Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Mónica Carvalho
Mónica Carvalho
09 Jul, 2020 - 10:12

Casas modulares: o que deve saber sobre este tipo de construção

Mónica Carvalho

A casa dos seus sonhos pode ser uma realidade por muito menos dinheiro do que imagina. Para isso, deve considerar as casas modulares baratas. Saiba mais sobre o tema.

casas modulares baratas

As casas modulares são o novo modelo de residência e habitação. São práticas, podem ser ampliadas com facilidade e usam materiais amigos do ambiente. Além disso, as casas modulares são mais acessíveis em termos de preço, o que é uma enorme vantagem na hora de construir casa.

Atualmente, comprar casas modulares não é um processo tão difícil nem complexo como acontecia há uns anos e é também mais barato do que pode estar a imaginar. Esta solução de construção, mais rápida do que a construção tradicional, tem vindo a ganhar cada vez mais terreno em Portugal.

Para saber se é uma opção para si, conheça as vantagens e desvantagens deste modelo de casa, saiba o que é preciso para avançar com a construção e conheça algumas empresas que providenciam este produto e serviço.

Casas modulares: o que saber para tomar a decisão

construção de casa modular

As casas modulares consistem em construções compostas por módulos previamente construídos em fábrica, posteriormente transportados para o local de construção para serem unificados. Em analogia simplista, imagine a lógica da IKEA aplicada às casas.

Ao contrário de uma casa tradicional, que é desenvolvida a partir da raiz e no próprio terreno de construção, as casas modulares exigem um trabalho de fábrica prévio e só depois são transportadas para o terreno onde será feita a montagem e acabamentos finais.

Para isto, deve haver uma preparação antecipada do terreno e isso é uma responsabilidade do proprietário. As empresas fornecedoras de casas modulares não tratam desta parte do processo.

Em relação ao formato, tipologia e características, isso depende de si, porque há opções para todos os gostos. Nesse sentido, há empresas que disponibilizam casas modulares de estilo moderno e outras que têm casas mais rústicas ou minimalistas.

Para além disso, atualmente, também já encontra a possibilidade de adquirir casas modulares com rés-do-chão e primeiro andar, algo que não era possível quando este tipo de construção foi lançado.

As casas modulares são geralmente mais baratas do que as casas de construção tradicional e a principal razão prende-se com o facto de tudo ser construído em fábrica e montado depois no local, o que reduz significativamente o tempo de construção.

No entanto, tal como qualquer outro projeto, também a construção destas casas requer licenças da Câmara.

Casas modulares: um bom investimento?

Se parece um projeto simples e rápido, o que encarece, então, a construção de uma casa modular, por muito acessível que ela seja?

Além dos custos próprios que o proprietário terá com a compra do terreno, deverá contar com:

  • Criação de projeto;
  • Estudos de terreno;
  • Tamanho da casa;
  • Acabamentos e materiais utilizados;
  • Equipamentos: já é possível avançar com instalações de domótica, sistemas de áudio sofisticado, claraboias, chaminés, entre outros.

Tudo isto faz com que o produto final tenha um valor mais elevado é certo, mas, de igual modo, aumenta o valor da casa modular até numa perspetiva de venda futura.

Outros aspetos que deve conhecer

Os módulos

As casas modulares são constituídas, como a palavra indica, por módulos pré-construídos, mas que são completamente ajustáveis às preferências do consumidor, tanto em tamanho como em disposição in loco.

As empresas de casas modulares têm, geralmente, à disposição dos seus clientes designers que ajudam na personalização de cada módulo ou casa, para que se adeque completamente ao seu estilo e às suas necessidades.

O ambiente

Este tipo de construção é mais eficiente em termos de gestão de recursos ambientais, pois o facto de os módulos serem construídos em fábrica reduz os desperdícios e lixos próprios de uma obra com uma duração maior.

Além disso, é habitual terem uma caixa de ar entre o solo e o chão para que aumente a eficácia térmica, evitando o contacto com humidades, e ainda apresentam um melhor comportamento em caso de sismos.

As empresas que efetuam estas construções também costumam incentivar o uso de outros elementos amigos do ambiente como painéis solares, janelas com corte térmico, salamandras e eletrodomésticos eficientes.

O conforto

Embora estas casas sejam construídas seguindo todas as normas de segurança exigidas por lei, é talvez o conforto a longo prazo que mais fica a perder em termos de características.

Na verdade, as casas modulares podem ter todas as comodidades desejadas pelo cliente, quer a nível térmico, quer acústico, quer de decoração e design.

No entanto, as características inerentes ao facto de os materiais de construção serem mais leves, como o aço, por exemplo, provocam oscilações e barulhos que, com o passar do tempo, podem ser prejudiciais ao conforto oferecido pela casa.

