Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Teresa Campos
Teresa Campos
23 Nov, 2018 - 13:05

Como cuidar do pelo do gato: dicas e passos fundamentais

Teresa Campos

Vamos ensinar-lhe como cuidar do pelo do gato, de modo a evitar nós e ter um bichano feliz, bem cuidado e com um aspeto saudável, macio e vistoso.

Como cuidar do pelo do gato: dicas e passos fundamentais

Sabia que um terço das horas que os gatos passam acordados, ocupam-no a tratar do seu pelo? Pois, é verdade. Porém, isso não significa que você, como dono, não tenha de saber como cuidar do pelo do gato.

Afinal, essa higienização feita pelo animal não é suficiente para garantir um pelo limpo e saudável, tal como se pretende. Portanto, tome nota das nossas preciosas dicas sobre como cuidar do pelo do gato e nunca subestime esta tarefa tão importante para o bem-estar do seu animal doméstico.

Como cuidar do pelo do gato para deixá-lo suave e brilhante

Dicas essenciais para um pelo de gato sempre bonito

escovar o pelo do gato

1. Escovar frequentemente

Dependendo da raça do gato, os seus pelos podem ser mais longos e, logo, obrigar a uma escovagem mais amiúde, como todos os dias, durante pelo menos 5 minutos. Isso ajuda a evitar os nós e pelos emaranhados, tornando o pelo mais bonito. Os gatos de pelo longo precisam de, pelo menos, 15 minutos de escovagem, num mínimo de 3 vezes por semana. Já os gatos de pelo médio necessitam de 2 vezes por semana e, finalmente, os de pelo curto apenas uma vez por semana.

Escolher uma escova adequada para o efeito, também é um aspeto essencial. Se tem um gato de pelo comprido, por exemplo, a escova deve ser de cerdas duras, espaçadas e a plataforma retangular. No caso dos pentes, estes devem ter os dentes largos e ser de aço inoxidável. Existem, ainda, luvas próprias para pentear o gato, que retiram a sujidade, os pelos mortos e o pó. Outra boa opção para uma lavagem mais rápida, é passar uma toalhita húmida com aloé vera ou vitamina E, já que tornam o pelo mais brilhante e suave.

2. Dar banho

Mesmo que o seu gato lamba o pelo com frequência, isso não significa que ele não precise de tomar banho, ainda que ele não aprecie muito esse momento.

Dependendo do tamanho do pelo, os banhos podem ser bastante frequentes, todas as semanas, por exemplo. Naturalmente que raças com pelo muito curto, como o siamês, não necessitam de banhos tão frequentes, bastando uma vez por mês, por exemplo.

3. Escolher bons champôs e condicionadores

É fundamental utilizar bons produtos de higiene, específicos para gato e recomendados pelo veterinário. Existem, ainda, champôs e condicionadores próprios para cada tipo de pelo. Há, também, sprays embelezadores e “de finalização” que podem ser aplicados depois do banho, quando o pelo do gato ainda está molhado, e ajudam a dar mais brilho e volume ao pelo do seu animal

Neste ponto, o mais importante é mesmo não utilizar produtos para seres humanos, já que estes podem irritar a pele do seu animal de estimação e gerar graves problemas de saúde.

4. Nutrir bem

Uma nutrição equilibrada ajuda a assegurar a saúde do pelo do seu gato. O alimento que dá ao seu animal deve conter uma mistura de proteínas, vitaminas, minerais, hidratos de carbono, fibras, ómegas 3 e 6, entre outros nutrientes essenciais.

Para quem faz ração caseira, deve certificar-se que ela é completa e capaz de nutrir todas as necessidades do seu bichano.

Aprenda 5 receitas nutritivas de ração caseira para gatos
Veja também Aprenda 5 receitas nutritivas de ração caseira para gatos

Benefícios de escovar o gato regularmente

  • Previne que o bichano contraia doenças nas orelhas, olhos, pele, entre outros locais;
  • Evita que o seu gato engula pelos e que forme ma bola no estômago;
  • Permite verificar se a pele do seu animal está saudável, sem irritações, inchaços, carrapatos ou pulgas;
  • Deteta algumas doenças, visto que gatos infetados com parasitas internos podem apresentar um pelo menos saudável e brilhante;
  • Mantém a pelagem do gato mais brilhante e sedosa.

Como cuidar do pelo do gato, quando tem nós e emaranhados

Onde se formam os nós?

As zonas onde frequentemente se formam mais nós são atrás das orelhas, nas axilas e atrás das coxas. Se não os prevenir ou eliminar, sobretudo nos gatos com pelo comprido, podem formar-se verdadeiras placas unidas que nem sequer deixam entrever a pele. Estas acumulações de nós podem ser dolorosas, pois irritam a pele e provocam puxões de pelo, de cada vez que o seu gato se mexe ou coça. Neste casos, a tosquia pode ser a única solução possível.

Como prevenir a sua formação

Como já foi referido acima, para evitar este problema, deve escovar o gato com frequência e habituá-lo desde pequeno a essa rotina. Assegure-se que os dentes da escova trespassam toda a espessura do pelo, porque se só pentear a superfície, os nós irão na mesma formar-se.

A escovagem deve ser feita com as duas mãos. Com uma mão levantando o pelo superior e, com a outra, passa o pente ou a escova até baixo, agarrando, pouco a pouco, o pelo que tem na outra mão. Nunca se esqueça de escovar a parte inferior do corpo do animal, sobretudo entre as patas.

Como escovar pelo emaranhado

  1. Comece por dividir, cuidadosamente, o pelo, separando o pelo emaranhado com os dedos.
  2. Segure o pelo emaranhado pela base e escove firmemente os nós, começando da ponta do pelo para a sua raiz.
  3. Escove suavemente da cabeça em direção à cauda, sempre no sentido do pelo.
  4. Para ajudar a desembaraçar, polvilhe os nós com amido de milho.
  5. Finalize, passando suavemente um pano de camurça sobre o pelo para lhe dar brilho.

Como retirar nós

Quando os nós já se tiverem formado deve recorrer a uma de duas soluções. Ou tosquia o animal, caso os nós já tenham alastrado ou, no caso de ter um só nó, deve tentar abri-lo com os dedos para separar todos os pelos. Depois, use uma tesoura de ponta romba, introduzindo a parte sem ponta entre o nó e a pele e cortando, perpendicularmente, a pele, separando o nó em duas partes. Repita o procedimento, até eliminar o nó com o pente.

Todo este trabalho deve ser feito com o pelo seco ou pulverizado com um condicionador ou produto desembaraçador.

Saber como cuidar do pelo do gato é mesmo importante e algo que qualquer dono de felinos deve saber fazer. É certo que nem todos os bichanos gostam deste ritual, mas com o hábito e seguindo as nossas dicas, estamos certos de que conseguirá transformar esta atividade em algo bom para todos.

Ah, e não se esqueça, depois da escovagem, oferece ao seu animal alguma recompensa, como reforço positivo. Assim, ele aceitará melhor a próxima escovagem, já que sabe que, depois dela, terá o merecido reconhecimento. Ponha em prática os nossos ensinamentos sobre como cuidar do pelo do gato e estime ao máximo o seu felino.

Veja também