diversas áreas e com as devidas bolsas de estágio incluídas.

O programa Emprego Jovem Ativo, por exemplo, consiste no desenvolvimento de um projeto em contexto de trabalho, por equipas de jovens, compostas por 2 ou 3 jovens desfavorecidos do ponto de vista das qualificações e da empregabilidade e 1 jovem com qualificação superior, com vista melhorar as respetivas condições de integração socioprofissional.

Trata-se de um programa que está destinado a qualquer pessoa – quer já esteja licenciado ou quer ainda não tenha concluído a escolaridade obrigatória.

Qual é a bolsa de estágio associada a este programa?

  • € 293,45 – se tiver menos qualificações;
  • € 544,98 – se tiver uma licenciatura;
  • Refeição ou subsídio de alimentação;
  • Seguro de acidentes pessoais.
Veja também