Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Helena Peixoto
Helena Peixoto
15 Set, 2020 - 09:35

Casa segura para idosos: saiba como adaptar

Helena Peixoto

Saiba como conseguir uma casa segura para idosos. Algumas modificações, adaptações e reorganizações são suficientes para conseguir um excelente resultado!

idosa com andarilho a abrir porta para entrar

Não há mesmo volta a dar: o relógio não anda para trás e a idade mais avançada acaba eventualmente por chegar. E se outrora foram os nossos pais a cuidar de nós e a tratar das nossas necessidades, chega uma altura em que os papéis se invertem! Uma das funções mais importantes nesse processo é tornar a casa segura para idosos

Seja a sua, no caso de receber os seus pais no seu lar, ou a deles, é muito importante que todo o ambiente esteja controlado e à prova de esquecimentos, fragilidades físicas e eventuais fragilidades extra. 

10 dicas para tornar a sua casa segura para idosos

jovem abraçada a idosa a olharem pela janela depois de tornarem a casa segura para idosos

O grande sonho da maioria dos idosos é o de conseguir ficar na casa onde foram tão felizes. No entanto, para que isso seja possível, existe uma necessidade de adaptação e modificação de algumas coisas, garantindo as mínimas probabilidades de acidentes, imprevistos e desajustes.

Neste artigo encontra 10 dicas que o vão ajudar a tornar a casa segura para idosos e verdadeiramente à prova da idade! 

1

Faça um check up geral

O primeiro passo para transformar uma casa segura para idosos é o de percorrer todas as divisões, sem exceção, e procurar potenciais problemas.

E não olhe para os espaços com os seus olhos normais; olhe de forma analítica, tentando antecipar eventuais quedas de objetos, obstáculos no caminho onde seja provável tropeçar, esquinas mais perigosas, entre outras. 

Com a ajuda de um bloco de notas, vá registando tudo o que vê e que lhe parece que devia ser alterado para no final não esquecer de nada. É sempre bom também chamar a ajuda de mais alguém, porque outra perspetiva consegue sempre ver outras coisas que não viu. 

2

Reorganize os móveis

Uma das regras mais importantes para conseguir uma casa à prova de quedas e acidentes em idosos é a ausência de obstruções no caminho. Assim, se for necessário, mude os móveis de sítio ou de orientação, de forma a que os corredores de passagem fiquem totalmente libertos e com espaço para auxiliares de motricidade, como muletas, andarilhos ou até mesmo cadeiras de rodas. 

3

Muita atenção aos tapetes!

Se já para adultos este item de decoração se torna perigoso por vezes, imagine para um idoso já com algumas dificuldades de movimentos. Isto acontece sobretudo pelo facto das bordas começarem a enrolar e acabarem por servir de rasteira aos pés das pessoas com mais idade. E uma queda pode resultar em danos bem complicados nos casos das idades mais avançadas. 

4

Iluminação nunca é demais

Quanto melhor for possível ver o que está ao redor de cada uma das divisões, menor o risco de tropeçar, deixar cair alguma coisa ou não encontrar um objeto importante. Tire o máximo partido da luz natural e adicione iluminação artificial necessária a uma excelente luminosidade com, por exemplo, candeeiros de pé, LEDS nos armários, entre outros. 

5

Reorganize os armários

Para começar: esqueça os armários em que é necessário subir a escadas ou bancos para alcançar os itens! Faça uma grande vistoria a todos os armários, do quarto à cozinha, e arrume tudo o que for de consumo e utilização diária em armários ao nível dos olhos.

Deixe para esses armários mais altos os objetos que só se utilizam em situações em que mais pessoas estão em casa e podem eles fazer essa tarefa (ex: almoços e jantares de família). 

Se necessário, invista em gavetas extraíveis e cestos de arrumação. No fundo, tudo o que facilitar o processo de encontrar os itens diários e essenciais. 

criança a descer as escadas sozinha
Pode também interessar 23 medidas para tornar a casa segura para as crianças
6

Instale luzes inteligentes 

Este passo é crucial na transformação para uma casa segura para idosos, sobretudo nos períodos da noite, em que dá a vontade de ir à casa de banho ou cozinha.

Instale luzes de presença ou com sensores de movimento nos corredores principais e evite que os idosos tenham de andar às apalpadelas, o que pode resultar numa queda mais feia. 

7

Barras de apoio para a casa de banho

O utilizador comum pode até não perceber bem a utilidade das barras de apoio nas casas de banho, como aquelas que vê no centro comercial, mas para pessoas com já alguma dificuldade motora elas são essenciais!

E a casa de banho é uma das divisões mais perigosas para pessoas com alguma idade. Evite tropeções e quedas com a ajuda destas barras.

casa de banho com poliban com banco
8

Invista numa banheira mais segura

Além das barras de apoio que pode também colocar junto à banheira, analise a banheira atual e o esforço exigido para entrar e sair da mesma. O ideal é um poliban, idealmente com banco integrado. 

9

Garanta uma limpeza regular

Pessoas com alguma idade têm sempre maior dificuldade em garantir uma correta higienização da casa. Além das limitações físicas, os sentidos não estão tão apurados e os standards acabam por baixar. Contrate ajuda profissional para garantir que a casa se mantem limpa e organizada, pois uma limpeza deficiente pode prejudicar a saúde de quem lá habita. 

10

Equacione um sistema de alarme e videovigilância

Sobretudo no caso de estarmos perante uma casa em que os idosos vivem sozinhos, é muito importante garantir alguma segurança.

Instale um sistema de alarme e videovigilância em casa deles, o que vai, por um lado, dissuadir potenciais gatunos e, por outro, aumentar o sentimento de segurança de quem lá vive. 

Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].