Casas modulares: vantagens e desvantagens

Após avaliar as vantagens e desvantagens deste tipo de construção será mais fácil de compreender se esta pode ser uma boa opção para ter a casa com que sempre sonhou. Fique atento.

Vantagens

  • Construções mais simples, mais rápidas e menos dispendiosas;
  • Aspeto semelhante ao das casas tradicionais;
  • Os materiais utilizados são mais seguros;
  • Sujeitas a uma maior supervisão;
  • Isolamento térmico de alta qualidade;
  • Tempo de vida entre os 50 a 60 anos;
  • Pode acrescentar módulos, caso a família cresça e necessite de mais espaço. Ou, então, retirar módulos, caso ache que a casa está demasiado grande para o uso que faz da mesma;
  • Como os módulos são construídos em fábricas, os materiais estão mais protegidos em relação às condições climatéricas;
  • A escolha é muito variada, já que há diversas opções de design, além de poder personalizar um pouco de tudo (janelas, portas, cores, número de pisos, entre outros aspetos);
  • Os preços das casas modulares não sofrem alterações, desde que selecionados o modelo e caraterísticas da casa;
  • Há menor desperdício de material, do que numa construção tradicional.

Desvantagens das casas modulares

  • Há ofertas bastantes diferentes, o que pode dificultar a sua decisão;
  • O preço pode aumentar caso tenha que comprar o terreno onde a vai instalar e, sendo assim, pode acabar por pagar o equivalente a uma casa tradicional, que já inclui o lote do terreno;
  • O pagamento tem de ser feito antes de serem construídas;
  • É difícil obter um empréstimo para estas habitações ou, arranjando, ele sai bastante caro;
  • Há alguns materiais que lhe podem sair mais caros;
  • Há algumas dificuldades no licenciamento deste tipo de casas, sendo um processo mais complexo do que o licenciamento de uma construção tradicional;
  • As empresas portuguesas a operar neste mercado são, ainda, em número muito reduzido, pelo que o transporte dos materiais para o local da construção pode não ser fácil, nem barato;
  • Os blocos para a construção são pesados e caso quebrem durante o transporte, não podem ser reaproveitados;
  • Para criar espaços grandes numa casa modular, é necessário recorrer ao uso de pilastras para sustentação, pelo que é importante tentar combinar a pilastra com a restante arquitetura, para um efeito geral agradável;
  • Os blocos de cimento necessitam de proteção contra água, fuligem e sol, pelo que precisam de ser revestidos com argamassa e hidrorrepelentes, para afastar a humidade, exigindo portanto um tratamento mais exigente;
  • Embora o preço estipulado no orçamento seja, efetivamente, o preço final a pagar, é preciso ter em conta que, nem sempre, esse valor inclui os custos de montagem (escavações, fundações, etc);
  • Nem todas as empresas se responsabilizam pela fraca qualidade dos materiais e/ou pelas reparações/manutenções dos problemas de construção da casa.

O conceito de casa modular é bastante atrativo e faz cada vez mais sentido, tendo em conta as caraterísticas de vida da sociedade atual.

Contudo, é importante perceber que esta é uma opção prática, mas que obriga a ter alguns pontos em atenção e foi, precisamente, esses aspetos que quisemos destacar, de forma a ajudá-lo a tomar a grande decisão.

Construir casas modulares em Portugal

Não é por serem casas pré-fabricadas que carecem de regras. Muito pelo contrário, há leis que devem ser respeitadas. A começar pela legislação vigente: quando a construção tem carácter permanente no solo, então, o enquadramento legal é exatamente o mesmo de uma casa de construção tradicional.

Dessa forma, o licenciamento deste tipo de casas está sujeito ao Regime Jurídico da Urbanização, aprovado pelo DL n.º 555/99, de 16 de Dezembro, na sua versão atualizada, o qual dispõe na alínea a) do artigo 2º que é considerada edificação a

“atividade ou o resultado da construção, reconstrução, ampliação, alteração ou conservação de um imóvel destinado a utilização humana, bem como de qualquer outra construção que se incorpore no solo com caráter de permanência”.

Isto inclui as casas modulares.

Além disso, podem existir restrições à construção sobre esse terreno, principalmente se o mesmo se encontrar abrangido em área de Plano Diretor Municipal (PDM), Reserva Agrícola Nacional (RAN) ou Reserva Ecológica Nacional (REN), por exemplo.

À semelhança de construções tradicionais, qualquer projeto de arquitetura deve ser apresentado junto da Câmara Municipal, com toda a documentação inerente. Depois de aprovados, seguem-se os projetos de especialidades (como distribuição elétrica, esgotos e instalação de gás) e, uma vez recebidos, a autarquia irá consultar as entidades que, legalmente, deverão emitir o devido parecer, autorização ou aprovação, sendo assim emitida a licença de construção.

