Ivo Monteiro
Ivo Monteiro
28 Mai, 2019 - 12:19
Quais as coisas que deve deixar de comprar em 2019?

Quais as coisas que deve deixar de comprar em 2019?

Ivo Monteiro

Consulte a nossa lista de coisas que deve deixar de comprar. Aqui vai poder encontrar alternativas mais económicas e ambientalmente adequadas.

O artigo continua após o anúncio

Todos os dias surgem novas invenções, soluções, novos produtos ou materiais que nos permitem deixar para trás hábitos passados e fazer substituições vantajosas para o próprio consumidor. Vejamos, assim, algumas recomendações de quais as coisas que deve deixar de comprar em 2019.

Coisas que deve deixar de comprar: a nossa lista

1. Fruta e vegetais pré cortados

coisas que deve deixar de comprar

Não deixe que a preguiça leve a melhor e tenha a consciência e responsabilidade de compreender quais as coisas que deve deixar de comprar em 2019. Uma embalagem de manga pré cortada, de marca branca, rondará os 2,99€ por 400g. O preço da manga por quilo no mesmo supermercado custará o mesmo preço, ficando a unidade mais barata ainda.

Adicionalmente, a exposição a luz, calor e oxigénio faz com que a fruta e os legumes percam os seus nutrientes. A vitamina C é a que sai mais comprometida. Assim, a melhor forma de conservar a fruta e os legumes será mantê-los com a casca, intactos, sem ser pré-lavados até ao momento do consumo.

2. Talheres e palhinhas descartáveis

coisas que deve deixar de comprar

A durabilidade do plástico associado ao seu consumo excessivo em produtos descartáveis transforma o este material num dos maiores desafios a nível ambiental.

As alternativas ao plástico começam a ser imensas: palhinhas de metal, utensílios de madeira, bambu, ou até mesmo de farelo de trigo! Sim, trata-se de uma invenção da autoria da empresa Biotrem, que é vendida em Portugal pela Soditud. Foi desenvolvida uma linha de produtos descartáveis feitos em farelo de trigo que são completamente biodegradáveis através de compostagem em apenas 30 dias.

Por estes motivos, a redução de plástico e todos os produtos que o integrem deverá ser tida em conta quando pensamos em quais as coisas que deve deixar de comprar em 2019.

3. Manuais escolares novos para todos os anos

coisas que deve deixar de comprar

Em bancos de troca de manuais ou em sites de venda de usados, é possível fazer com que o regresso às aulas não represente uma dor de cabeça a nível financeiro. Se estiver interessado em recorrer a manuais escolares em segunda mão, poderá ter acesso aos mesmo através do site Reutilizar.org.

4. Material escolar

material escolar

E que tal seguir as nossas sugestões de DIY de material escolar? Algumas coisas vão ficar mais em conta, mais giras e, mesmo que tenha que comprar algum material, verifique sempre em casa o que ainda tem, para não comprar coisas a mais.

O artigo continua após o anúncio

5. Lâminas para depilação descartáveis

coisas que deve deixar de comprar

Mais uma vez numa perspetiva de consciencialização a nível ambiental, a troca das lâminas descartáveis por uma lâmina recarregável trará um menor consumo de plástico e assim um menor desperdício.

Pela perspetiva económica, por vezes, o barato acaba por sair caro. Com a sua durabilidade reduzida, no fim de contas as lâminas descartáveis não representam uma vantagem financeira comparativamente ao investimento numa máquina de barbear/depilação.

6. Garrafas e garrafões de água

coisas que deve deixar de comprar

Por exemplo, o Município do Porto lançou dois tamanhos de garrafas de água – 0,5L e 1,5L no âmbito do Programa de Alteração Comportamental para o Consumo de Água da Torneira, “Beba Água do Porto: É Boa Todos os Dias!”.

Consciente da necessidade de alterar comportamentos relativamente ao consumo de água da torneira e tendo por base os resultados obtidos nas análises laboratoriais, que se situam sempre muito próximas dos 100%, a Águas do Porto lançou o referido programa para mudar os hábitos de consumo dos portuenses. Consulte aqui onde pode adquirir as referidas garrafas.

Já o Pingo Doce lançou nos seus supermercados um ponto de água purificada self-service. Para poder obter esta água terá de, primeiro, comprar uma garrafa ECO no supermercado que terá o custo de um euro. A capacidade da garrafa é de três litros. Depois de comprar a sua garrafa, poderá enchê-la tantas vezes quanto pretender por apenas 18 cêntimos.

O serviço já está presente em 13 lojas Pingo Doce por todo o país e, consoante adesão dos consumidores, só terá propensão para aumentar.

7. Discos externos

coisas que deve deixar de comprar

Se para si perceber quais as coisas que deve deixar de comprar for de facto algo relevante, os discos externos vão surgir como um ponto de foco. O principal problema dos discos externos prende-se com a sua fragilidade, uma vez que a integridade e conservação dos dados depende do funcionamento do dispositivo. Há sempre o risco de o dispositivo sofrer uma falha, uma avaria e ainda o risco de o perder!

Opte, assim, pelas ferramentas de armazenamento online ou clouds, que apresentam tanto versões gratuitas como pagas. A cloud permite-lhe aceder aos seus ficheiros a partir de qualquer lugar, de qualquer dispositivo e com recursos de seguranças que poucos produtos com o mesmo propósito conseguem oferecer.

O artigo continua após o anúncio

De entre muitas opções podemos referir: Dropbox, CloudPT, Onedrive e Google Drive.

8. Ambientadores

velas

Se quer que alguma divisão da casa cheire bem, ponha flores numa jarra ou use velas naturais. Os ambientadores são feitos com químicos e, muitas vezes, estão ligados a uma tomada. Isso implica gastos de eletricidade desnecessários.

9. Alimentos que possa cultivar em casa

plantas

Mesmo que não tenha espaço para uma horta, de certeza que tem espaço para uns vasos para plantar ervas aromáticas. Enquanto os alimentos não são colhidos, a menos que tenham atingido a maturidade, mantêm-se com qualidade por mais tempo.

Depois de apanhados, começam a degradar-se com maior rapidez. Sem falar de que vários alimentos, depois de colhidos, dão espaço ao crescimento de outros, sem que tenha que fazer uma nova plantação. Se os comprar significa que já foram apanhados há algum tempo, por isso não vão durar tanto.

E agora, continua sem razões para mudar? Depois de saber as coisas que deve deixar de comprar em 2019 está na altura de melhorar os seus hábitos de consumo, não só pela sua saúde e a dos que o rodeiam, mas também a pensar e nas futuras gerações. Além disso ainda vai conseguir poupar.

Veja também
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp