ebook
Ebook Finanças (s)em Crise
Um guia para tempos complicados
Teresa Campos
Teresa Campos
24 Mar, 2020 - 12:30

Saiba onde ficam os centros de rastreio COVID-19 em Portugal

Teresa Campos

Conheça os principais centros de rastreio COVID-19 de momento existentes em Portugal e perceba a sua forma de funcionamento.

centros de rastreio covid-19

Ao longo das últimas semanas, são vários os centros de rastreio COVID-19 que foram e estão a ser criados e inaugurados um pouco por todo o país.

Fruto de parcerias institucionais (com o Serviço Nacional de Saúde, câmaras municipais e hospitais públicos) e laboratórios privados (como Germano de Sousa, Unilabs ou Joaquim Chaves), estes centros de rastreio COVID-19 pretendem descongestionar o acesso aos hospitais para a realização de testes de despistagem ao novo coronavírus.

Porém, importa referir que estes centros só se destinam a casos suspeitos, previamente referenciados pelo SNS que, aliás, comparticipa essas mesmas colheitas. Fique a saber mais.

Centros de rastreio COVID-19: tudo o que precisa saber

Os Centros de Rastreio COVID-19 têm como objetivo verificar, através de uma colheita, a contaminação ou não de um indivíduo pelo novo coronavírus. Para isso, é feita uma zaragatoa nasofaríngea.

Algumas destas unidades móveis funcionam em, modelo “Drive Thru”, ou seja, o suspeito de COVID-19 dirige-se de carro ao centro e é submetido ao teste sem nunca sair do carro. Importa, ainda, sublinhar que a realização e análise destes testes são feitas com toda a segurança, conforto e fiabilidade.

A grande vantagem destes centros é evitar que o indivíduo, potencialmente contaminado, entre em contacto com pessoas desprotegidas, diminuindo assim significativamente o risco de contágio.

interpretar análises clínicas

Destinatários

Como já foi dito, os Centros de Rastreio COVID-19 APENAS atendem os casos suspeitos de infeção, previamente referenciados e encaminhados pelo SNS. Os indivíduos previamente referenciados devem, também, apenas comparecer no local à hora que lhes foi indicada (de modo a evitar filas e a aglomeração de pessoas).

Colheita e resultados

A realização do teste em si não demora mais de 5 minutos. Após ser feita a colheita, o indivíduo volta para casa e aguarda até os respetivos resultados lhe serem enviados (por email), assim como às autoridades de saúde pública competentes, num prazo entre 24 e 72 horas. Se o resultado for positivo, um médico entrará em contacto com o doente.

Procedimentos a seguir no modelo “Drive Thru”

Quem faz o teste ao COVID-19 num centro modelo “Drive Thru”, deve seguir os seguintes passos:

  1. Dirijir-se de carro ao Centro de Rastreio COVID-19 | DRIVE THRU indicado, à hora referida.
  2. Seguir as indicações da zona de entrada, respeitando a ordem sequencial da fila de carros.
  3. Não sair do automóvel, não abrir as janelas e ligar para o contacto telefónico que lhe for indicado, de modo a preencher a ficha de utente.
  4. Só depois, abrir a janela do carro e fazer a colheita, através de uma zaragatoa nasofaríngea.
  5. Finalmente, obedecer às indicações da saída.
mulher a olhar pela janela
Veja também Coronavírus: quarentena é mesmo para ficar em casa

Centros de rastreio COVID-19, organizados por região

Perguntas e respostas sobre o coronavírus

NORTE

Porto (Queimódromo)

Este centro de rastreio fica no Queimódromo, junto ao Parque da Cidade. Numa fase inicial, é expectável a realização de cerca de 400 testes diários.

Trata-se de um modelo ‘Drive Thru’, ou seja, os indivíduos suspeitos de COVID-19 devem dirigir-se de automóvel até ao centro, fazendo o teste sem nunca saírem do interior do carro. Só são atentidas pessoas referenciadas pelo Serviço Nacional de Saúde.

Vila Nova de Gaia

  • Parque na rua 14 de outubro
  • Espaço Mais Grijó (ex Outlet de Grijó)

Braga

  • Altice Fórum Braga

Santa Maria da Feira

  • Europarque

CENTRO

Coimbra

  • Faculdade de Medicina de Coimbra (parceria entre a ARS do centro e o centro hospital de Coimbra)

GRANDE LISBOA

Lisboa

  • Parque das Nações: Outro centro de rastreio móvel, neste caso instalado no parque de estacionamento junto à Rua Vitorino Magalhães Godinho. Primeiramente, ele terá capacidade para 150 testes, número que poderá aumentar, em função das necessidades.
  • Escola Básica Quinta dos Frades: Um centro de rastreio que fica no Lumiar e tem capacidade para fazer 300 a 400 testes. Para apoio, há dois médicos e seis técnicos laboratoriais.

Cascais

Em ambos os centro de rastreio de Cascais, os testes são gratuitos para a população (os custos são suportados pelo Serviço Nacional de Saúde e pelo Município). Se houver necessidade de quarentena, os centros dispõem de cerca de 1.000 camas.

  • Cascais (Centro de Congressos de Cascais/Estoril)
  • CERCICA – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas (Complexo de Rana)

ALGARVE

  • Faro (Estádio do Algarve): O centro de rastreio funciona numa tenda, montada junto do estádio do Algarve, numa parceria com as autoridades de saúde, câmaras municipais, o hospital de Faro e a Universidade do Algarve. O objetivo é atenuar a sobrecarga dos hospitais, evitando que as pessoas tenham de se dirigir às unidades de saúde.
Veja também