Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Miguel Pinto
Miguel Pinto
16 Set, 2020 - 11:56

Branqueamento dentário: 7 opções para um sorriso mais branco

Miguel Pinto

Café, vinho tinto, tabaco e má higiene oral são alguns dos inimigos dos dentes. Conheça várias soluções para um branqueamento dentário e confira os preços.

Mulher após branqueamento dentário

branqueamento dentário é cada vez mais comum e, também, cada vez mais acessível – facto que se deve à grande variedade de ofertas, que vão desde os tratamentos profissionais aos caseiros. Se o hábito de fumar, o café ou o vinho tinto deixaram marcas nos seus dentes, que tal experimentar um tratamento para clarear o sorriso?

Seja qual for a escolha de tratamento, o método consiste sempre em eliminar as manchas dos dentes que se acumulam sob o esmalte. Conheça as vantagens e desvantagens de cada um dos métodos e decida qual se adapta mais ao seu caso.

Branqueamento dentário: tudo o que precisa de saber

Atualmente, existem vários sistemas de branqueamento dentário e alguns bastante inovadores: pasta de dentes preta, elixir, laser ou gel. Independentemente do tipo de tratamento que escolher para eliminar as inestéticas manchas dos dentes, existem diferentes cuidados a ter para garantir uma maior eficácia dos tratamentos.

Nesse sentido, antes de realizar o branqueamento dentário, deve fazer uma limpeza dos dentes, para a remoção do tártaro e dos pigmentos que ficam colados à placa bacteriana.

Além disso, é essencial uma correta higiene dentária, antes e depois de qualquer tratamento. Por outro lado, após o tratamento, deve evitar alimentos com uma elevada concentração de pigmentos (café e vinho tinto, por exemplo) e deve a todo o custo evitar fumar.

Dentista a efectuar branqueamento dentário

Branqueamento dentário no dentista

Ao recorrer a um profissional para um branqueamento dentário, uma das principais vantagens é que os resultados são imediatos, contudo, há que ter em conta que é um tratamento mais dispendioso: os preços variam de acordo com o consultório médico, mas pode chegar a atingir valores entre os 500€ e os 700€.

O tratamento consiste em aplicar um gel de branqueamento, complementando com a incidência de uma luz branca, laser, LED ou de halogéneo. Aquando do tratamento, é importante ter alguns cuidados, nomeadamente na proteção de gengivas e lábios.

Uma vez finalizado o tratamento, é possível que possa sentir alguma sensibilidade dentária, especialmente aos alimentos ácidos e frios.

Branqueamento dentário para fazer desde casa

À semelhança dos tratamentos anteriores, o objetivo do branqueamento caseiro é o mesmo, com a vantagem de poder experimentá-los a partir de sua casa, e utilizando ingredientes bastante comuns.

Um dos produtos mais inovadores e que pode causar alguma estranheza é o branqueamento dentário com recurso ao carvão ativado. Disponível em forma de pasta dos dentes preta e também em pó preto – esta opção pode causar alguma relutância inicial, uma vez que ao aplicar os produtos os dentes ficam pretos, contudo, esta tonalidade é momentânea.

Na verdade, a sua utilização é bastante simples. Basta humedecer a escova com um pouco de água e mergulhar a mesma no pó, ou colocar a pasta na escova. Por fim, deve escovar os dentes, passando por todas as áreas, durante 2 a 3 minutos. Por fim, deve passar por água abundante. Tendo em conta que podem ficar alguns resíduos dos produtos nos dentes, é recomendável fazer o tratamento antes de ir dormir.

Recorrendo a ingredientes 100% naturais, sem risco de substâncias químicas e nocivas para a saúde, este produto promete branquear e polir os dentes, fortalecendo o esmalte, mantendo ainda um hálito fresco.

Pasta dos dentes preta

Branqueamento com gel

Existe ainda outra forma muito prática para branquear os seus dentes em casa – as goteiras com aplicação de gel branqueador. Para dar início ao tratamento terá de marcar uma primeira consulta no dentista, que lhe fará o molde dos seus dentes.

Depois, basta aplicar o gel de branqueamento prescrito pelo seu médico. Os moldes devem ser utilizados várias horas por dia, durante cerca de 15 dias. O custo deste tipo de tratamento ronda os 300€.

Branqueamento DIY: 4 opções caseiras de branqueamento dentário

Além das soluções apresentadas, pode sempre optar por soluções de branqueamento dentário DIY, sendo que aqui a vantagem se prende com a facilidade com que encontra estes produtos.

Método #1: esfregue os dentes com a parte interna de uma casca de laranja durante aproximadamente 45 segundos. A parte branca da laranja, localizada entre a casca e os gomos, ajuda a clarear os dentes. Meia hora depois de seguir essa dica, escove os dentes;

Método #2: prepare uma pasta com morango e bicarbonato de sódio e aplique nos dentes durante 20 minutos. Espere mais 30 minutos e escove os dentes normalmente;

Método #3: faça uma pasta homogénea com uma colher de sopa de levedura de cerveja, duas colheres de chá de sal e um pouco de água. Escove os dentes com essa pasta como se fosse uma pasta dentífrica;

Método #4: esfregue os dentes com a parte interna de uma casca de banana por aproximadamente dois minutos.

Não perca Dentes brancos com pasta de dentes preta? Sim, mas com moderação

Antes do branqueamento

Em qualquer um dos casos, existem cuidados a ter que contribuem para uma maior eficácia dos tratamentos: antes de ser realizado o branqueamento dentário, deve ser feita uma limpeza dos dentes para a remoção do tártaro e dos pigmentos que ficam colados à placa bacteriana.

Além disso, é essencial uma correta higiene dentária, quer antes quer depois do tratamento. São também de evitar alimentos com uma elevada concentração de pigmentos (café e vinho tinto, por exemplo) e deve, a todo o custo, evitar fumar. E agora, vai fazer os seus dentes mais felizes?

Veja também