Por último, mas igualmente importante (e até demorado), há que tratar da Licença de Habitabilidade, tal como numa casa tradicionalmente construída.

projeto de casa modular

Casas modulares: onde encontrar?

Em Portugal existem já vários fornecedores de casas modulares baratas que lhe conseguem oferecer a melhor solução para as suas necessidades. Casa modular fixa ou móvel, opções de T1 a T4 (algumas com área para piscina, inclusive) e opções energéticas muito favoráveis são apenas algumas das características passíveis de integrar estas casas.

Assim, escolher um fabricante fiável e profissional é uma escolha importante. Por isso, tenha em conta critérios como:

  • Reputação do fabricante;
  • Proximidade do fabricante;
  • Variedade de modelos de casas pré-fabricadas a partir das quais pode escolher a sua;
  • Possibilidades de personalização;
  • Qualidade de serviço e opiniões de clientes anteriores;
  • As fórmulas de compra disponíveis: se é um processo chave na mão, se há o fornecimento da matéria-prima e depois a construção é a seu cargo;  
  • Preço.

Estes critérios irão ajudá-lo a escolher e, para isso, reduzimos a lista a alguns fornecedores reconhecidos no mercado.

1

Faz a Tua Casa

Faz a Tua Casa é um dos fornecedores de casas modulares baratas que deve ter em conta na sua consulta de mercado. Com modelos de casas modulares totalmente adaptáveis às suas necessidades, pode contar com um modelo moderno e inovador.

Este fornecedor assume-se como uma das empresas do ramo com preços mais competitivos em toda a Europa e, para isso, todas as construções possuem classificação energética A+, têm uma garantia de 10 anos e podem ser construídas em apenas 6 meses.

2

Casas Económicas

A empresa Casas Económicas apresenta-se como um serviço único e inovador na área da construção: com esta empresa, é possível escolher um dos produtos pré-concebidos ou então solicitar soluções personalizadas com orientação técnica em todo o processo de decisão da sua moradia de sonho.

A qualidade e orientação técnica da construção, a economia, o conforto, rapidez de execução e segurança são os valores que este fornecedor traz como bandeira, aliados a uma excelente relação qualidade/preço do mercado.

Na Casas Económicas encontra diversos modelos disponíveis desde T0 a T5 e uma oferta de preços desde os 16.000€ aos 129.000€.

  • Morada: Rua Attílio Santini, 160E, Escritório 5, 2750-100 Cascais
  • Contacto: formulário de contacto
3

Evohouse

A Evohouse oferece soluções de casas modulares em aço leve a partir de 63.000€, que podem ser resumidas em três passos:

  1. O cliente escolhe um modelo pré-definido ou solicita um estudo prévio à medida (sem custos);
  2. A Evohouse envia o estudo e a respetiva proposta;
  3. O cliente valida o orçamento e, no prazo máximo de 6 meses, a habitação está pronta.

Todos os detalhes são tidos em conta e são importantes, como a eficiência energética, a qualidade do ar interior e até o controlo da habitação por wi-fi em termos de temperatura interior, videovigilância e tomadas inteligentes.

4

Norges Hus

A Norges Hus Portugal é uma filiar da Norges Hus Nova OU, empresa sediada na Estónia e especializada no fabrico e montagem de casas de madeira pré-fabricadas em toda a Europa.

A empresa acredita que é possível construir casas com elevado conforto térmico, acústico e durabilidade, de acordo com as normas e regulamentos da União Europeia, respeitando o ambiente e a preços acessíveis, a partir de 28.000€ + IVA.

  • Morada: Rua Manuel Firmino, 52 8º AX – Ed. Veneza Escritórios – 3800-213 Aveiro
  • Contacto: [email protected]
5

Betonit

Os sistemas de construção modular da Betonit são integralmente realizados em obra, destacando-se da construção modular pré-fabricada e da construção tradicional pela sua rapidez, elevada qualidade de construção e de acabamentos.

São também conhecidos pela utilização de matérias primas selecionadas e métodos de construção e montagem inovadores. Tudo isto contribui para uma missão muito nobre de sustentabilidade ambiental.

6

Modiko

As casas Modiko usam um modelo de construção patenteado, recorrendo a perfis de aço galvanizado e paredes produzidas em ambiente fabril. A construção é rápida e com eficiência tecnológica.

Sinónimo de qualidade e conforto, aqui vai encontrar casas modulares com bons comportamentos térmicos, acústicos, higrotérmicos, de proteção ao fogo e antissísmicos.

  • Morada: Rua Pedra Moura, nº 1-A – Aradas, 3810-390 Aveiro – Portugal
  • Contacto: [email protected]
Veja também

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].