Júlia Rocha
Júlia Rocha
25 Mai, 2018 - 09:00
Como ser bombeiro voluntário? Abrace uma profissão nobre

Como ser bombeiro voluntário? Abrace uma profissão nobre

Júlia Rocha

Depois dos acontecimentos trágicos do ano passado, a necessidade de apoios à população continua a existir. Saiba como ser bombeiro voluntário.

O artigo continua após o anúncio

Portugal não vai esquecer da onda de incêndios que assolou o território nacional em 2017. De olhos postos na necessidade de continuar a dar apoio à população, há uma dúvida que se levanta: como ser bombeiro voluntário?

Ser bombeiro voluntário é uma das modalidades de carreira de bombeiro. Em Portugal, bombeiros sapadores são os profissionais, sendo que a esmagadora maioria das corporações nacionais são de cariz voluntário, praticamente 90%. Continue a ler para perceber melhor o que é necessário para enveredar nesta carreira.

Como ser bombeiro voluntário: critérios

Ser bombeiro, seja de forma profissional ou voluntária, implica uma integração num corpo de bombeiros, numa unidade operacional tecnicamente organizada. Sabendo que as necessidades de uma comunidade precisam do apoio dos chamados soldados da paz, já parou para pensar na possibilidade de iniciar esta atividade? Se está interessado em saber mais sobre como conciliar a sua profissão com esta ajuda, saiba como ser bombeiro voluntário.

Para ser bombeiro voluntário, pode dirigir-se ao Corpo de Bombeiros da sua área de residência e inscrever-se como estagiário. A idade mínima para ingressar na carreira é de 18 anos e a máxima de 35. Como estagiário, existe a obrigatoriedade de frequentar (com aproveitamento), o Curso de Instrução Inicial de Bombeiro.

bombeiros

Apesar da idade de ingresso no Corpo de ser os 18 anos, é permitido iniciar o curso de estágio aos 17, já que este tem uma duração de 1 ano. Antes dos 18 anos existe a possibilidade de ingressar nas escolas de infantes (6-16 anos) ou cadetes (16-18 anos). Estas escolas dedicam-se à formação no âmbito do voluntariado e da proteção e socorro.

Um bombeiro voluntário pode também ser integrado de forma profissional . Note também que existem Corpos de Bombeiros Mistos.

Curso de Instrução Inicial de Bombeiro

O Curso tem uma duração de 350 horas divididas em 6 módulos. Os conteúdos são abordados de uma forma teórica e prática, sendo divididos em diferentes áreas, que incluem técnicas de socorrismo, técnicas de salvamento e desencarceramento e operações de extinção de incêndios florestais, entre outras temáticas.

Direitos e deveres dos bombeiros voluntários

O bombeiro voluntário tem o dever de cumprir a lei, o estatuto e os regulamentos, defender o interesse público, cumprindo normas de higiene e segurança assim como as de natureza operacional. Zelando sempre pela atualização dos conhecimentos técnicos, é obrigado a cumprir ordens superiores e a usar o fardamento e equipamento que o identifique como bombeiro.

O artigo continua após o anúncio

Nos direitos, incluem-se a valorização do seu trabalho, especialmente atos de mérito revelados no exercício das suas funções. Os bombeiros voluntários também beneficiam de regime próprio de segurança social, seguro de acidentes pessoais, vigilância médica periódica, assim como o direito a receber indemnizações, subsídios e pensões em caso de acidente de serviço ou doença contraída no exercício das funções. Estes dentro de uma lista extensa outras regalias para homens e mulheres que abracem esta profissão.

Veja também