Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
13 Nov, 2019 - 12:56

Diferença entre estágios extracurriculares, curriculares e profissionais

Catarina Milheiro

Já ouviu falar em estágios extracurriculares, curriculares ou profissionais, mas não sabe muito bem quais as diferenças entre eles? Fique a par de tudo.

estágios extracurriculares

Existem vários programas de estágio para diferentes situações, desde os estágios extracurriculares, passando pelos estágios curriculares até aos profissionais.

Seja porque precisa de aprender em contexto de trabalho durante uma formação ou um curso, porque procura uma primeira experiência de trabalho para facilitar a sua entrada no mercado de trabalho, para obter a cédula profissional ou até mesmo na sequência de uma nova formação e reconversão de carreira, os estágios têm um papel fundamental no percurso de qualquer um.

Claro está que, dependendo do tipo de estágio que optar por fazer, a legislação e os regulamentos diferem.

O QUE SÃO ESTÁGIOS EXTRACURRICULARES, CURRICULARES E PROFISSIONAIS

orientador de estágio

É comum ouvirmos falar em todos estes tipos de estágios, especialmente quando se trata de alguém que esteja a fazer uma formação ou a tirar um curso, a terminar os estudos ou até mesmo de um indivíduo que optou por mudar um pouco o rumo da sua carreira profissional.

Para que não tenha qualquer tipo de dúvidas em relação a este tema, explicamos tudo.

Estágios Curriculares

Os estágios curriculares são estágios que são organizados pelas próprias instituições de ensino e fazem parte da avaliação de um curso ou licenciatura. Ou seja, são necessários para que consiga terminar o seu curso/licenciatura.

Normalmente, este tipo de estágio não tem qualquer tipo de remuneração. No entanto, podem existir alguns casos em que o aluno consegue encontrar uma organização disposta a pagar pelo seu contributo e prestação na empresa.

É importante ainda salientar que os estágios curriculares são regulamentados e autorizados pelas instituições de ensino e formação.

Estágios Extracurriculares

Em relação aos estágios extracurriculares, estes são organizados por iniciativa dos jovens, das empresas ou de outras instituições e podem ou não ser remunerados dependendo da sua duração.

Este é o tipo de estágio que se realiza após a conclusão de um curso ou formação.

Estes estágios são regulamentados pelo Decreto Lei 66/2011, de 1 de junho.

Estágios Profissionais

Os estágios profissionais são estágios remunerados que são financiados por fundos comunitários, geridos por instituições públicas e têm ainda uma regulamentação bastante específica.

Alguns programas são os seguintes:

ESTÁGIOS EXTRACURRICULARES: VANTAGENS E DESVANTAGENS

orientadora de estágio

Como já explicamos, os estágios extracurriculares são organizados pela iniciativa dos jovens, das empresas ou de outras instituições e podem ou não ser remunerados.

Este tipo de estágio é realizado quando o indivíduo sente que, por algum motivo, precisa e quer estar envolvido em ambiente de trabalho real. Por outro lado, também existem empresas com algumas iniciativas que poderão propor ao jovem recém licenciado ou formado, fazer um estágio deste tipo.

Por exemplo, se terminou agora a sua licenciatura e pensa que precisa de aprender mais sobre a sua área e de adquirir ainda algumas competências para que se sinta capaz de abraçar novos desafios, como um emprego sério ou um estágio profissional, os estágios extracurriculares podem sim ser uma excelente opção.

Além disso, estará sempre a enriquecer os seus conhecimentos na área em que se formou. E a verdade é que não existe nada melhor do que podermos e querermos aprender cada vez mais para sermos os melhores.

Desta forma, podem-se listar as seguintes vantagens e desvantagens dos estágios extracurriculares.

Vantagens

  • Se no seu curso ou formação não estava incluído um estágio curricular, então a opção de realizar um estágio extracurricular é a mais acertada; lembre-se que a realização de estágios ajuda a melhorar o seu currículo;
  • Conseguirá aceder ao mercado de trabalho já com alguma experiência profissional;
  • Irá sentir-se mais confiante (tendo em consideração todos os conhecimentos que adquiriu) no momento em que estiver inserido numa empresa ou instituição;
  • No caso de já ter feito um estágio curricular e mais tarde optar por fazer um extracurricular, estará a aumentar o seu leque de conhecimentos na área e, paralelamente, as hipóteses de conseguir entrar facilmente na empresa com que tanto sonhou.

Desvantagens

  • Tratam-se de estágios que podem ou não ser remunerados dependendo das empresas e, por isso mesmo, se não for um estágio enriquecedor e não remunerado, é provável que o jovem se sinta desmotivado e sem vontade para continuar; o despertar de um sentimento de culpa por “atrasar” o seu percurso;
  • Se não for um bom estágio extracurricular, o jovem corre o perigo de não entrar tão facilmente no mercado de trabalho, ou pelo menos de acordo com a rapidez que ambicionava.

ESTÁGIOS EXTRACURRICULARES QUE PODE REALIZAR

  • O Grupo Impala tem diversas oportunidades para estágios curriculares em Jornalismo e uma oferta para um estágio extracurricular também em Jornalismo, em Sintra;
  • Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS), estão a aceitar candidaturas para estágios não remunerados, mediante apresentação de requerimento do candidato;
  • A SRS Advogados, além de receber todos os anos um novo grupo de jovens recém-licenciados em direito para iniciarem o período de estágio profissional, promove também estágios de verão, com uma duração máxima de 3 meses;
  • Estágios nos Serviços da Assembleia da República – curriculares, extracurriculares e profissionais. Pode consultar toda a informação no Regulamento de Estágios Curriculares, Extracurriculares e Profissionais, Despacho n.º 126/XIII de 31 de julho de 2019, do Presidente da Assembleia da República.
Veja também