Helena Peixoto
Helena Peixoto
10 Jan, 2019 - 12:11
Colchão ortopédico: será a melhor escolha para si?

Colchão ortopédico: será a melhor escolha para si?

Helena Peixoto

Acha que o colchão ortopédico deve ser usado apenas por pessoas com problemas de saúde? Engana-se! Conheça melhor a sua importância.

O artigo continua após o anúncio

É bem verdade que “cada caso é um caso” e todo o cuidado é pouco na hora de escolher o suporte onde vai dormir várias horas diárias. Mas, então, será um colchão ortopédico uma boa solução? Ou é, antes, mais dirigida a pessoas com problemas de coluna?

Neste artigo vamos desmistificar todas as ideias pré concebidas e elucidá-lo dos benefícios associados à escolha de um colchão deste tipo.

Colchão ortopédico: tudo o que precisa saber

trocar colchão

O que é um colchão ortopédico?

Sabia que não existe apenas um tipo de colchão ortopédico? Para ficar mais fácil de explicar, podemos até dizer que não existem colchões ortopédicos, mas sim colchões com função ortopédica, que respeitam e se adaptam a cada utilizador da melhor forma.

Assim sendo, um colchão ortopédico é, na verdade, qualquer um que garanta uma adaptação ideal ao biótipo do utilizador, ou seja, à sua relação peso/altura.

No entanto, é preciso ter muito cuidado com as imitações: os verdadeiros colchões medicinais ortopédicos são constituídos por gel ou espuma viscoelástica, uma vez que são materiais que permitem uma ótima distribuição da pressão e evitam feridas em doentes acamados.

Em termos de preço, um colchão ortopédico é geralmente mais caro que um colchão normal – encarecido pela tecnologia utilizada. No entanto, ele dura também mais anos do que um colchão de molas, por exemplo.

Benefícios do colchão ortopédico

Se sempre achou que os colchões ortopédicos apenas servem pessoas com problemas de saúde, desengane-se: certo que eles surgiram e são pensados com foco neste público, mas o colchão com propriedades ortopédicas pode adaptar-se a muitas outras pessoas.

Além de ajudarem a reduzir alguns problemas de coluna, este tipo de colchão pode ser uma boa ajuda para corrigir problemas de postura, sendo também anti-alérgico – e, claro, proporciona umas boas horas de sono.

Escolher um colchão: 11 dicas para ter o melhor
Veja também Escolher um colchão: 11 dicas para ter o melhor

Como escolher um colchão ortopédico

Na hora de escolher o melhor modelo de colchão ortopédico para a sua situação, considere os seguintes tópicos:

Relação peso/altura

Um colchão ortopédico de qualidade tem de garantir a distribuição uniforme do peso e uma sustentação e adaptação ponto por ponto nas diferentes partes do corpo. A anatomia do corpo humano deve por isso ser sempre considerada: homem ou mulher, mais ou menos pesados, estrutura mais ou menos saliente.

Rigidez

Um verdadeiro colchão ortopédico é rijo o suficiente, mas sem que se sinta a rigidez. Parece antagónico, mas é mesmo assim: estudos comprovam que o colchão deve ser firme quanto baste, mas não em demasia, uma vez que se deve sempre adaptar ao biótipo de cada utilizador.

Sozinho ou acompanhado?

Outro factor importante na escolha do melhor colchão: dorme sozinho ou acompanhado? No caso de dormir acompanhado, devem ser tidos em conta os diferentes tipos de corpo e necessidades, tentando chegar ao melhor equilíbrio, pendendo sempre para quem pesa mais.

Se o casal não partilha de todo dos mesmos gostos em termos de conforto e suporte, o ideal será optar por twin beds (cama dupla) com dois colchões diferentes.

O artigo continua após o anúncio

Em que posição adormece?

A posição em que costuma adormecer também influencia a escolha do colchão ortopédico ideal. Informe-se com o vendedor especialista e não se esqueça de referir qual a posição mais habitual em que adormece e repousa durante o sono.

Quando substituir?

É importante substituir o colchão após 8 a 10 anos de uso. Afinal, ele é utilizado várias horas diariamente e acaba por perder firmeza e altura. No entanto, se tiver alguns cuidados, ele pode durar mais um pouco.

Areje bem a cama diariamente e vire-o regularmente – de cima para baixo e da cabeceira para os pés – para não criar zonas e deformação permanente.

Onde comprar um colchão ortopédico

Colchão ortopédico Berlipele

O colchão ortopédico medicinal Berlipele é reconhecido pelo Instituto Nacional do Medicamento (Infarmed). De fabrico nacional e de alta qualidade, ergonómico e de recuperação lenta, permite moldar-se perfeitamente aos contornos do corpo através da pressão e temperatura corporal, proporcionando um maior conforto, tranquilidade e uma postura correta durante o sono.

É ideal para quem procura substituir o tradicional colchão de molas e acordar sem dores musculares, uma vez que a sua espuma memory proporciona um elevado alívio da pressão muscular, melhora a circulação sanguínea e permite um maior relaxamento.

Além disso, auxilia na prevenção e no tratamento de úlceras de pressão, no caso de pessoas acamadas e no alívio das dores dos famosos ‘bicos de papagaio’.

Preço: 299,90€. 
Ver produto

Emma original

Com um tecnologia de densidade progressiva, o colchão ortopédico Emma adapta-se perfeitamente à pressão exercida pelo corpo do utilizador, afundando-se progressivamente para assegurar um ótimo nível de conforto.

O artigo continua após o anúncio

Garante um excelente alinhamento da coluna e aposta na inovação tecnológica que permite que o colchão se adapte a qualquer corpo. Os seus materiais auto-reguláveis permitem um descanso profundo, tendo garantido o 1º lugar do teste da DECO PROTESTE ‘Melhor do Teste’ em novembro 2017

Preço: 399€. 
Ver produto

Colchão Light Ortopedic

Uma terceira boa opção é o colchão light ortopedic. Com um toque suave e uma sustentação elevada, este colchão de tecido de 2 faces possui um tratamento Aloé Vera, placas de Biocel, fibras hipoalergénicas e uma faixa lateral para proporcionar o maior descanso possível.

O bloco Biocel consiste numa estrutura celular de elevada porosidade que proporciona excecionais níveis de conforto, higiene e durabilidade e as fibras hipoalergénicas previnem e eliminam a acumulação de ácaros, fungos e bactérias, associados a doenças respiratórias.

Preço: 117€. 
Ver produto

Veja também